Uma proposta para Gabriel Lebber e Marie Butzek (Introdução à Narrativa Massiva)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Uma proposta para Gabriel Lebber e Marie Butzek (Introdução à Narrativa Massiva)

Mensagem  Hermes em Seg Mar 23, 2015 10:32 pm

Era um dia aparentemente normal para “pessoas normais”; óbvio que isso não vale para semideuses. É importante notar que sempre algo está faltando, algo está sendo escondido roubado, destruído, ameaçado. Os deuses nunca descobriram o que era paz, a confusão sempre reinou, ainda que existissem tempos onde ela era menor. Hermes estava fazendo seu trabalho de mensageiro dos deuses; parecia estar em todos os lugares ao mesmo tempo. Osso do ofício.
Mas até mesmo um deus se engana, ainda mais com duas serpentes malucas o acompanhando e, às vezes, o deixando maluco.
- Calem a boca, vocês! Já estou de saco cheio! – Hermes gritara com as mesmas.
- Acho que ele não gostou – George disse.
- Você acha? – retrucou Martha.
- Não falem como se eu não estivesse aqui. Eu falei pra vocês tomarem cuidado... era só endereçar as cartas corretamente para agilizar o serviço. Eu fui burro, devia ter conferido mesmo. Agora não sei quantas e quais foram enviadas erradas.
- Desculpa, Hermes – as serpentes suplicaram em coro.
- Agora não adianta, apenas acertem daqui pra diante – falava Hermes ainda irritado.
- Ok –responderam amedrontadas.
 
 
No acampamento as coisas iam bem; claro, daquele jeito. Aquele máximo de tranquilidade que o acampamento poderia ter. Gabriel e Marie estavam no cemitério do acampamento. De repente, as folhas saíram do chão, poeira levantou, em um borrão, alguém apareceu diante deles. Aparentava ter seus vinte e poucos anos; vestia uma camisa polo com um emblema em forma de caduceu; uma mochila; o próprio caduceu na mão direita; tênis de corrida e boné alados.
- Hey, vocês dois... prestem atenção aqui! Que tal ganhar um presentinho Grande Hermes aqui! Hein?
Eles ficaram sem entender muita coisa, obviamente. Hermes logo se explicou.

- É o seguinte, meus jovens. Martha e George se equivocaram endereçando algumas correspondências divinas. O problema é que elas são completamente inúteis, ao contrário de vocês campistas.  Milhares de cartas com informações sigilosas estão onde não deveriam. Calculei uma rota para recuperar todas, mas duas eu não conseguirei a tempo – ele tirou uma carta da mochila – isso é para Ares! Neste momento, está havendo uma reunião no Olimpo, na qual pedi dispensa já. Vocês irão aos domínios dele, entregarão esta carta e me devolverão a outra que está lá... acham que conseguem fazer isso? Devem ir lá antes de a reunião Olimpiana acabar – ele agora estende a mão e, como mágica, aparece uma ampulheta de areia em suas mãos - quando toda a areia chegar ao outro lado e ficar vermelha, o tempo acabou; ela não funciona com a gravidade, a areia é enfeitiçada para ir pro outro lado. Consegui isso com... ah, isso não é importante. O que me dizem? Serão recompensados, falo a verdade.
Hermes deixa a carta e a ampulheta flutuando diante deles.
avatar
Hermes
Deuses
Deuses

Mensagens : 12
Pontos : 16
Data de inscrição : 05/10/2013
Localização : Sempre viajando

Ficha do personagem
HP:
99999/99999  (99999/99999)
MP:
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum