Ficha de Reclamação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ficha de Reclamação

Mensagem  Thomas N. Scully em Ter Jan 20, 2015 2:31 pm

Ficha de reclamação de
Thomas Nicholas Scully
NomeThomas Nicholas Scully
Idade17 anos
ProgenitorHefesto
MotivoHefesto é um grande exemplo para toda a comunidade olimpiana, um dos poucos Deuses capaz de passar por cima do próprio orgulho para fazer reinar entre sua família. Mesmo com a mãe o abandonando ou a esposa o traindo o homem, dono de invejável força, se mantém passivo. Hefesto é um bom filho que a casa torna mesmo não sendo amado, pois ele ama.
Progenitor mortalWendy Scully era uma mulher cobiçada no mundo do automobilismo, a mulher havia ganhado o mundo por ser a mais bela guria a pilotar uma moto pelas dunas de Dakar. Tendo chegado em terceiro lugar no fim da competição, todos os holofotes apontavam pra ela, havia se tornado uma heroína entre as mulheres fascinadas por motores, e claro que suas longas madeixas loiras em contorno a seu rosto arredondado e cheio de sardas que se destacavam ainda mais por ela passar horas a fio sob o sol quente andando naquela moto atraia também muitos homens. Isso chega a ser um pouco constrangedor, mas eu ainda tenho a playboy de março de 1993, não que me desperte algum tesão, é minha mãe... Mas que ela está linda, isso está. E não tenho muito mais pra lembrar dela também, nenhuma lembrança real.
Defeitos e qualidadesAs pessoas costumam dizer que sou um garoto adorável, mas sinceramente, acho que dizem isso pra todo mundo quando conhecem, é quase um regra de etiqueta, tudo bem que não sou nenhum bad boy, e se eu fosse todos culpariam minha trágica história de guri orfão que foi criado pelos dois tios e o avô numa oficina mecânica. Os vizinhos acham que eles são loucos, mas eu os vejo como as pessoas mais amáveis do mundo, e acho que se as vezes eu consigo acreditar naquela coisa de ser adorável, é por que tento ser como eles. Mas nem tudo é como um musical de relógios falantes da Disney. Por dentro tenho meus monstros, odeio não ter conhecido minha mãe, fui criado entre óleo e engrenagens, então claro que amo isso, mas não consigo deixar de pensar que foram essas mesmas coisas que a mataram, as vezes as motos acabam lubrificadas com lágrimas.
Cidade natal e atualEu não tenho certeza de qual é minha cidade natal, acho que estávamos num trailer em algum lugar de Ohio quando eu nasci, minha mãe não parou de competir nem grávida, as regras não podiam impedi-la, meu tio conta que tiveram muitas discussões por isso. Mas acabei sendo registrado quando já estávamos em Indiana, as viagens continuaram por mais alguns meses até o dia da morte da minha mãe, eu tinha uns 8 meses, as viagens nunca pararam mesmo depois disso, não seguiam mais o calendários das competições, apenas aconteciam, muitas mudanças, atualmente estamos na cidadezinha de Lewis no interior de Nova York.
Habilidade✓Habilidade Manual: Tem noções básicas de como consertar coisas quebradas, assim como construir e desmontar.
HistóriaVovô tinha preparado o jantar, atum enlatado era o prato principal essa noite. Tio Gan se contava da discussão que tivera com com um cliente na oficina hoje mais cedo, era estranho isso, sempre viajávamos e montávamos uma nova oficina, por isso nunca estabelecíamos clientes fixos, ninguém ia cruzar o país quando seu carro desse defeito só por que os mecânicos se mudaram. Mas dávamos alguma sorte, sempre havia clientes os suficiente pra não morrermos de fome. Oliver, meu outro tio que não gostava de ser chamado de tio por que se sentia velho soltava palavrões entre uma garfada e outra a respeito de como o homem havia agido, meu avô não parecia dar a mínima. Mais um comentário de Oliver e não pude conter o riso. - Do que está rindo, garoto? - Terminava de mastigar e quando ia responder ouvimos um som do lado de fora de casa. Meu avô levantou um dedo pedindo silêncio e foi até a janela ver o que se passava, eu estava confuso, era só um barulho, podia ser um gato revirando o lixo, mas pelo visto não era - Tire-o daqui, agora! - Meu avô sussurrou num tom exclamativo encarando Tio Gan e apontando pra mim, eu estava confuso, mas ele mu puxava até a garagem e quando me dei por mim já estávamos sobre a moto que seguia pela estada. Olhando pra trás pude ver um uma criatura estranha entrando em casa não tenho certeza, talvez o escuro tenha me pregado um peça, mas aquilo parecia uma mistura de diversos animais numa corpo humano. E então ouvi o som de um tiro. Era meu avô, conhecia aquele rifle. - O que esta acontecendo? - perguntei em desespero à Gan, mas ele não dizia uma palavra. Até que então parou a moto perto de uma fonte que havia por ali e me entregou uma moeda grande e dourada, o farol da moto iluminava a água fazendo um arco-íris se formar, ele me mandou atirar a moeda e pensar na minha mãe, pensar em casa, pensar em coisas boas... Eu o fiz e quando surgiu um rosto no meio daquilo tudo as coisas ficaram negras, e não me lembro de mais nada, só de acordar na enfermaria.
avatar
Thomas N. Scully

Mensagens : 1
Pontos : 3
Data de inscrição : 20/01/2015

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum