Caverna - Local Público.

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Caverna - Local Público.

Mensagem  Hefesto em Sex Ago 31, 2012 7:47 pm


[Somente administradores podem ver esta imagem]
Nas proximidades do rio do acampamento há uma grande caverna, iluminada por dentro por pequenos raios de sol intrusos que invadem o espaço por brechas entre as brilhantes pedras que a circundam. O chão em alguns pontos é alagado e há um pequeno desvio do rio que atravessa a caverna. Não é um local muito receptivo, mas possui beleza natural a exibir e talvez sirva como um refúgio para os mais solitários.

avatar
Hefesto
Deuses
Deuses

Mensagens : 38
Pontos : 112
Data de inscrição : 07/01/2012
Idade : 27
Localização : Minhas forjas/Olimpo.

Ficha do personagem
HP:
0/0  (0/0)
MP:
0/0  (0/0)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://hb-camp.weebly.com/divindades.html

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Sophie A. Wild em Sex Ago 31, 2012 9:45 pm

Andando pela beirada do rio eu ia pensando. Os dias certamente estavam passando mais devagar e a paciência até me faltava. Aquele local era novo e tudo aquilo era aterrorizante de encarar. Conhecer novos semideuses até era divertido mas não mudava o fato de que eu ainda me sentia sozinha, até tinha Jake mais eu quase não o via.

Sentindo a brisa natural do local caminhei rumo a uma caverna próxima, estar isolada em algum lugar me confortava levemente e era de conforto que eu precisava naquele momento. Entrei na caverna e vi a pouco luminosidade do sol que passava por entre as frestas. Subi em uma das rochas e escorregando comecei então uma queda desenfreada. Em menos de alguns segundos me choquei contra o solo e soltei apenas um:

- Argh!

Sentia o corpo meio dormente mas fui levantando lentamente para me adaptar ao corpo pós-queda até a visão focar e ver alguma coisa na escuridão.



Sophi

Legenda
Narração
Pensamentos
Fala
em off
Outros
avatar
Sophie A. Wild
Filhos de Eros
Filhos de Eros

Mensagens : 30
Pontos : 30
Data de inscrição : 28/07/2012

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Seth E. Demone em Sex Ago 31, 2012 10:07 pm

ALOHA FROM HELL
as long as you don´t kill me, very well
O acampamento era um reduto de semideuses, mas, acima de tudo, era um reduto de uma rotina tediosa que fazia com que eu desse mil bocejos e, infelizmente, isso não mudava nada em nada. Caminhar pelas sombras do acampamento, passar desapercebido por tudo e todos, uma singela ambição minha que eu conseguia com maestria. Não era díficil, todos estavam ocupados com suas devidas ocupações. Filhos de Afrodite tinham sua maquiagem, os de Deméter suas hervas, os de Hefesto suas forjas, os de Ares suas batalhas e os de Athena seu livro. Como era imensa a lista de deuses, como era imensa a lista dos filhos destes que lá refugiavam-se no lugar. Tudo isso para mim não passava de algo desinteressante.

Eu conseguia escapar do calendário dos campistas. Não gostava de cantarolar em frente a fogueira, de treinar junto aos outros na arena, de fazer qualquer coisa que envolvesse me inteirar com aquele povo. Era muito legal para eles fingir que estava tudo legal, mas nunca estaria. Monstros estavam sedentos por vidas de semideuses e eu nunca fui bom ator, não conseguiria fingir que brincar de acampamento de férias era útil. Matar cada ser sujo que tornava o mundo imundo, esse era o único suposto objetivo que eu poderia me impor. Isso era mais que um objetivo, uma paixão, um vício, uma razão de existência.

Refletindo sobre tudo isso eu estava, enquanto escalava as paredes da caverna próxima ao rio. Elas eram um tanto escorregadias, porém as pedras irregulares distribuídas me sediam apoio na descida. Aterrissei com elegância trilhado por um baque surdo quando minhas botas negras de couro bateram contra o chão. Ajeitei meu sobretudo negro e caminhei ingressando na intimidade da caverna. O lugar era cheio de pequenos pontos de luz que invadiam pelas brechas entre as formações rochosas. Atravessei a área de escuridão e de penumbra e repousei minhas costas em uma gélida pedra. O ponto de luz acima de mim parecia um holofote focando no artista.

Foi então que eu ouvi algumas pedrinhas caindo. Ergui o olhar e encarei algo em queda livre. O pouco não foi nada tranquilo. Era uma garota eu logo constei observando suas madeixas negras. Ela grunhiu de dor enquanto estava no chão. Eu assistia a cena atento e imóvel. A garota reergueu-se com certa dificuldade e mostrando-se um pouco baqueada pela queda. Lentamente seus joelhos foram deixando a tremedeira de lado e ela encarava os arredores em busca de se localizar. Eu poderia tê-la matado ali mesmo com um golpe de minha foice que mantinha-se em repouso. Mas não o fiz. Bons roteiros demoram-se mais para escrever.

-Olá senhorita. Meu nome é Seth. Devia tomar cuidado aonde anda, pode acabar caindo em uma caverna escura sozinha com um psicopata. - Eu disse educadamente enquanto curvava-me levemente em um cumprimento. Abri um sorriso simpático, ou algo próximo disso.

template based in [Somente administradores podem ver este link] at [Somente administradores podem ver este link]
avatar
Seth E. Demone
Filhos de Deimos
Filhos de Deimos

Mensagens : 8
Pontos : 8
Data de inscrição : 18/01/2012
Idade : 22
Localização : Algum local desconhecido para ti.

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Sophie A. Wild em Sab Set 01, 2012 10:18 am

Minha distração logo se vai ao ver algo na escuridão junto a várias pedras, assim que o mesmo se choca com um baque surdo contra o chão percebo logo sua aparência que me chama atenção. Fico na esquiva, em toda minha estadia no acampamento eu nunca havia visto um meio sangue como aquele, não foi medo que senti... Só receio. Coloco minha mão sobre uma pequena faca que eu carregava em minha cintura, se ele tentasse algo não teria dó de enfiar e retalhar ele com a mesma. Continuei o encarando até que ele sorriu e disse.

-Olá senhorita. Meu nome é Seth. Devia tomar cuidado aonde anda, pode acabar caindo em uma caverna escura sozinha com um psicopata.

Observava a reação dele com seriedade e incredulidade. Permaneci sem mover sequer um músculo enquanto Seth sorria com as palavras ditas por ele. O encarei e resolvi que deveria respondê-lo.

- Pois é senhor, não tenho medo de psicopatas. Ainda mais se esses psicopatas forem como você. – sorri e continuei dizendo. – Meu nome é Sophie e sou filha de Eros. O que faz por aqui?

Dei alguns passos de costas, me virei caminhando de frente e me sentando em uma das pedras próximas.



Sophi

Legenda
Narração
Pensamentos
Fala
em off
Outros
avatar
Sophie A. Wild
Filhos de Eros
Filhos de Eros

Mensagens : 30
Pontos : 30
Data de inscrição : 28/07/2012

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Seth E. Demone em Sab Set 01, 2012 8:51 pm

SHE IS
cause i'm a fucking dawn
Fitei a garota de cima para baixo vasculhando sua aparência. Ela tinha a típica beleza dos filhos dos deuses do amor, por esta lógica ou era uma vaidosa filha de Afrodite ou uma vaidosa filha de Eros. Reparei que a bonequinha descia sua mão até a cintura onde repousava-a em uma adaga buscando segurança, era normal a reação quando se está diante do filho do pânico e do ceifador da morte. Obviamente ela era ingênua, não sabia que minha foice podia ceifar a alma dela em um mísero piscar de olhos, eu era um assassino nato e uma simples lâmina do tamanho de minha mão nada me afrontaria. Apesar disso me lembro que meu comparsa filho de Hermes costumava a matar pessoas com suas adagas as quais manuseava tão bem, isso até eu tirar sua ofensiva existência deste mundo. O mundo não tem lugar para medíocres e idiotas incoerentes. Loki era um em sua essência, esperava que a jovem não fosse uma.

Eu gargalhei quando a garota abordou o tema do medo. Ela garantiu-me que não tinha medo de psicopatas, nem eu. Eu não era um simples psicopata, obviamente eu não seria tolo e revelaria as inúmeras crueldades que já fizera. Eu era um serial killer requintado. Talvez somente um complexado que matava os outros, mas os outros eram inúmeros, inúmeras famílias, crianças, mulheres, homens e seres. Ela prosseguiu informando-me sua ascendência divina, Eros o perigoso deus da paixão. Ela deu alguns passos de costas, mantendo seus olhos de encontro aos meus, eu sorria tipicamente frio. Ela sentou-se em uma pedra e eu saquei minha foice, talvez ela tivesse entendido que eu mataria, mas não tinha essa intenção.

A lâmina alcançou seu queixo em uma velocidade inimaginável, mas carinhosamente passou com o lado sem corte pelo local, como um carinho eu diria, um carinho perigoso.

- Estou aqui por que não gosto de ficar entre os campistas, em realidade estou de saída do acampamento. - Eu justifiquei encarando seus olhos. Em breve, eu estaria repousando em meu verdadeiro reduto no central park, o meu querido covil, e poderia por meus assassinatos em dia. - E você senhorita? O que fazes aqui?

template based in [Somente administradores podem ver este link] at [Somente administradores podem ver este link]
avatar
Seth E. Demone
Filhos de Deimos
Filhos de Deimos

Mensagens : 8
Pontos : 8
Data de inscrição : 18/01/2012
Idade : 22
Localização : Algum local desconhecido para ti.

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Sophie A. Wild em Dom Set 02, 2012 8:41 pm

Soltei uma risada sarcástica que desfez o silêncio da caverna, dava pra perceber que aquele garoto achava que eu tinha medo dele. Uma coisa que eu não ia sentir em toda a minha vida era medo, fiquei alguns minutos o encarando até que ele passou sua foice em meu queixo, fazendo um pequeno e dócil carinho.

- Estou aqui por que não gosto de ficar entre os campistas, em realidade estou de saída do acampamento. E você senhorita? O que fazes aqui?

A adrenalina foi cessando e volto a ter a calma habitual, o olhava brincar com a foice caminhando de um lado para o outro e dou um leve sorriso quando ele comenta sobre os campistas, em geral eu tinha que concordar com ele. Eu ainda estava atenta aos movimentos do menino, voltei a ficar séria e resolvi que era hora de responde-lo.

- Bom senhor. - Digo me levantando. - Estou aqui por que gosto de ficar sozinha e aqui me pareceu um bom lugar para isso. Não esperava encontrar um "psicopata" como você disse aqui. Pelo meu censo de dedução você é um ceifador. Estou certa?

Fui caminhando em sua direção e olhando fundo em seus olhos então sussurrei:

- O que pretende fazer...garoto?

Parei a poucos metros dele, nada mais do que 2 metros e estava atenta aos seus movimentos, se ele me atacasse eu iria revidar e poderia ficar ruim para ele.



Sophi

Legenda
Narração
Pensamentos
Fala
em off
Outros
avatar
Sophie A. Wild
Filhos de Eros
Filhos de Eros

Mensagens : 30
Pontos : 30
Data de inscrição : 28/07/2012

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Seth E. Demone em Seg Set 03, 2012 9:25 pm

WHAT YOU GONNA DO?
look to my smile and pray to bee alive
A garota era interessante. Seus olhos que não deixavam de serem belos acompanhavam meus passos de um lado para o outro enquanto eu girava a foice de um lado para o outro. Eu sorri durante sua frase, abrindo a mostra dos dentes cada vez mais até que assenti com sua observação, um ceifador. Direcionei o olhar para a garota que tinha se erguido e deslizei a mão sobre o rosto acomodando uma mecha de meu desgrenhado cabelo para trás.

Ela deu alguns passos em minha direção e se postou próxima por ali. Seus olhos estavam de encontro aos meus, cada um fitava o olhar do outro. Eu desfiz mais uma vez a expressão séria para sorrir quando ela me perguntou o que eu faria. Ela deveria saber que um bom assassino nunca revela seu próximo passo, ou podem colocar um buraco no chão por seguinte. A garota exalava sedução, mesmo que preferisse ficar sozinha ela sem dúvida chamava atenção pelo simples fato de ser ascendente do deus da paixão. Naturalmente, era essa a palavra para os semideuses. Eu naturalmente exalava uma aura de perigo e os outros rapidamente captavam-na. Era por isso que desde minha infância as pessoas afastavam-se de mim, temiam. Depois de um tempo decidi dar razões mais justas para que isso acontecesse. Por isso temer Seth deixou de ser exclusão e passou a ser precaução, o receio manteve o gato vivo e a curiosidade o matou. Eu era o revés da jovem, ela atraia eu repelia. Embora fosse visível que ela não gostasse da tal atração.

Interessante... ▬ Eu soltei no ar. ▬ Deveria parabenizar uma boneca de Eros que tenta expressar bravura. Naturalmente seus irmãos ficam ocupados com maquiagem, fofocas e outras modas de barbie. Não precisa me dizer que não tem medo garotinha, se eu quisesse teria te matado quando chegou. ▬ Encarei a garota com um olhar morto e um sorriso torto, antes de continuar. ▬ Deve saber que por causa de seu pai sempre julgarão-te como um rostinho bonito, nada mais. Que tal se seguisse uma carreira assassina ao meu lado. Poderia ser mais que um rostinho bonito... um rostinho bonito e perigoso. ▬ Dei alguns passos a frente até que ficasse diante de seu rosto esperando uma resposta com a foice apoiada nos ombros, o cabo passando por trás de meu pescoço e meus braços flexionados por cima dele.
template based in [Somente administradores podem ver este link] at [Somente administradores podem ver este link]
avatar
Seth E. Demone
Filhos de Deimos
Filhos de Deimos

Mensagens : 8
Pontos : 8
Data de inscrição : 18/01/2012
Idade : 22
Localização : Algum local desconhecido para ti.

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Sophie A. Wild em Qua Set 05, 2012 9:50 pm

Ele não parava de me encarar, eu o olhava e só pensava o que aquele garoto fazia. Eu já me encontrava de pé na caverna, estava meio cansada pela queda mais muito feliz tinha conhecido alguns semideuses em especial o que estava em sua frente, ele poderia ser diferente dos outros mas quem sabe não se tornaria seu amigo, se pegava em seus pensamentos quando foi despertada por uma fala repentina.

▬ Interessante... ▬ Eu soltei no ar. ▬ Deveria parabenizar uma boneca de Eros que tenta expressar bravura. Naturalmente seus irmãos ficam ocupados com maquiagem, fofocas e outras modas de barbie. Não precisa me dizer que não tem medo garotinha, se eu quisesse teria te matado quando chegou. ▬ Encarei a garota com um olhar morto e um sorriso torto, antes de continuar. ▬ Deve saber que por causa de seu pai sempre julgarão-te como um rostinho bonito, nada mais. Que tal se seguisse uma carreira assassina ao meu lado. Poderia ser mais que um rostinho bonito... um rostinho bonito e perigoso

Esperei ele terminar de falar aquele monte de baboseiras que para mim entrava em ouvido e saia no outro e respondi a altura.

- Primeiro meu jovem rapaz, não preciso provar a ninguém que sou bem mais que um rostinho bonito, eu sei o que realmente sou e não sou nenhuma barbie pode ter certeza. Minha vida nunca foi fácil e sempre aprendi a enfrentar meus medos e receios de frente, por isso sou uma filha de Eros diferente dos demais.

Respirei fundo e continuei dizendo.

- E outra o que realmente me importa e crescer e aprender a usar os poderes que herdei de meu pai. Acho sua oferta de me juntar a você é aprender, melhor ser um pouco perigosa tentadora, mas não lhe darei essa resposta agora. Fiquei sabendo que esse fim de semana terá um baile no acampamento para os semideuses apareça por lá e quem sabe não já terei sua resposta.

O encarei e esperei ele responder.



Sophi

Legenda
Narração
Pensamentos
Fala
em off
Outros
avatar
Sophie A. Wild
Filhos de Eros
Filhos de Eros

Mensagens : 30
Pontos : 30
Data de inscrição : 28/07/2012

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Seth E. Demone em Qui Set 06, 2012 6:52 pm

MISS NOTHING
unfortunily i'll see you later
Fitei a lâmina de minha foice que reluzia cruelmente enquanto ouvia a filha de Eros discursar tediosamente. Era realmente enjoativo aquele papo de exceção, todos os semideuses diziam ser uma exceção dentro de sua família, assim ganhavam atrativos. Ela enfatizou que fazia o tipo de semideusa corajosa, bravura pode ser tolice ou determinação, depende do modo como é administrada. Eu preferia os tolos, eles arriscam tudo e não pensam em nada.

Girei minha foice de um lado para o outro enquanto a garota fazia uma pausa para respirar. Falar era algo que ela fazia bastante, eu diria. Ela deu um pouco de suspense em sua resposta ao convite. Um baile não parecia um ambiente convidativo, mas passar lá poderia ser interessante antes de partir para meu covil. Eu assenti com as palavras da garota. Dei de ombro e com alguns saltos em que meus pés apoiaram-se em pedras salientes eu sai da caverna. Tinha outros assuntos a tratar.
template based in [Somente administradores podem ver este link] at [Somente administradores podem ver este link]
avatar
Seth E. Demone
Filhos de Deimos
Filhos de Deimos

Mensagens : 8
Pontos : 8
Data de inscrição : 18/01/2012
Idade : 22
Localização : Algum local desconhecido para ti.

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Gabrielle Fountain em Dom Set 09, 2012 4:42 pm

Soube de rumores pelo acampamento meio-sangue que haveria uma festa à fantasia naquela noite. Mesmo não conhecendo ninguém além de Quíron e Andrew, não fazia diferença nenhuma conhecer o resto das pessoas que ficavam por ali, a maioria inútil e sem habilidade nenhuma a não ser tentar fazer amigos. Preferi explorar os limites do acampamento, talvez encontrar alguns bons esconderijos e tramar algumas táticas de batalha ou algo do tipo... Depois que soube da existência de monstros por ai, algumas coisas na minha vida começaram a fazer muito sentido, principalmente meus sonhos e vozes que ecoavam em minha mente.

Resolvi, depois de perambular sem rumo do meu chalé, que continuava vazio desde que havia chegado lá, resolvi explorar pelo meio da floresta. Eu havia escutado o rio, e água sempre me reconfortou principalmente a fria, talvez tivesse alguma coisa a ver com minha mãe ou sei lá... Mas enfim, enquanto caminhava pela floresta a trilha não me satisfazia de forma alguma, queria sair do comum, então decidi me perder e continuar um trajeto talvez nunca inexplorado. Continuei pela mata fechada e nunca tinha me sentido tão confortável naquele acampamento, algo me guiava e pensei sinceramente que fosse meu instinto, mas era claro ver que era algo bem maior do que isso. Avistei uma caverna de longe, onde a grama estava baixa e as árvores se dispersavam com mais frequência. Resolvi checar para ter certeza e alguns galhos prendiam em minhas roupas enquanto eu caminhava. Ao me aproximar, percebi como era um ótimo lugar para passar o tempo sem ser notada, colocar todos os pensamentos em ordem sem ser incomodada. Quando me aproximei percebi que alguém teve a mesma magnífica ideia que eu... Um garoto, encostado em algumas pedras, parecia estar afiando uma arma, o barulho incomodava meus ouvidos e fazia com que eu quisesse ir embora. Quando olhei ainda mais de perto era a mesma foiça que eu havia ganhado e que Tânatos havia dito que poderia se transformar em qualquer objeto que eu quisesse. Como eu estava sem criatividade na hora eu falei a ele que pensaria e diria depois, quando ele tivesse tempo, claro. Me aproximei a espreita do garoto e parei para observar suas tatuagens, talvez metade de uma delas estivesse faltando e fosse algo dos ceifadores de Tânatos ter uma arma presa ao corpo, como Andrew tinha. Era uma ótima ideia e talvez eu a usasse.

Quando fiquei certa que o menina ali era amigo, quase, e não inimigo, resolvi saoltar algumas palavras triviais.

-Espero que esteja certo de não estar danificando a arma.

avatar
Gabrielle Fountain
Filhos de Quione
Filhos de Quione

Mensagens : 42
Pontos : 38
Data de inscrição : 21/06/2012

Ficha do personagem
HP:
170/170  (170/170)
MP:
170/170  (170/170)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Seth E. Demone em Dom Set 09, 2012 8:01 pm

ALOHA DARKGIRL
the king of darkness as try to pull me down
Eu havia caminhado um pouco pela caverna pensando na corajosa filha de Eros que tinha acabado de passar pelo meu caminho. Meu caminho, quantas pessoas haviam passado por ele e perecido nele. Eu não era um cara confiável, indubitavelmente eu era uma espécie de fim da linha, a rodovia da morte. Por isso me tornei um ceifador, por que a morte corre pelas veias de minha alma. Talvez eu fosse um doido que tratava vidas humanas como baratas, talvez eu fosse um depressivo que matava para curar traumas próprio. Preferia ficar alheio ao assunto, quanto menos você pensa melhor. Seja qual for o fim o interessante mesmo são os meios. Uma pedra que eu havia encontrado por ali era o que eu passava contra a lâmina curva de minha foice, emitindo um ruído metálico que ecoava pelas paredes da caverna.

- Espero que esteja certo de não estar danificando a arma. - Eu ouvi uma voz misteriosa advertir. Ela vinha de outra garota relativamente próxima. Desfranzi minha testa para esboçar um sorriso sombrio para ela. Eu assenti lentamente com a cabeça e semicerrei os olhos para fitá-la de cima para baixo. Ela exalava um toque sombrio e um toque gélido. Dava para perceber que ela era uma ceifadora e, com certeza, filha de uma divindade relacionada ao frio.

- Olá senhorita. Fique tranquila, sei o que faço... Qual teu nome ceifadora? Lhe respondi desencostando da pedra e me virando para ela deixando a afiação de lado por um momento.

template based in [Somente administradores podem ver este link] at [Somente administradores podem ver este link]
avatar
Seth E. Demone
Filhos de Deimos
Filhos de Deimos

Mensagens : 8
Pontos : 8
Data de inscrição : 18/01/2012
Idade : 22
Localização : Algum local desconhecido para ti.

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Gabrielle Fountain em Dom Set 09, 2012 8:29 pm

O menino virou o rosto e me analisou de cima a baixo. Com aquele olha, toda a dúvida em saber se ele era ou não Ceifador desapareceu, agora eu tinha certeza apenas pela morte estampada em seu rosto. Lançou um sorriso maligno que me fez fechar a cara em seguida. Sua resposta foi sucinta e ele sabia que eu também era uma Ceifadora, mas não sabia se aquilo era motivo pra eu poder começar a confiar nele, talvez nem todos os Ceifadores fossem pessoas cumpridoras de leis.

“-Olá senhorita. Fique tranquila, sei o que faço... Qual teu nome ceifadora?”


Deixei meus olhos semicerrados e o analisei durante alguns segundos antes de responder, logo depois abrindo um sorriso de lado e um aspecto maquiavélico por traz do gesto. Estendi a mão e em seguida respondi sua pergunta:

- Sou Gabrielle Fountain, mas pode me chamar apenas de Srta. Fountain. Creio estar estampada em meu rosto, assim como está no seu, a marca que Tânatos confia a poucos semideuses, pelo que eu entendi.

Não sabia como ele reagiria ao comentário, então aguardei alguma mudança em sua expressão ou um comentário a altura. Talvez eu devesse medir um pouco mais minha palavras, mas deixaria isso para a próxima conversa já que minha intenção ali não era fazer amigos.

avatar
Gabrielle Fountain
Filhos de Quione
Filhos de Quione

Mensagens : 42
Pontos : 38
Data de inscrição : 21/06/2012

Ficha do personagem
HP:
170/170  (170/170)
MP:
170/170  (170/170)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Alice Dashwood em Qua Set 19, 2012 8:22 pm

I try to make it through my life
I don't care
I'm getting burried in this place
If you were dead or still alive
Quando não se tem nada para fazer ou não se quer fazer nada provavelmente as pessoas sabem como me sinto na maioria das vezes, quando isso acontece as poucas opções que me restam são passear pelo acampamento, treinar, ou ficar mofando dentro do chalé, e digamos que eu não sou de treinar, sou preguiçosa demais para isso e na maioria das vezes mofar parece melhor do que passear já que detesto sol, além disso a maioria dos locais do acampamento recebem bastante luz do sol, ou seja ninguém nunca vai me ver em locais como a praia, talvez por isso eu esteja... como os meus irmãos dizem... desbotada.
Meus passos eram calmos afinal, eu não tinha pressa, não precisava encontrar ninguém e se acabasse vegetando em um local escuro estaria mais que ótimo, foi então que me ocorreu a ideia sobre a caverna. Eu particularmente nunca tinha á visitado mas me pareceu uma boa ideia, foi então que apressei um pouco os passos me sentindo como se estivesse enferrujada, talvez fosse a idade ou o fato de eu odiar fazer qualquer coisa que exigisse esforço ou como um amigo sempre disse "Prefiro evitar a fadiga" , essa era a minha desculpa sempre.
(...)
Logo pude ver a entrada da caverna, talvez fosse arriscado entrar nela? -NÃO - na verdade eu nem sequer me importava com o que tinha ou não ali, nunca fui de me importar com muitas coisas. Era sim um local um pouco isolado apesar de próximo ao rio.
Me sentei em um canto qualquer sem me importar com umidade ou quaisquer coisas do gênero observando apenas alguns raios de sol que invadiam o local e os olhando como se eu fosse uma vampira e eles fossem me queimar, definitivamente eu os odeio.
NOTES: --
By: [Somente administradores podem ver este link] [Somente administradores podem ver este link]




[Somente administradores podem ver esta imagem]▬▬ Alice Dashwood ▬▬

You can't kick me down I'm already on the ground

Filha de Eros

avatar
Alice Dashwood
Filhos de Eros
Filhos de Eros

Mensagens : 41
Pontos : 39
Data de inscrição : 25/01/2012

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Luna Elizabeth Grümmer em Dom Out 20, 2013 12:37 pm



 Acho que aqui ele não me encontra. - Sussurrei para mim mesma seguindo o fluxo do rio. Queria um tempo sozinha para poder refletir, Caios não havia me deixado sozinha desde o dia em que pisei no acampamento. Eu gosto de sua companhia, é claro, mas de vez enquanto é bom ficar solitária. - Que droga. - Resmunguei ao tropeçar em um das pedras que havia no rio e por pouco não perco o equilíbrio e caio no mesmo. - Tudo bem que está calor, mas não estou nem um pouco afim de me molhar. - Disse a mim mesma e me encolhi ao escutar meu nome, revirei os olhos ao perceber de quem era a voz. Comecei a correr na esperança de conseguir um lugar para me esconder, pois se continuasse ali, Caios me acharia facilmente.

[...]

Depois de algum tempo correndo, as águas do rio me levaram até uma caverna, um sorriso imediato surgiu em meus lábios. - Graças a Atena. - Deixei que o sorriso escorregasse para o canto de meus lábios e adentrei a caverna. Andei até o interior da mesma, onde a luz era um pouco mais forte. Me agachei para pegar um pouco de água com as mãos em concha e joguei em meu rosto, aproveitei a mão molhada e passei as mesmas em meu cabelo, o prendi em um coque alto. Andei até uma das pedras altas e me sentei na mesma, olhei a minha volta e não parecia ter mais ninguém por ali, suspirei deixando que meu corpo relaxasse um pouco.

[...]

Estava pensando em meu pai e na oportunidade dele ainda estar vivo, eu ainda tinha esperanças sobre isso, mesmo sabendo que as chances disso acontecer eram muito pequenas. Estava afundado em pensamentos quando um barulho na água e um resmungo me fizeram pular de volta para a realidade. Arqueei uma de minhas sobrancelhas e olhei para a direção de onde a caverna dava início e sai da pedra, ficando de pé na frente da mesma. - Olá? - Perguntei ainda com uma das sobrancelhas arqueadas e permaneci cautelosa.
 



[Somente administradores podem ver esta imagem]
Luna Elizabeth Grümmer
There is no favorable wind for those who do not know where to come.
avatar
Luna Elizabeth Grümmer
Filhos de Atena
Filhos de Atena

Mensagens : 7
Pontos : 9
Data de inscrição : 13/10/2013
Idade : 21

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Alicia Miller em Dom Out 20, 2013 1:02 pm










Grande invasão

Pela caverna[Somente administradores podem ver este link] a dentro


Andava pelas poças de água que continha naquela caverna, o eco produzia um som estrondante de meus pulos sobre as poças. Estava apenas me divertindo um pouco em meio a escuridão que me cercava. A caverna era como um refúgio para mim, pois ali eu me sentia calma e fora e perigo. Também não tinha que me preocupar com os afazeres do acampamento e nem com alguém me dizendo o que fazer.

Estava me aproximando da entrada da caverna e já dava para perceber a claridade do sol quando, escuto uma voz. "Olá" Era o que a voz estava fando. 'Quem será que está ai?" Penso para mim mesma. Cautelosamente vou me aproximando da entrada da caverna quando vejo uma garota. Devia ser ela que estava falando ali então decido responde-lá.

_Oi. _Falo sorridente. _Estás a procura de alguém? _Pergunto tentando saber o que a garota fazia alí.


Tags

Com: Luna Elizabeth Grümmer Vestindo: Camiseta azul escuro, shorts jeans e um tênis All Satr Ouvindo: o rádio que ta ligado Notes: Nada a comentar lixa 

Thanks Pabs[Somente administradores podem ver este link]Wonderland Editions


Última edição por Alicia Miller em Dom Out 20, 2013 1:07 pm, editado 1 vez(es)


Filha de Nyx
Alicia Miller

[Somente administradores podem ver este link]
avatar
Alicia Miller
Filhos de Nix
Filhos de Nix

Mensagens : 6
Pontos : 8
Data de inscrição : 27/09/2013

Ficha do personagem
HP:
75/100  (75/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Luna Elizabeth Grümmer em Dom Out 20, 2013 1:05 pm

Post entre Alicia e Luna estão pausados


[Somente administradores podem ver esta imagem]
Luna Elizabeth Grümmer
There is no favorable wind for those who do not know where to come.
avatar
Luna Elizabeth Grümmer
Filhos de Atena
Filhos de Atena

Mensagens : 7
Pontos : 9
Data de inscrição : 13/10/2013
Idade : 21

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Luna Elizabeth Grümmer em Qui Out 31, 2013 8:18 am

Saio dali.


[Somente administradores podem ver esta imagem]
Luna Elizabeth Grümmer
There is no favorable wind for those who do not know where to come.
avatar
Luna Elizabeth Grümmer
Filhos de Atena
Filhos de Atena

Mensagens : 7
Pontos : 9
Data de inscrição : 13/10/2013
Idade : 21

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Albafica Triantaphylos em Seg Dez 09, 2013 9:39 pm



I Believe That...
[Somente administradores podem ver esta imagem]
Nature Makes Everything Perfect

Era tarde da noite quando eu fechei minha loja e encerrei as atividades na enfermaria. Os treinos de campistas iniciantes estava indo devagar, então consegui um tempinho pra mim. Caminhei pela floresta, tomando como rumo o fluxo do rio, até que meus passos me guiassem até um lugar nunca dantes explorado por mim. Minha pele se arrepiava por causa do buraco escuro e úmido pelo qual meu corpo transpassava. As rochas da caverna da qual entrei eram lisas e molhadinhas e apesar da entrada ser escura, lá dentro, o luar era incrível. Feixes de luzes brancas banhavam o solo rochoso do local e fazia a água da nascente brilhar cristalina. Eu não conseguia ver as estrelas e por mais que eu estivesse só, eu estava bem por estar só.

Tirei os chinelos e o macacão que cobria meu corpo. Ficando praticamente nu, a não ser pelos meus pingentes que adornavam meu pescoço. Coloquei os pés na água doce, sentando meus glúteos no chão gélido da caverna. Dobrei minhas roupas enquanto meus pensamentos me levavam a explorar sentimentos que não gostava de lembrar. Uma gota caia incessantemente na poça de água em que enfiara os pés, criando pequenas ondas, como se fossem notas musicais. O chão era muito duro para se criar uma companhia vegetal, mas me sentia bem só com a gota de minerais quebrando o silêncio...



Albafica

Nature's Child ❀ Olympic Games Winner ❀ The Healer


Thanks NM[Somente administradores podem ver este link]Wonderland Editions


avatar
Albafica Triantaphylos
Filhos de Deméter
Filhos de Deméter

Mensagens : 1884
Pontos : 1883
Data de inscrição : 07/01/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
HP:
260/260  (260/260)
MP:
250/260  (250/260)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Kyle Winshester em Seg Dez 09, 2013 10:41 pm

Eu bufava mais uma vez enquanto a voz de uma mulher falava comigo. - Mãe! Não precisa falar de novo. Eu vou visitar você mas ainda não posso sair daqui. - fui interrompido de novo com as mesmas perguntas. - Mais tarde eu falo com você. Tchau! - desliguei o celular e suspirei cansado. Eu sei! Um semideus não pode usar aparelhos elétronicos pois monstros podem o atacar e blá blá blá. Mas eu sei me defender e a minha mãe não parava de me pertubar. O fato de eu estar perambulando em uma caverna escura com uma lanterna e um celular é porque digamos que... Eu gosto de andar por lugares exóticos. Eu continuo muito extressado e enjoado para tudo então andar um pouco vai me fazer relaxar. Depois de sair brigando com o Alba por conta daquela fantasia me fez passar mal.

Continuava andando e cutucando algumas pedras e buracos as quais eram ninhos ou tocas de alguns insetos. - Que chato... - Falei entediado enquanto esmagava uma aranha com uma pedra que fez um barulho ecoar por toda caverna.

Voltei a andar até aonde algumas gotas de águas caiam do teto da caverna fazendo aquele barulhinho irritante e legal ao mesmo tempo. Fiquei mexendo a lanterna para todos os lados e fazendo um barulho de sabre de luz com a boca. Sim eu sou uma eterna criança.

Apezar de estar tentando me distrair não consigo parar de pensar na briga com o Alba. Talvez eu deva voltar e me desculpar. Eu nem sei o porque fiquei bravo com ele. - Ahh! Porque eu não consigo parar de pensar nisso?! - gritei mais alto do que imaginava. Tomare que Ekans não esteja dormindo aqui. Ou eu vou levar uma bronca daquelas.


[Somente administradores podem ver esta imagem]
avatar
Kyle Winshester
Filhos de Hermes
Filhos de Hermes

Mensagens : 1270
Pontos : 1264
Data de inscrição : 07/01/2012
Idade : 21

Ficha do personagem
HP:
150/180  (150/180)
MP:
160/180  (160/180)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Albafica Triantaphylos em Seg Dez 09, 2013 11:33 pm



I Believe That...
[Somente administradores podem ver esta imagem]
Nature Makes Everything Perfect

Minha mente permanecia pensando no futuro. Monstros, filhos, dois esposos pra encher de presentes e amor, uma família pra defender e muitas outras coisas que me perturbam. As gotas de água pingavam na pequena fonte e eu tentava meditar em outras coisas que não fossem um futuro turbulento e instável. Sabe, eu preciso ser rico se quiser criar uma família tão grande quanto a minha, mas enfim, depois de uns minutinhos respirando fundo, as ondas da nascente acalmaram minha mente e eu pude respirar aliviado, pensando num grande jardim de rosas brancas, minhas preferidas. Até criei rosas brancas sugadoras de sangue, mas ainda não tive a oportunidade de usar tais flores sangrentas.

O fato era que meus pensamentos tranquilos se tornaram inquietos pois havia um ser imbecil fazendo barulho pela caverna inteira. Era uma voz de sininho que tilintava agonizantemente por causa do eco que fazia no interior do salão em que eu estava. Nem mesmo as gotas que escorriam das estalactites foram capazes de ensurdecer o escândalo desse moleque.  Cruzei os braços contando até dez, tentando fazer minha paz voltar, mas ela não voltou. Porem, como sou muito calmo e estava nu, sim, eu estava nu (tirei o macacão, o colocando organizadamente ao meu lado, pois me ajuda a conectar-me com minha mãe), não dei muita bola. Até que reconheci a voz do intruso que estava lá.

-Kyle....? - sussurrei pra mim mesmo. Tentei olhar na escuridão,, por entre os feixes de luz, mas não tive certeza de que ele podia me ver - Kyle... - chamei um tanto mais alto. Meu coração disparou até que - KYLE!!! - Chamei alto o suficiente com a minha voz aveludada em tons graves profundos. Ele tagarelava sobre alguma coisa aleatória e parecia encucado com alguma coisa, mas a unica coisa que eu queria, era que ele me notasse ali.Tipo, nu e iluminado pela luz do luar, banhado pelas águas cristalinas de uma nascente.



Albafica

Nature's Child ❀ Olympic Games Winner ❀ The Healer


Thanks NM[Somente administradores podem ver este link]Wonderland Editions


avatar
Albafica Triantaphylos
Filhos de Deméter
Filhos de Deméter

Mensagens : 1884
Pontos : 1883
Data de inscrição : 07/01/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
HP:
260/260  (260/260)
MP:
250/260  (250/260)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Kyle Winshester em Ter Dez 10, 2013 5:33 am

Voltei a andar pela caverna assim que escutei meu nome ser chamado. - Tem alguém ai?! - perguntei alto o suficiente para ser escutado em toda a caverna.

Continuei andando apontando a luz da lanterna porto dos os lugares procurando aquela voz... A-Alba?! - Alba?! Amor é você?! - perguntei outra vez só para ter certeza se era ele. Eu estava andando em direção de onde a voz ecoava.


[Somente administradores podem ver esta imagem]
avatar
Kyle Winshester
Filhos de Hermes
Filhos de Hermes

Mensagens : 1270
Pontos : 1264
Data de inscrição : 07/01/2012
Idade : 21

Ficha do personagem
HP:
150/180  (150/180)
MP:
160/180  (160/180)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Albafica Triantaphylos em Ter Dez 10, 2013 8:54 am



I Believe That...
[Somente administradores podem ver esta imagem]
Nature Makes Everything Perfect

Era ele mesmo. Continuei chamando seu nome para que pudesse guiar-se até o meu encontro. Coloquei as roupas dobradas no meio das minhas pernas para cobrir a minha intimidade. Não estou mais sozinho e seria um crime ficar nu num lugar público. Seus passos estavam cada vez mais próximos de mim e eu já podia sentir seu corpinho caloroso palpitando junto ao meu. Ok, não podia sentir isso de fato, mas conseguia imaginar - Kyle, ilumina mais pra direita - comentei alto, tentando guiar a luz de sua lanterna. A água geladinha banhava até um pouco abaixo do meu joelho e, se Kyle pudesse direcionar só mais um pouco a luz de seu item luminoso, poderia me encontrar.



Albafica

Nature's Child ❀ Olympic Games Winner ❀ The Healer


Thanks NM[Somente administradores podem ver este link]Wonderland Editions


avatar
Albafica Triantaphylos
Filhos de Deméter
Filhos de Deméter

Mensagens : 1884
Pontos : 1883
Data de inscrição : 07/01/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
HP:
260/260  (260/260)
MP:
250/260  (250/260)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Kyle Winshester em Ter Dez 10, 2013 10:19 am

Continuei a caminhar por onde a voz dele me chamava. Até apontar a lanterna para a minha direita e me deparar com uma aranha monstruosa. - Santo Hermes! Pokémons existem! - falei enquanto a aranha continuava parada na parede da caverna.
Me afastei daquele E.T em forma de aranha e caminhei o mais longe possível daquilo vai que aquilo pule na minha cara e coloque um Alien dentro de mim. Já basta o que eu tenho. - O que você está fazend... Céus! Alba! Por que está pelado?? - comecei a corar instantaneamente. Nem em lugar público ele se comporta?


[Somente administradores podem ver esta imagem]
avatar
Kyle Winshester
Filhos de Hermes
Filhos de Hermes

Mensagens : 1270
Pontos : 1264
Data de inscrição : 07/01/2012
Idade : 21

Ficha do personagem
HP:
150/180  (150/180)
MP:
160/180  (160/180)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Albafica Triantaphylos em Ter Dez 10, 2013 11:09 am



I Believe That...
[Somente administradores podem ver esta imagem]
Nature Makes Everything Perfect

Kyle estava corado e bobo, do jeitinho que eu gosto. Cocei a nuca, rolando os olhos ao mesmo tempo que dava de ombros e mordiscava meu lábio. Balancei as pernas na poça d'água e o fitei de uma vez - Eu tava me conectando com minha mãe... E até parece que você nunca me viu pelado... - disse divertido. Não sou comediante, mas achei meu comentário tão engraçado que ri sozinho. O chamei pra mais perto com os dedos e, bati duas vezes no chão gelado ao meu lado, pedindo silenciosamente que ele se sentasse comigo - Desliga essa lanterna e curta o Luar Kye... - disse por fim. As vezes acho que meu pequeno podia se desligar de seus aparelhos tecnológicos e curtir as dádivas da natureza, mas enfim... eu não existo para mudar o conceito "Kyle", eu só existo para aceita-lo como é. Abri um sorriso torto esperando ele tomar alguma decisão concreta.



Albafica

Nature's Child ❀ Olympic Games Winner ❀ The Healer


Thanks NM[Somente administradores podem ver este link]Wonderland Editions


avatar
Albafica Triantaphylos
Filhos de Deméter
Filhos de Deméter

Mensagens : 1884
Pontos : 1883
Data de inscrição : 07/01/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
HP:
260/260  (260/260)
MP:
250/260  (250/260)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Kyle Winshester em Ter Dez 10, 2013 11:49 am

O olhei ainda corado desligando a lanterna. - Pensei que Deméter era a deusa da colheita e não das cavernas. - falei me aproximando e sentando perto dele. Ok vou entrar no momento caipira e curti a natureza. Tradução vou tentar realizar o sonho do Alba.

Fechei os olhos e tentei ficar calmo. - Não tem nada mais bonnniiiitttooo no campo que batatas! - comecei a cantar desafinado de propósito. Comecei a rir e passei a mão na barriga, não preciso sentir a natureza e nem preciso me desligar do mundo tecnológico. Apezar de eu não me importar com plantas eu posso sentir muito bem a natureza e o ar poluido da cidade. Afinal filhos de Hermes são ligadas as duas partes como uma estrada liga a cidade e o campo. Mas não vou falar para ele. Quero que ele ainda acredite que não me importo com seres fotossintetisantes.


[Somente administradores podem ver esta imagem]
avatar
Kyle Winshester
Filhos de Hermes
Filhos de Hermes

Mensagens : 1270
Pontos : 1264
Data de inscrição : 07/01/2012
Idade : 21

Ficha do personagem
HP:
150/180  (150/180)
MP:
160/180  (160/180)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caverna - Local Público.

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum