LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Página 5 de 11 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 9, 10, 11  Seguinte

Ir em baixo

LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Hipnos em Sex Out 05, 2012 4:48 pm

Relembrando a primeira mensagem :

Labirinto de Perguntas
parte II
Havia decorrido bastante tempo, desde que Athena havia pedido algo ao acampamento que exigisse dos campistas um conhecimento amplo sobre os segredos dos deuses Olimpianos, seus mistérios divinos e histórias contadas através dos tempos. Da ultima vez a missão foi a pedido de Sphinx, pois ela queria um enigma novo para perguntar aos forasteiros que cruzam as fronteiras egípcias, pois a antiga questão estava ultrapassada e todos os habitantes desse mundo moderno já sabiam a resposta da charada velha. No entanto, Athena retornou ao acampamento para uma nova jornada pelo labirinto de perguntas. A deusa novamente queria testar os conhecimentos dos jovens meninos-deuses, afim de recompensá-los com infinitas bençãos e o famoso reconhecimento divino.

Assim que a deusa virginal explicou a situação para Quiron e Dionísio, os mesmos pediram para que um sátiro encontrasse o primeiro semideus que visse e o chamasse para a casa grande. Pois bem, o menino bode foi direto para a região dos chalés, mas pelo caminho acabou trombando com uma filha do sono que rondava sozinha por ali. Ele a pegou pelo braço e balbuciou algo ininteligível enquanto arrastava-a para a casa grande. A garota sem saber o que fazer, agora estava frente a frente com o centauro e o deus das festas e ritos vinícolas. - Uma filha de Hipnos? tem certeza que isso vai dar certo? - comentou em tom de deboche o senhor D em referencia à lentidão dos filhos do deus do sono. Quiron trotou em volta da garota e a sentou numa poltrona, onde ficasse confortável e segura - Sim, acho que dará tudo certo. - afirmou o centauro.  
REGRAS:

Sempre leia as regras, poi as vezes escrevo coisas novas e se não lidas podem causar sérios danos.

I-) Narre o momento em que acordou, o que foi fazer e como foi  surpreendida pelo sátiro e o momento de tensão ou não, na casa grande.
II-) Seus atos tem consequências, então tome as decisões com cautela.

Ps1: qualquer dúvida, me mande uma MP
Ps2: Façam uma boa narração. sem erros abruptos, se teu texto for mal escrito e cheio de heroísmo, será penalizado. Não me dê motivo para mata-la.


★ Call me Hypnos, the Sleeper and Dreams's Keeper ★
Sleep is always a dream, don't you think?

credits @
avatar
Hipnos
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 858
Pontos : 1103
Data de inscrição : 23/01/2012
Localização : Rio Lethe

Ficha do personagem
HP:
999999/999999  (999999/999999)
MP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://lrfl.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Frida Forestiere em Dom Jun 09, 2013 1:29 pm

Com um estalo de dedos uma das moças se levantou e veio em minha direção com um copo de vinho. Meus olhos seguiam o balançar de seu corpo, parecia que tudo estava em câmera lenta. Engoli seco quando a mulher se aproximou de mim, mas logo tive a atenção quebrada pela majestade contando o porquê da festa. Peguei a taça fazendo com que minha mão tocasse na dela e sorri. Voltei a fitar o garoto que brindava a morte de um semideus. Agora não era o momento para contrariar alguém do tipo, ainda mais sabendo da proteção que o lugar tinha. Levantei a taça e fiz um sinal de brinde, a moça que estava ainda ao meu lado piscou e um gole bebi.

– Excelente vinho! – Sorri .

Aquelas moças estavam me deixando um tanto quanto agitada. Precisava sair dali o quanto antes, mas o reizinho não estava deixando. Logo pediu para puxar uma cadeira e contar o porquê estava ali. Na verdade nem eu sabia o porquê de estar ali, foi tudo rápido e estranho. Não era hora para sentar e conversar, apenas aproximei, não tanto, apenas para mostrar educação e interesse. Continuei segurando a taça e sorri.

– Porque vim? - Arqueie as sobrancelhas e sorri. - Bom... E essa é uma pergunta interessante e que infelizmente não sei te responder, porque eu não sei. Porque estou aqui? - Sorri.

Eu realmente não sabia o porquê de estar ali. Apenas torci para não ser mais uma da minha espécie a morrer.



Frida Forestiere
Desejo a todas inimigas vida longa

thank you, thay.
avatar
Frida Forestiere
Filhos de Deméter
Filhos de Deméter

Mensagens : 414
Pontos : 413
Data de inscrição : 13/01/2012
Idade : 25

Ficha do personagem
HP:
140/140  (140/140)
MP:
140/140  (140/140)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Hipnos em Dom Jun 09, 2013 3:28 pm

Labirinto de Perguntas
parte II

FRIDA
Frida educadamente, se aproveitando da bebida e hospitalidade, responde a pergunta do dono do salão. O Rei joga a taça de lado e solta uma boa risada, mudando de posição, deitando-se no trono. As serventes preparam novos drinks e a musica de repente aumenta de volume - O outro também não sabia, mas olha... logo mais teremos companhia e ai explico de uma vez só. o que me diz caçadora? - perguntou e num piscar de olhos o homem estava detrás da semideusa soprando em seu ouvido. Frida sentiu uma espécie de eletricidade lhe percorrer a espinha e percebeu um pouco de malignidade no tom de voz de seu possível oponente. A garota olha para trás e não acha o rei. Mira para frente e lá está o loiro deitado em seu trono, sendo servido de bebida.

De repente, um minuto depois de entornar mais um gole de vinho, uma porta aleatória se abre numa das paredes do ambiente e Frida pode ver dois campistas que também eram aleatórios surgirem ali dentro. A garota deu de ombros ao garoto de aparência complicada e a filha sonolenta e atrapalhada de Hipnos. Será que eles estavam ali para ajuda-la? será que os deuses o enviaram para morrer em seu lugar? ou Será que vieram a levar de volta para o Campus? Essas e muitas outras perguntas assolaram a menina de Deméter. O rei ria deliberadamente, dando uma piscadinha para Frida - Não avisei?!

SOPHIE e OLIVER
Os meninos entraram em sociedade e a menina, um pouco evocada demais para uma filha de Hipnos, arrancou o giz da mão do menino e desenhou na parede da arena uma porta com o simbolo de leão. Uma luz forte concretizou a tal entrada, tornando-a real e adornada de ouro e mogno. Os meninos se surpreenderam com a magica que acabara de acontecer, mesmo não admitindo seus encantamentos, o desenho em giz tornando-se real foi a coisa mais maravilhosa que haviam visto até agora. Os dois entraram pela porta, sem conhecer seu real destino que já estava traçado nos planos dos deuses.

Oliver e Sophie acabaram chegando num salão impressionantemente elegante. Havia quatro colunas altas sustentando um teto todo cheio de rococós e pinturas. Havia quadros por todos os cantos, almofadas vermelhas, ursinhos de pelúcia que mais pareciam leões com coroinhas e muitas outras bugigangas, tais como uma coleção de coroas, um bar com todo o suprimento de bebidas, baús, uma estátua elegante de Hera, assim como um pavão Cortinas de veludo, duas serventes nuas, um rei aloirado, olhos azuis intensos, boca levemente corada, camisa branca e suspensórios lhe vestiam. Ele estava deitado no trono e no alto de seus fios dourados uma coroa de ouro branco fundida com ouro comum. A sua frente, uma campista morena se deliciava de uma taça de vinho. Além disso, havia um double step que lhes tirava a calma. A unica coisa que ouviram, foi uma foz aveludada e convidativa que dizia misteriosamente - Não avisei?!

CAIN - Resumo dos fatos
O campista se encontrava caído diante do grande portal de Aries. Este é protegido por um servo de Atena chamado Teiresias. O homem ruivo vislumbrava as flores chovendo pela floresta que circundava o labirinto. Seus cabelos vermelhos flutuavam numa brisa suave e seus olhos perdidos, buscavam respostas nas pétalas que dançavam no ar. Seu corpo estava sendo sustentado por um cajado seco, porem com flores brotando em seu topo.

CECILIA - Resumo dos fatos
A menina não conseguiu desviar da intensa espada sagrada de Arthur. Cecília a bruxinha de Hefesto estava rodeada de flocos de luz pelo seu corpo, cravada numa das paredes da casa de Capricórnio e totalmente inconsciente. O rei de Avalon, sentido pela menina e por sua coragem de desafiá-lo, não lhe desferiu o golpe final, mas a deixou ali presa na parede de tijolos. O homem digno de poderio puxou uma cadeira, tomou Excalibur em suas mãos e a lustrava enquanto admirava seu premio na parede. A estatua de Atena parecia chorar no canto, mas era somente reflexo das luzes do lugar.


------------------------------ MAPA ATUALIZADO ------------------------------
Mapa: https://redcdn.net/ihimg/a/img836/7812/mazeii.jpg
Siga pelas lacunas até chegar num dos espaços propostos, ou pelo meio do caminho se assim desejar. A aventura é sua e delegue suas tarefas de acordo com sua criatividade. O importante é: Indicar na sua postagem, onde você se encontra, mostrando por onde percorreu. Use algum programa para indicar o caminho. Se não houver indicação alguma, sua próxima postagem estará anulada. ^^

------------------------------ JOGO ------------------------------
---
------------------------------ DANOS ------------------------------
FRIDA 140/140 HP 140/140 MP

OLIVER 110/110 HP 110/110 MP

SOPHIE 100/100 HP 100/100 MP

CECILIA 90/110 HP 90/110 MP - Desmaiada até que poste

CAIN 30/100 HP 50/100 MP - Desmaiado até que poste

------------------------------ OPONENTE ------------------------------
TEIRESIAS 100/100 HP 800/1000 MP Para Cain
ARTHUR 320/320 HP 400/500 MP Para Cecilia


^^:

Ps1: qualquer dúvida, me mande uma MP
Ps2: Faça uma boa narração. sem erros abruptos, se teu texto for mal escrito e cheio de heroísmo, será penalizado. Não me dê motivo para MATA-LO


★ Call me Hypnos, the Sleeper and Dreams's Keeper ★
Sleep is always a dream, don't you think?

credits @
avatar
Hipnos
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 858
Pontos : 1103
Data de inscrição : 23/01/2012
Localização : Rio Lethe

Ficha do personagem
HP:
999999/999999  (999999/999999)
MP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://lrfl.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Convidado em Dom Jun 09, 2013 10:50 pm






Keep Calm and

Seja Falso


Era isso?! A garota estava bem equivocada sobre mim ao ponto de tomar algo de minha mão, mas quando vi a porta de giz se tornando real achei melhor deixar para lá já que parecia que teria que fazer bastante barracos dentro da porta se quisesse voltar vivo.
Assim que a garota retirou o giz da parede uma forte luz começou a brilhar. Tapei meus olhos já que a luz era tão forte que parecia um deus em sua forma real. Assim que o brilho denso diminuiu olhei para o local, que agora era uma porta grossa feita de mogno e no centro o símbolo de leão reluzia em ouro.
Passei a mão pela porta para me certificar que tal coisa era real, já que até em um lugar onde você é treinado por um centauro não é comum se deparar com desenhos de giz se transformando em portas de ouro. Me certifiquei que estava com a espada escarlate no cinto bem do lado da pequena faca e que o escudo estava amarrado as costas por uma corda de couro.
Fui a frente e puxei a porta e quando dei um passo para dentro fechei os olhos rapidamente; "Éris que me abençoe!"

Dentro de sei lá aonde era tudo muito perfeito... Talvez perfeito demais para mim, a decoração cheia de objetos de pelúcia podia fazer do local um quarto de uma criança, mas era só olhar para as pilastras de ouro e o cheiro de bebida que o local tinha que qualquer um percebia que não se tratava disso. Havia duas garotas nuas e eu fiquei pensando no que o pais delas achariam se as vessem ali, mas logo perdi a atenção olhando para o homem do trono, seus olhos combinavam com seu corpo e seu sorriso parecia convidativo, isso tudo me fez crer que com quase todas as minhas certezas ele não estava ali para fazer tão bem assim a nós, a estatua de Hera me fez pensar em Jano, mas as características não eram tão boas assim, então deixei a hipótese para mim.
O carinha do trono sorriu e falou algo para a garota que estava na frente, eu já a vi algumas vezes, não sabia nada sobre, nem o nome mas fiquei pensando que era bom ele ser um cara do bem porquê ela já estava com o vinho na garganta.
Sorri e fiz uma cara de que estava tudo ótimo, que eu estava realmente encantado com tudo aquilo a ponto de não pensar em uma armadilha ou algo assim.


tagged: SUAS TAGS ✖ listening: MUSICA by ARTISTA ✖ tks, clumsy!


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Frida Forestiere em Seg Jun 10, 2013 5:13 pm

Companhia? Esse cara só pode estar de brincadeira. Se uma coisa eu aprendi nesse tempo como semideusa é que não devo confiar ou depositar qualquer tipo de confiança em uma pessoa que acaba de conhecer. Eu realmente não estava ali para brincadeiras ou perda de tempo. Comecei a ficar um tanto quanto irritada e desconfiada com qualquer tipo de jogada desse reizinho. Além do que não curti essa aparição do nada, mas se ele quer brincar, que comece os jogos. Assim que peguei outra taça de vinho de uma de suas servas nuas, que por acaso tiravam minha atenção e despertava desejos profundos e íntimos do meu eu.

Bastou um gole para que dois campistas saíssem de uma porta extremamente “x” do meio do salão. Suspirei e ignorei de princípio a presença dos dois, pois muitas questões perturbavam minha mente e que logo foi despertada pela tal majestade. Sorri assim que ele terminou sua frase. Dei um passo à frente, fixando meu olhar nos campistas. O garoto não era estranho, mas com toda certeza não havia conversado com ele pelo acampamento. A menina era uma gracinha, mas toda desajeitada e bocejada demais, certamente era uma filha de Hipnos e bem, já tive meus momentos com uma filha desse Deus maravilhoso, mas enfim. Foquei meus pensamentos e logo falei calmamente.

- Qual nome de vocês?- Levantei a taça como se estivesse apontando para os campistas.



Frida Forestiere
Desejo a todas inimigas vida longa

thank you, thay.
avatar
Frida Forestiere
Filhos de Deméter
Filhos de Deméter

Mensagens : 414
Pontos : 413
Data de inscrição : 13/01/2012
Idade : 25

Ficha do personagem
HP:
140/140  (140/140)
MP:
140/140  (140/140)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Hipnos em Ter Jun 11, 2013 11:45 am

Labirinto de Perguntas
parte II

FRIDA, SOPHIE e OLIVER
O rei aplaudiu os novos convidados e fez com que suas servas os servissem com algo para beber. Havia tanta coisa na qual poderiam ser escolhidas que Oliver e Sophie demoraram um tanto antes de aceitarem um gole de alguma coisa ou se recusavam o drink. O homem de suspensórios ajeitou a coroa no alto da cabeça e sentou-se majestoso, segurando sua taça elegantemente. Os meninos responderam à pergunta de Frida, assim como seus parentescos divinos - Puxem uma cadeira, cheguem mais perto. Quero ver o rostinho de vocês enquanto lhes explico alguns fatos sobre o labirinto de Athena - exclamou o homem de cabelos loiros da cor do ouro.

Assim que os meninos sentam-se, o coroado apoia seus cotovelos nos joelhos olhando profundamente para os jovens semideuses e os analisa como se fosse um caçador fitando sua presa - Aphynoum Mono Apo Emas! - exclamou o homem e estalou os dedos. No mesmo instante as duas moças gêmeas e seminuas desapareceram, deixando apenas o grupo no recinto. Um trovão estalou nos céus, bem distante do labirinto. Sophie até acordou de seu estado letárgico. Oliver engoliu em seco, e Frida apenas sentiu um arrepio. O homem loiro levantou-se, deixando sua taça de vinho cair no meio das almofadas e ursinhos de pelúcia.

Fez-se silêncio por quase um minuto inteiro. A Caçadora sentia uma pressão a rasgar por dentro e, apesar desse conflito de alma, a menina continuava firme. O homem loiro cruzou os braços e sorriu malicioso para o jovem Oliver - Vou contar-lhes apenas uma vez, antes de começarmos o que tem que começar - o rei quebrou o silêncio com sua voz de veludo e caminhou até Sophie - Este labirinto é formado por 13 compartimentos, sendo que dois deles representam a saída e a entrada, como está descrito nesse mapa... - o homem arqueou a sobrancelha, como se pedisse para Frida, a portadora do mapa, comprovar o que acabara de afirmar - Pois bem, para sair do labirinto, é preciso achar a chave que abre a saída, mas para ver a fechadura, é preciso um item especial. A mãe do menino que morreu aqui, minha carcereira, Atena, fez o favor de fragmentar esse item especial e cada um de nós, guardiões estamos responsáveis por esses pedacinhos de liberdade. - O homem endireitou a coroa e colocou as mãos na cintura, fechou os olhos e continuou o falatório - Alguns de nós estão aqui pois são devotos a Athena, outros pois estão sob a sentença dos deuses e há alguns, no meu caso, que precisam ter sua existência mantida em segredo absoluto ou o Olimpo estaria perdido - o coroado disse esta ultima parte distraído, mas com um "quê" de divertimento nos lábios. O homem voltou a fitar a fitar os garotos e sentou-se no trono, como se estivesse cansado da vida - Alguma pergunta? - disse entediado.

CAIN - Resumo dos fatos
O campista se encontrava caído diante do grande portal de Aries. Este é protegido por um servo de Atena chamado Teiresias. O homem ruivo vislumbrava as flores chovendo pela floresta que circundava o labirinto. Seus cabelos vermelhos flutuavam numa brisa suave e seus olhos perdidos, buscavam respostas nas pétalas que dançavam no ar. Seu corpo estava sendo sustentado por um cajado seco, porem com flores brotando em seu topo.

CECILIA - Resumo dos fatos
A menina não conseguiu desviar da intensa espada sagrada de Arthur. Cecília a bruxinha de Hefesto estava rodeada de flocos de luz pelo seu corpo, cravada numa das paredes da casa de Capricórnio e totalmente inconsciente. O rei de Avalon, sentido pela menina e por sua coragem de desafiá-lo, não lhe desferiu o golpe final, mas a deixou ali presa na parede de tijolos. O homem digno de poderio puxou uma cadeira, tomou Excalibur em suas mãos e a lustrava enquanto admirava seu premio na parede. A estatua de Atena parecia chorar no canto, mas era somente reflexo das luzes do lugar.


------------------------------ MAPA ATUALIZADO ------------------------------
Mapa: https://redcdn.net/ihimg/a/img836/7812/mazeii.jpg
Siga pelas lacunas até chegar num dos espaços propostos, ou pelo meio do caminho se assim desejar. A aventura é sua e delegue suas tarefas de acordo com sua criatividade. O importante é: Indicar na sua postagem, onde você se encontra, mostrando por onde percorreu. Use algum programa para indicar o caminho. Se não houver indicação alguma, sua próxima postagem estará anulada. ^^

------------------------------ JOGO ------------------------------
---
------------------------------ DANOS ------------------------------
FRIDA 140/140 HP 140/140 MP

OLIVER 110/110 HP 110/110 MP

SOPHIE 100/100 HP 100/100 MP

CECILIA 90/110 HP 90/110 MP - Desmaiada até que poste

CAIN 30/100 HP 50/100 MP - Desmaiado até que poste

------------------------------ OPONENTE ------------------------------
TEIRESIAS 100/100 HP 800/1000 MP Para Cain
ARTHUR 320/320 HP 400/500 MP Para Cecilia


^^:

Ps1: qualquer dúvida, me mande uma MP
Ps2: Faça uma boa narração. sem erros abruptos, se teu texto for mal escrito e cheio de heroísmo, será penalizado. Não me dê motivo para MATA-LO


★ Call me Hypnos, the Sleeper and Dreams's Keeper ★
Sleep is always a dream, don't you think?

credits @
avatar
Hipnos
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 858
Pontos : 1103
Data de inscrição : 23/01/2012
Localização : Rio Lethe

Ficha do personagem
HP:
999999/999999  (999999/999999)
MP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://lrfl.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Convidado em Ter Jun 11, 2013 12:30 pm






"LOGO

ME ARREPENDI"


O da coroa estava sentado em seu trono nos olhando com uma cara "oque eu faço com eles?" mas no fundo ele já estava com algo guardado para nós.
Fui guiado até a mesa por uma das servas que estavam ali, me sentei e coloquei a mão no colo, perto do gume da espada. A mulher se aproximou e quase me forçou a beber algo, então peguei um copo de água, que pelo menos não me deixaria tonto ou algo assim nos domínios do da coroa.
Quando as mulheres acabaram de nos servir o cara da cora nos olhou e então exclamou em grego algo como "Deixe-nós em paz!" e estalou o dedo fazendo as servas sumirem, isso fez com que mesmo bebendo água engolisse em seco.
Ele se levantou e deixou a taça cair, manchando um unicórnio branco que agora era roxo, mas ele somente ficou lá, nos olhando até que cruzou os braços e fez uma expressão maldosa concentrando o olhar totalmente em mim, nessa hora meus dedos coçaram e coloquei a mão mais perto da espada, como se seu olhar fizesse meu corpo formigar, o pior era não saber quem ele era. Olhei para Frida que já estava ali a mais tempo mais ela não correspondeu ao olhar, ou estava perdida procurando as mulheres nuas.

O doidinho começou a explicar vagamente o porquê de estarmos ali, mas deixava tudo muito vago.
Em seguida caminhou até Sophie e falou de um tal mapa que Frida possuía, bem, esperava que ela não arrancasse o mapa de Frida como fez com meu giz.
Depois falou de um tal filho de Atena, oque me fez pensar; "Se o filho da deusa do labirinto morreu imagina eu que sou filho de Éris?!".
Quando acabou o testamento o da coroa subiu para seu trono novamente.
-"Alguma pergunta?"
Minha garganta coçou e engoli em seco, minhas palavras demoraram a sair e fiquei com medo de falar isso, mas então indaguei :
-E como pegaremos os "pedacinhos de liberdade" de vocês?
Logo imaginei que me arrependeria.

tagged: SUAS TAGS ✖ listening: MUSICA by ARTISTA ✖ tks, clumsy!


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Frida Forestiere em Ter Jun 11, 2013 2:26 pm

Tudo estava muito interessante, agora somos um trio de semideuses aleatórios. Oliver o garoto de Éris, Sophie a prole de Hipnos e Eu, a filha de Deméter que virou caçadora de Ártemis. Seria uma bela junção em uma possível luta, mas creio que não será necessário usar a violência com esse rei. Assim que os campistas responderam, nos sentamos diante do loiro que logo começo a falar sobre o labirinto. Apesar de sentir um pouco de medo e um arrepio na espinha, prestei atenção nas palavras e no lugar. Qualquer palavra poderia servir como uma possível dica de um possível jogo. Assim que o rei falou com Sophie, suas palavras se direcionaram a mim. Sobre a entrada e saída do labirinto e do mapa que estava comigo. Toquei meu bolso e tirei o mapa, abri e mostrei para os outros dois campistas apontando com o dedo. Assenti com a cabeça, apenas concordando com o que tinha ouvido.

Depois de toda explicação e detalhes que no momento foram muito bem coletados por mim. O tal rei deixou o momento aberto para perguntas e o filho de Hipnos logo abriu a boca, perguntando de como conseguiremos os pedaços. Fitei os olhos de Sophie e depois voltei à atenção para a majestade. Muitos pensamentos e dúvidas assombraram minha cabeça, muitas peças para um quebra cabeça que montava em minha mente. Levantei meu dedo indicador, como se estivesse pedindo um momento e comecei a falar.

- Majestada, por um acaso do destino, ou uma escapadinha de alguém, assim, uma coisa atoa... – Sorri. – Hera é sua mãe?- Perguntei segura.

Os campistas podem achar uma loucura sem tamanho, mas as peças estavam encaixadas e eu tinha certeza do que falava.



Frida Forestiere
Desejo a todas inimigas vida longa

thank you, thay.
avatar
Frida Forestiere
Filhos de Deméter
Filhos de Deméter

Mensagens : 414
Pontos : 413
Data de inscrição : 13/01/2012
Idade : 25

Ficha do personagem
HP:
140/140  (140/140)
MP:
140/140  (140/140)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Convidad em Ter Jun 11, 2013 3:53 pm






Common Skinny Love

I told you to be patient
I told you to be fine. I told you to be balanced. I told you to be kind. In the morning i'll be with you, But it will be a different "kind". I'll be holding all the tickets, And you'll be owning all the fines



E novamente, eu fazia as escolhas erradas. Eu poderia ter ido embora no momento que o treino terminou, eu poderia ter sumido, mas eu decidir ir, e por que? Por que eu tava de mal humor, e queria mandar em tudo. Mas fora isso, estava com o Oliver, e a caçadora de nome Frida, que bebia o vinho oferecido para gente. Neguei o vinho e fiquei cantarolando mentalmente a mesma música de sempre, enquanto ouvia o discurso do "rei":

- Vou contar-lhes apenas uma vez, antes de começarmos o que tem que começar. Este labirinto é formado por 13 compartimentos, sendo que dois deles representam a saída e a entrada, como está descrito nesse mapa. Pois bem, para sair do labirinto, é preciso achar a chave que abre a saída, mas para ver a fechadura, é preciso um item especial. A mãe do menino que morreu aqui, minha carcereira, Atena, fez o favor de fragmentar esse item especial e cada um de nós, guardiões estamos responsáveis por esses pedacinhos de liberdade. Alguns de nós estão aqui pois são devotos a Athena, outros pois estão sob a sentença dos deuses e há alguns, no meu caso, que precisam ter sua existência mantida em segredo absoluto ou o Olimpo estaria perdido.

Respirei fundo ao ouvir tudo que ele disse, principalmente as últimas partes. Segredo absoluto ou o Olimpo estava perdido? Que segredo seria esse? Mordi meu dedo polegar e me levantei dizendo após ouvir o que Oliver e a menina do mapa, de nome Frida:

-Eu só tenho duas dúvidas. - Engoli em seco e caminhei de um lado ao outro, fitando o cara com coroa: -Teremos que ir no sentido das casas zodiacais, ou podemos já pegar uma dessas partes de você agora? E que segredo tão poderoso é esse? Você é filho de alguma Deusa que jurou virgindade eterna e acabou não cumprindo?

Encarei Oliver e Frida. Eu sei que eles pensavam quase o mesmo sobre o caso dele ser filho de alguma deusa, tanto que Frida perguntou dele ser filho de Hera. Passei a mão nos cabelos e tirei minha jaqueta, ficando de camisa com as mangas cortadas e as tatuagens se revelaram sobre meus braços. Falei em um tom sereno, sem ser questionador:

-Eu sei que estamos em um mal pressentimento, mas, temos que agir, não concordam? - Voltei a me sentar e fitei Frida e Oliver e falei baixo para eles: - Admitam, estão também preocupados com isso, mas vai dar tudo certo. Só agirmos e termos ela como líder, já que ela tem o mapa, e deve ser a mais experiente. - E apontei pra Frida, e fiquei muda.

valeu @ cács!


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Hipnos em Ter Jun 11, 2013 4:45 pm

Labirinto de Perguntas
parte II

FRIDA, SOPHIE e OLIVER
O primeiro a protestar foi Oliver. O rei o olhou com curiosidade, estalando os dedos. Na palma de sua mão, uma chama avermelhada tremulava com vigor. Oliver ficou tentado a se aproximar, mas não fez. Aparentemente a chama vermelha viva o fazia pensar em alguém do acampamento. Talvez um amor, uma pessoa, um conhecido, uma saudade - Sabe semideus, você terá que conquistar as peças, ou lutando ou desvendando mistérios. Depende de cada guardião e de cada sentença estipulada por Athena a cada um de nós - disse o rei tirando Oliver de seu transe. O mesmo olhou para Frida, transformando a chama num vivido azul espectral. As chamas azuis a fizeram tremer em seu intimo, mostrando a ela, coisas que feriram seu coração, sejam pessoas, amores, objetos e pertences - Sim, somente dela - respondeu o homem de cabelos loiros.

Sophie tagarelava e não parava de perguntar coisas, até mesmo sua voz era irritante para o dono do lugar e assustadoramente alta para a majestade que ali reinava. A chama começou a se tornar elétrica, como se faíscas azuladas se tornassem energia elétrica diante dos olhos de todos - Fogo é o elemento base do signo de Leão, e fogo é energia... - após dizer isso, um lampejo estourou nos céus, as colunas da casa de leão tremeram e os semideuses escutaram algo como um rugido leonino ecoando por todos os lados. O braço do loiro sem nome estava envolto por uma corrente elétrica que voava com velocidade até a filha de Hipnos numa chuva elétrica. A eletricidade era tamanha que a garota sentiu seus nervos se contraindo, sua bexiga querendo vazar e seus muculos todos se contraindo ao mesmo tempo. Seus olhos viraram e mesmo querendo gritar, ela não conseguia. Sophie caiu da cadeira e uma fumaça esbranquiçada lhe subia pelo corpo - Para uma filha de Hipnos você fala demasiadamente demais e sem fundamento algum - argumentou o homem com voz severa, sentando-se em seu trono de veludo vermelho.

Os dois semideuses que não levaram o golpe de energia souberam na mesma hora que o rei não estava ali para brincadeira. Não sabiam qual era o desafio proposto pelo homem, tampouco sabiam se iriam sobreviver ao teste - Por que estão tão tensos?! Relaxem, não é sempre que saio do sério - disse o homem com um sorriso vencedor no rosto - Meu desafio é bem suave, basta vocês não errarem - o coroado olhou pela fresta da coroa e continuou a tagarelar sobre o tal desafio - Vocês tem que descobrir quem eu sou, ou seja, minha espécie, meu nome, quem são meus pais e minha história de vida. Sabendo-se que você só pode perguntar fatos gerais ou terão consequências avassaladoras como essa menina teve. Minhas respostas serão sim ou não e toda vez que eu disser não, vocês também terão consequências, mas não tão violentas - o homem bebeu um gole do martini e deitou-se pelo trono. Novamente um relâmpago trovejou nos céus, abalando a estrutura do palacete de Leão - Respondendo essas perguntas, lhe deixo continuar a desbravar o labirinto - O garoto loiro bebeu o restante de sua bebida alcoólica, comeu as azeitonas do fundo e arrumou a franja que lhe caía por sobre os olhos - Se não há mais dúvidas, podem começar a me perguntar o que desejam - afirmou o homem cruzando os braços e sorrindo gloriosamente como uma manhã de verão, dando inicio ao desafio

CAIN - Resumo dos fatos
O campista se encontrava caído diante do grande portal de Aries. Este é protegido por um servo de Atena chamado Teiresias. O homem ruivo vislumbrava as flores chovendo pela floresta que circundava o labirinto. Seus cabelos vermelhos flutuavam numa brisa suave e seus olhos perdidos, buscavam respostas nas pétalas que dançavam no ar. Seu corpo estava sendo sustentado por um cajado seco, porem com flores brotando em seu topo.

CECILIA - Resumo dos fatos
A menina não conseguiu desviar da intensa espada sagrada de Arthur. Cecília a bruxinha de Hefesto estava rodeada de flocos de luz pelo seu corpo, cravada numa das paredes da casa de Capricórnio e totalmente inconsciente. O rei de Avalon, sentido pela menina e por sua coragem de desafiá-lo, não lhe desferiu o golpe final, mas a deixou ali presa na parede de tijolos. O homem digno de poderio puxou uma cadeira, tomou Excalibur em suas mãos e a lustrava enquanto admirava seu premio na parede. A estatua de Atena parecia chorar no canto, mas era somente reflexo das luzes do lugar.


------------------------------ MAPA ATUALIZADO ------------------------------
Mapa: https://redcdn.net/ihimg/a/img836/7812/mazeii.jpg
Siga pelas lacunas até chegar num dos espaços propostos, ou pelo meio do caminho se assim desejar. A aventura é sua e delegue suas tarefas de acordo com sua criatividade. O importante é: Indicar na sua postagem, onde você se encontra, mostrando por onde percorreu. Use algum programa para indicar o caminho. Se não houver indicação alguma, sua próxima postagem estará anulada. ^^

------------------------------ JOGO ------------------------------

Descobrir a Identidade do Rei Para Frida, Sophie e Oliver
1-) Nome?
2-) Espécie?
3-) Parental = ok
4-) História de Vida?

------------------------------ DANOS ------------------------------
FRIDA 140/140 HP 140/140 MP

OLIVER 110/110 HP 110/110 MP

SOPHIE 80/100 HP 100/100 MP

CECILIA 90/110 HP 90/110 MP - Desmaiada até que poste

CAIN 30/100 HP 50/100 MP - Desmaiado até que poste

------------------------------ OPONENTE ------------------------------
TEIRESIAS 100/100 HP 800/1000 MP Para Cain
ARTHUR 320/320 HP 400/500 MP Para Cecilia


^^:

Ps1: qualquer dúvida, me mande uma MP
Ps2: Faça uma boa narração. sem erros abruptos, se teu texto for mal escrito e cheio de heroísmo, será penalizado. Não me dê motivo para MATA-LO


★ Call me Hypnos, the Sleeper and Dreams's Keeper ★
Sleep is always a dream, don't you think?

credits @
avatar
Hipnos
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 858
Pontos : 1103
Data de inscrição : 23/01/2012
Localização : Rio Lethe

Ficha do personagem
HP:
999999/999999  (999999/999999)
MP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://lrfl.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Convidado em Ter Jun 11, 2013 7:36 pm






SLOW

BOY


Os pelos dos meus braços se levantaram, como um cala frio, no momento em que Sophie recebeu a carga de choques que pareceu ter doido...Doido muito, senti meu corpo pesar, como se não conseguisse me levantar dali mais, provável culpa do medo que sentia, mas tentei não demonstrar. Graças a Frida já sabia que ele era filho de Hera, com ênfase no "só dela."
Coloquei minhas mãos em cima da mesa e as apertei enquanto abaixei a cabeça pensando em oque perguntar, afinal só de imaginar uma carga elétrica igual Sophie recebeu meu corpo já tremia.

Comecei a suar frio e olhei para o rei, ele era bonito demais para minha segunda suspeita, mas não a eliminei, afinal para ele ser um guardião de Athena podia ser que eu estivesse certo, já que Hera e Athena tem lá suas pendencias.
Senti minha boca formigar e então resolvi perguntar algo, novamente me lembrei de Sophie sendo eletrocutada e repensei na pergunta, mas quando vi já estava abrindo a boca para falar.
-Você é um deus?
Fechei os olhos e apertei minhas mãos fortes já me preparando caso escutasse o "não".



tagged: SUAS TAGS ✖ listening: MUSICA by ARTISTA ✖ tks, clumsy!


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Frida Forestiere em Qua Jun 12, 2013 10:54 pm

Angústia. É a palavra que define o que senti ao ver todas as coisas que feriram meu coração, perdas que tive. Assim que o homem saiu de perto, suspirei um tanto quanto alto. Queria chorar, correr e achar um lugar em que pudesse me esconder e nunca mais sair. Balbuciei minha cabeça e me foquei no que estava acontecendo, não iria deixar que os sentimentos tomassem conta de mim agora. O momento necessitava da minha cabeça limpa, tentei colocar de lado esse acontecimento e comecei a ouvir o que ele ainda estava dizendo. Estava dando um tipo de bronca em Sophie. Parecia não gostar muito dela. Quando fui fitar os olhos da garota, um rugido ecoou em meus ouvidos e logo a filha de Hipnos começou a ser eletrocutada.  Seus olhos viravam e nada poderia impedir aquilo. Confesso que senti medo, não só por mim, mas todos ali. Não era apenas a minha vida que estava em jogo, mas sim dos meus colegas de acampamento.

Em questão de segundos o corpo de Sophie estava no chão e minha vontade era de caminhar até a mesma, pega-la no colo e levar até um lugar seguro. Sabia que não dava para fazer isso e por isso me mantive firme. O que ele estava fazendo era uma espécie de jogo de adivinhações, o que me deixa muito interessada.  Cocei minha nuca e logo pude ouvir a voz de Oliver ecoando no salão. Perguntando se ele era um Deus, certamente o garoto não iria levar qualquer tipo de golpe. Sorri com os lábios. Estava feliz por ele. Respirei fundo e voltei meu olhar ao rei e sorri gentilmente.



– Majestade pode dar uma dica de seu nome?- Arqueei as sobrancelhas pacificamente e observei a garota no chão.



Frida Forestiere
Desejo a todas inimigas vida longa

thank you, thay.
avatar
Frida Forestiere
Filhos de Deméter
Filhos de Deméter

Mensagens : 414
Pontos : 413
Data de inscrição : 13/01/2012
Idade : 25

Ficha do personagem
HP:
140/140  (140/140)
MP:
140/140  (140/140)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Hipnos em Qua Jun 12, 2013 11:50 pm

Labirinto de Perguntas
parte II

FRIDA, SOPHIE e OLIVER
O rei triunfante sorriu aos garotos e se divertia com tudo o que estava acontecendo. Oliver foi o primeiro a se aventurar na busca para achar respostas sobre as quais o garoto nem tinha ideia. O rei trovejou diante dele, ficando cara a cara com o filho de Éris. O menino sentiu-se até meio zonzo com tamanha beleza que o coroado tinha. Seus olhos de safira pipocavam de seu rosto de mármore vivo. Apenas 1 cm separava seus narizes - Sim, sou o deus dos herdeiros e daqueles que sofrem de dor de cotovelo, inveja ou recalque como vocês chamam hoje em dia - disse o deus bagunçando os cabelos rasos do menino da discórdia. 

O homem de coroa olhou para Frida e como um lampejo, tempesteou surgindo detrás da menina de Deméter. Sua mãos tocaram os braços nus da menina e a mesma sentiu uma corrente elétrica lhe percorrer. Seus pelos se eriçaram e sua pele arrepiou-se. O deus encostou seus lábios na orelha da menina e balbuciou algo como - Olhe para o alto de minha cabeça - disse o coroado e num piscar de olhos voltou a sentar-se no trono de veludo vermelho. Ele estalou os dedos e uma taça transparente surgiu em suas mãos. 

Sophie estava meio lerda, como se ainda não pudesse dizer muitas coisas. talvez o choque lhe tenha sido muito forte e lhe tenha causado algum atraso mental. O homem aloirado piscou serelepe e aguardou o restante das perguntas. 


CAIN - Resumo dos fatos
O campista se encontrava caído diante do grande portal de Aries. Este é protegido por um servo de Atena chamado Teiresias. O homem ruivo vislumbrava as flores chovendo pela floresta que circundava o labirinto. Seus cabelos vermelhos flutuavam numa brisa suave e seus olhos perdidos, buscavam respostas nas pétalas que dançavam no ar. Seu corpo estava sendo sustentado por um cajado seco, porem com flores brotando em seu topo. 

CECILIA - Resumo dos fatos
A menina não conseguiu desviar da intensa espada sagrada de Arthur. Cecília a bruxinha de Hefesto estava rodeada de flocos de luz pelo seu corpo, cravada numa das paredes da casa de Capricórnio e totalmente inconsciente. O rei de Avalon, sentido pela menina e por sua coragem de desafiá-lo, não lhe desferiu o golpe final, mas a deixou ali presa na parede de tijolos. O homem digno de poderio puxou uma cadeira, tomou Excalibur em suas mãos e a lustrava enquanto admirava seu premio na parede. A estatua de Atena parecia chorar no canto, mas era somente reflexo das luzes do lugar.


------------------------------ MAPA ATUALIZADO ------------------------------
Mapa: https://redcdn.net/ihimg/a/img836/7812/mazeii.jpg
Siga pelas lacunas até chegar num dos espaços propostos, ou pelo meio do caminho se assim desejar. A aventura é sua e delegue suas tarefas de acordo com sua criatividade. O importante é: Indicar na sua postagem, onde você se encontra, mostrando por onde percorreu. Use algum programa para indicar o caminho. Se não houver indicação alguma, sua próxima postagem estará anulada.  ^^

------------------------------ JOGO ------------------------------

Descobrir a Identidade do Rei Para Frida, Sophie e Oliver
1-) Nome?
2-) Espécie = ok
3-) Parental = ok
4-) História de Vida?

------------------------------ DANOS ------------------------------
FRIDA   140/140 HP  140/140 MP

OLIVER   110/110 HP  110/110 MP

SOPHIE   80/100 HP  100/100 MP - Desmaiada até que poste

CECILIA   90/110 HP 90/110 MP  - Desmaiada até que poste

CAIN   30/100 HP   50/100 MP - Desmaiado até que poste

------------------------------ OPONENTE ------------------------------
TEIRESIAS 100/100 HP 800/1000 MP Para Cain
ARTHUR 320/320 HP 400/500 MP Para Cecilia


^^:

Ps1: qualquer dúvida, me mande uma MP
Ps2: Faça uma boa narração. sem erros abruptos, se teu texto for mal escrito e cheio de heroísmo, será penalizado. Não me dê motivo para MATA-LO


★ Call me Hypnos, the Sleeper and Dreams's Keeper ★
Sleep is always a dream, don't you think?

credits @
avatar
Hipnos
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 858
Pontos : 1103
Data de inscrição : 23/01/2012
Localização : Rio Lethe

Ficha do personagem
HP:
999999/999999  (999999/999999)
MP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://lrfl.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Convidado em Sex Jun 14, 2013 12:51 pm






Keep

Calm
); width:250px; height: 180px; padding-top: 30px; padding-left: 100px;" >


Ele se aproximou de mim e seus olhos olhavam fixamente no meu, os mesmos eram tão quentes que pareciam me queimar, fiquei ali apreensivo e parado,  mas então respirei mais aliviado ao escutar o "sim" sussurrado que o da coroa soltou. 
Cerrei a mão mais forte e comecei a tremer ao saber que agora estava realmente enrolado, não tinha mais um chute certeiro para dar então me lembrei do choque que Sophie tomou, isso a fez ficar meio lerda no chão até agora e não estava colaborando muito com a "investigação".

Abaixei a cabeça e me concentrei na sua história de vida, tinha me desligado um pouco mas escutei Frida perguntando sobre seu nome, e já que ela receberá a dica deixei essa questão para a garota.
"-Bem, vamos lá, ele é filho de Hera, e esta condenado ao labirinto, ele falou algo sobre a perdição do olimpo caso ele fosse revelado."-Tentei me lembrar dos fatos que tinha até agora, logo eu conseguirá um possível começo da vida do coroado, então tremi um pouco e senti uma gota de suor escorrendo por meu rosto, fechei os olhos me concentrei e comecei a falar.
-Você é fruto de uma traição com Hera, por ela ser a deusa do matrimônio não poderia deixar o fruto de uma traição livre, então o condenou ao labirinto, para que assim Zeus não ficasse sabendo da traição de sua mulher.
Claro, era um palpite não muito calculado, dessa vez não esperava realmente que estivesse acertado.
Fiquei mais apreensivo esperando o da coroa responder enquanto olhei para Frida e então fechei os olhos vendo a imagem de Sophie caindo eletrocutada... Agora seria minha vez.


tagged: SUAS TAGS ✖ listening: MUSICA by ARTISTA ✖ tks, clumsy!


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Frida Forestiere em Sab Jun 15, 2013 11:30 am

Assim que ouvi o que o rei respondia para Oliver, pensei em muitas coisas, minha mente estava em um turbilhão de pensamentos. Respirei fundo assim que ele se aproximou de mim e se aproximou de meus ouvidos. Seus lábios elétricos pinicavam meu lóbulo. Engoli seco e observei o homem que estava ao meu lado. Pensei comigo “Então o nome dele tem relação com a coroa, mas nenhum rei iria chamar “Coroa”“. Enquanto observa-o caminhando até seu trono, tive um estalo, como em desenhos, quando uma lâmpada aparece flutuando ao lado do personagem.  Estava óbvio que ele não iria usar o nome dele na nossa língua, só precisava lembrar-se das aulas de latim. Não era muito boa nessa matéria, lembro até hoje de minha professora particular, era morena e alta, tirava totalmente minha atenção e qualquer vontade de aprender. Despertei-me das lembranças quando o filho de Hipnos começo a falar da traição de Hera com Zeus.


Finalmente lembrei-me da palavra certa e com um impulso saltei-me da cadeira e falei sorrindo, toda feliz.- Corona!! - Percebi que estava muito empolgada e voltei a sentar. - Perdão... Majestade Corona!-Sorri.- É que descobrir seu nome foi muito gratificante!-Olhei sorrindo para Oliver e observei Sophie tentando acordar do choque.



Frida Forestiere
Desejo a todas inimigas vida longa

thank you, thay.
avatar
Frida Forestiere
Filhos de Deméter
Filhos de Deméter

Mensagens : 414
Pontos : 413
Data de inscrição : 13/01/2012
Idade : 25

Ficha do personagem
HP:
140/140  (140/140)
MP:
140/140  (140/140)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Hipnos em Sab Jun 15, 2013 1:36 pm

Labirinto de Perguntas
parte II

FRIDA, SOPHIE e OLIVER
O homem de coroa olhou para o garoto de Éris de forma ofensiva e chateada. Con um negar de seus olhos, um rugido elétrico rimbombou pelo labirinto A íris do loiro tornou-se azul elétrico e num estalo de dedos, uma coluna de eletricidade ciana assolou o garoto da discórdia. Seus músculos se contraíram, seus lábios se afrouxaram e começaram a babar. Seus olhos tombaram para trás e todas as suas juntas travaram, o impossibilitando de mexer. Faíscas azuis circundavam seu corpo e fumaça saía de seu corpo - Isso não foi uma pergunta, foi uma afirmativa totalmente errada e capciosa sobre minha pessoa! 

O homem de suspensórios olhou para a caçadora - Pelo menos um de vocês parece ser inteligente! - Frida sentiu um vento pela barria. Ela se sentiu super especial e capaz de conseguir vencer este desafio, sem que seus companheiros morram eletrocutados. Corona rodou pelo trono, agarrando um leão de pelúcia. Ajeitou a coroa de sua cabeça - Vamos jogar mais!!! - disse o deus numa gargalhada.


CAIN - Resumo dos fatos
O campista se encontrava caído diante do grande portal de Aries. Este é protegido por um servo de Atena chamado Teiresias. O homem ruivo vislumbrava as flores chovendo pela floresta que circundava o labirinto. Seus cabelos vermelhos flutuavam numa brisa suave e seus olhos perdidos, buscavam respostas nas pétalas que dançavam no ar. Seu corpo estava sendo sustentado por um cajado seco, porem com flores brotando em seu topo. 

CECILIA - Resumo dos fatos
A menina não conseguiu desviar da intensa espada sagrada de Arthur. Cecília a bruxinha de Hefesto estava rodeada de flocos de luz pelo seu corpo, cravada numa das paredes da casa de Capricórnio e totalmente inconsciente. O rei de Avalon, sentido pela menina e por sua coragem de desafiá-lo, não lhe desferiu o golpe final, mas a deixou ali presa na parede de tijolos. O homem digno de poderio puxou uma cadeira, tomou Excalibur em suas mãos e a lustrava enquanto admirava seu premio na parede. A estatua de Atena parecia chorar no canto, mas era somente reflexo das luzes do lugar.


------------------------------ MAPA ATUALIZADO ------------------------------
Mapa: https://redcdn.net/ihimg/a/img836/7812/mazeii.jpg
Siga pelas lacunas até chegar num dos espaços propostos, ou pelo meio do caminho se assim desejar. A aventura é sua e delegue suas tarefas de acordo com sua criatividade. O importante é: Indicar na sua postagem, onde você se encontra, mostrando por onde percorreu. Use algum programa para indicar o caminho. Se não houver indicação alguma, sua próxima postagem estará anulada.  ^^

------------------------------ JOGO ------------------------------

Descobrir a Identidade do Rei Para Frida, Sophie e Oliver
1-) Nome = ok
2-) Espécie = ok
3-) Parental = ok
4-) História de Vida?

------------------------------ DANOS ------------------------------
FRIDA   140/140 HP  140/140 MP

OLIVER   90/110 HP  110/110 MP

SOPHIE   80/100 HP  100/100 MP - Desmaiada até que poste

CECILIA   90/110 HP 90/110 MP  - Desmaiada até que poste

CAIN   30/100 HP   50/100 MP - Desmaiado até que poste

------------------------------ OPONENTE ------------------------------
TEIRESIAS 100/100 HP 800/1000 MP Para Cain
ARTHUR 320/320 HP 400/500 MP Para Cecilia


^^:

Ps1: qualquer dúvida, me mande uma MP
Ps2: Faça uma boa narração. sem erros abruptos, se teu texto for mal escrito e cheio de heroísmo, será penalizado. Não me dê motivo para MATA-LO


★ Call me Hypnos, the Sleeper and Dreams's Keeper ★
Sleep is always a dream, don't you think?

credits @
avatar
Hipnos
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 858
Pontos : 1103
Data de inscrição : 23/01/2012
Localização : Rio Lethe

Ficha do personagem
HP:
999999/999999  (999999/999999)
MP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://lrfl.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Cecilia J. Fernandéz em Qua Jun 19, 2013 5:09 pm


 
But on a Wednesday in a cafe

I watched it begin again!

♥ ------------------  And you throw your head back laughing Like a little kid I think it's strange that you think I'm funny cause He never did I've been spending the last 8 monthsmThinking all love ever does Is break and burn and end But on a Wednesday in a cafe I watched it begin again.... --------------------------------- ♥


O golpe me pegara desprevenida, admito, porém não iria me deixar abater por isto. Com dificuldade, me ergui e peguei o cajado ao invés das tonfas. Antes de realizar algum movimento, fiz um movimento com a mão para avisa-lo que iria ataca-lo, pois eu acreditava em combates justos e não seria respeitoso com um rei atacar em uma luta "justa" quando ele estava "desprevenido". Concentrei minha energia e usei a Magia de Ar para me impulsionar para frente usando uma ventania pequena. Guardando o cajado pouco após, iria me preparar para acerta-lo com um soco. Aparentemente, iria atingir o estomago dele com o soco, porém meu plano era, em cima da hora, mudar a direção do ataque para acertar o golpe sob o queixo dele para causar danos maiores.

Poderes e Habilidades:
ᖤ Magiologia I: Por passar todo o tempo com Circe, atoladas de livros e poções, as feiticeiras possuem um certo conhecimento em relação a magias e encantamentos, assim como alguns monstros e poções.
ᖤ Pericia com Cetro: As feiticeiras recebem um cajado/cetro ao juntarem-se a Circe, e criam uma grande afinidade com esta arma, sabendo lutar muito bem com cetros/cajados ou armas parecidas, como bastões ou lanças de caráter mágico conjuratório.
ᖤ Resistência Mágica: Assim como as caçadora recebem a bênção de Ártemis ao se juntar à Caçada, as Feiticeiras recebem a Bênção de Circe, que lhes garante maior resistência contra ataques mágicos, assim como a favor deles, de forma que elas precisam gastar menos energia do que semideuses normais ao lançar uma magia, feitiço ou usar os poderes de seu pai/mãe divino.
ᖤ Tenacidade Física: Filhos de Hefesto possuem grande resistência física, algo justificado pelo tempo nas forjas que exigem intenso serviço físico. Isso faz com que sejam mais resistentes na hora de sofrer impactos, danos e ferimentos e diminui a velocidade com que a fadiga chega, os danos causados por uma pancada são realmente menores neles do que em outros seres. 
ᖤ Magia do Ar: Você tem um leve controle sobre o ar, podendo fazer pequenas ventanias. (Usado para pegar impulso)
ᖤ Punhos Firmes: O filho de Hefesto pode concentrar a energia em seus punhos, isto somado a sua força privilegiada faz com que o fruto do deus das forjas possa desferir socos extremamente potentes capazes de causar grandes impactos e uma destruição equivalente a um soco natural de um filho de Héracles. [Custo: 04 MP.]
 
Armas e Equipamentos:
- Dualpact [Par de tonfas retráteis feitas de vibranium, cada qual possui uma abertura em uma de suas extremidades e por estas podem ser lançados tiros de fogo. Ao comando se tornam duas luvas indestrutíveis de couro negras com dedos expostos]{By Hefesto}
- Nirvana: Cajado feito de ouro que permite o uso das habilidades das feiticeiras, sem ele, os poderes ativos não funcionam. Em sua ponta, há diversas espécies de lancetas com pequenos cristais pendurados, como um sino de vento. Ao chacoalhar, ele brilha intensamente e o barulho lembra um chiado de Medusa. {by Circe}
- Tarot Deck: Um baralho contendo as cartas de tarô, estas a serem usadas, ajudam a feiticeira na hora de tomar uma decisão sobre o futuro, o caminho que deve seguir e por ai vai. O narrador pode alterar sua narração por até 3 vezes, se a predição da feiticeira for boa ou convincente. {by Circe}



Tags: Nothing ----------  Music: Back to December - Taylor Swift ----------  Notes: I gonna bad romance ♪


Thanks Paam WE
avatar
Cecilia J. Fernandéz

Mensagens : 32
Pontos : 36
Data de inscrição : 01/01/2013

Ficha do personagem
HP:
110/120  (110/120)
MP:
110/120  (110/120)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Frida Forestiere em Qui Jun 20, 2013 1:28 pm

Parece que a tentativa de Oliver não foi bem sucedida. O garoto logo soltava fumaça, assim como Sophie. Fiquei um pouco feliz em saber que ele me achava inteligente, mas era uma pena eu não ter mais nada para falar no momento. Corona queria jogar, queria testar nossa mente e eu já estava ficando aflita, deveria falar algo que ainda não foi falado por eles, o que era difícil. Comecei a conversar com ele.


- Bom, você é filho de Hera e por isso ela é protege esse lugar, a casa de Leão.-Sorri.- Você só existe por um simples fato.- Suspirei e apoiei meu cotovelo nos braços da cadeira e entrelacei meus dedos. Fitei um pouco o chão e volte meu olhar para ele. - Ciúmes. - Respirei fundo e não sabia mais o que falar naquele momento.



Frida Forestiere
Desejo a todas inimigas vida longa

thank you, thay.
avatar
Frida Forestiere
Filhos de Deméter
Filhos de Deméter

Mensagens : 414
Pontos : 413
Data de inscrição : 13/01/2012
Idade : 25

Ficha do personagem
HP:
140/140  (140/140)
MP:
140/140  (140/140)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Hipnos em Qui Jun 20, 2013 2:10 pm

Labirinto de Perguntas
parte II

FRIDA e OLIVER
Frida arrisca um palpite. O deus balança a mão e sorri. Dá uma piscadela e uma faulha azulada circunda o corpo da caçadora, eletrizando seu corpo de forma devagar e intensa. Não era um relâmpago de poder, mas mesmo assim um choque consideravelmente poderoso - Muito vago! - exclamou e gradativamente aumentou a voltagem do choque de alerta - Seja mais clara quando der sua resposta final! - alertou

Corona estava insatisfeito. Os outros semideuses estavam emudecidos e caladinhos demais. O deus entediado lança um raio azul que transpassa a filha de Hipnos. A menina morre no ato e Oliver desmaia com o cheiro de carne humana assada. A divindade estala os dedos e faz o corpo da garota sonolenta sumir. As servas reaparecem para lhe fazer uma massagem nos pés e lhe servirem outro drink. 

CECILIA
A menina voltara de seu inconsciente, pronta para tentar revidar. Cordialmente ela chamou atenção do rei Arthur para um novo embate. Ele sacou a espada e, dessa vez, apenas a segurou de lado, esperando que a menina fizesse algo. Cecilia muito esperta, avança velozmente e investe um soco no abdômen do rei. Ele nem se mexe, deixando que o soco seja eficaz. Porem, para a surpresa da feiticeira, o homem parece nem ter sentido o efeito do golpe - Antigamente as bruxas eram mais fortes - comenta e ergue Excalibur. 

No mesmo instante a garota coloca seu plano B em ação. Um golpe firme e poderoso no queixo de Arthur. o rei lendário tem sua coroa arrancada de sua cabeça. Seus cabelos negros voam em seu rosto e um jato de sangue mancha a parede de tijolos. os olhos dourados do homem estão arregalados e um fio vermelho escorre pelo canto de sua boca. A menina se afasta com um sorriso vencedor, mas sabe que a batalha ainda não chegou ao fim - Parabéns... - indagou Arthur limpando o rosto. Ele arrumou os cabelos e ergueu a espada no alto da cabeça. Cecilia tinha que se preparar pro terceiro round. 

CAIN - Resumo dos fatos
O campista se encontrava caído diante do grande portal de Aries. Este é protegido por um servo de Atena chamado Teiresias. O homem ruivo vislumbrava as flores chovendo pela floresta que circundava o labirinto. Seus cabelos vermelhos flutuavam numa brisa suave e seus olhos perdidos, buscavam respostas nas pétalas que dançavam no ar. Seu corpo estava sendo sustentado por um cajado seco, porem com flores brotando em seu topo. 

------------------------------ MAPA ATUALIZADO ------------------------------
Mapa: https://redcdn.net/ihimg/a/img836/7812/mazeii.jpg
Siga pelas lacunas até chegar num dos espaços propostos, ou pelo meio do caminho se assim desejar. A aventura é sua e delegue suas tarefas de acordo com sua criatividade. O importante é: Indicar na sua postagem, onde você se encontra, mostrando por onde percorreu. Use algum programa para indicar o caminho. Se não houver indicação alguma, sua próxima postagem estará anulada.  ^^

------------------------------ JOGO ------------------------------

Descobrir a Identidade do Rei Para Frida, Sophie e Oliver
1-) Nome = ok
2-) Espécie = ok
3-) Parental = ok
4-) História de Vida?

------------------------------ DANOS ------------------------------
FRIDA   135/140 HP  140/140 MP 

OLIVER   90/110 HP  110/110 MP - Desmaiado até que poste

CECILIA   90/110 HP 81/110 MP 

CAIN   30/100 HP   50/100 MP - Desmaiado até que poste

------------------------------ OPONENTE ------------------------------
TEIRESIAS 100/100 HP 800/1000 MP Para Cain
ARTHUR  290/320 HP 400/500 MP Para Cecilia


^^:

Ps1: qualquer dúvida, me mande uma MP
Ps2: Faça uma boa narração. sem erros abruptos, se teu texto for mal escrito e cheio de heroísmo, será penalizado. Não me dê motivo para MATA-LO


★ Call me Hypnos, the Sleeper and Dreams's Keeper ★
Sleep is always a dream, don't you think?

credits @
avatar
Hipnos
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 858
Pontos : 1103
Data de inscrição : 23/01/2012
Localização : Rio Lethe

Ficha do personagem
HP:
999999/999999  (999999/999999)
MP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://lrfl.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Convidado em Qui Jun 20, 2013 9:39 pm






Killin

It


Prensei os dedos na mesa e então senti o estrondo sacudindo a casa de leão e em poucos segundos a descarga desceu pelo meu corpo me sacudindo todo, tentei me segurar por algum tempo mas parecia que a carga elétrica descia e derretia meu cérebro me deixando sem controle total dos meus movimentos.
Assim acabei caindo no chão e fiquei lá sendo eletrocutado até o castigo de Corona acabar.

Demorei um pouco até recuperar os sentidos mas estão voltei a escutar a voz de Frida, ainda era muito vago mas consegui escutar o suficiente para entender que ela estava sendo castigada por alguma resposta errada que dera.
Tentei me levantar e quando estava quase voltando a cadeira vejo um clarão atravessar a garota que estava na cadeira ao lado, e quando o clarão passou Sophie já não estava mais viva.
Aquilo me deixou quase vesgo e meu estomago começou a ficar embrulhado ao sentir o cheiro de cérebro tostado que estava bem ao meu lado, talvez eu fosse fresco para essas coisas, mas então acabei voltando ao chão e ficando mais tonto do que antes.


tagged: SUAS TAGS ✖ listening: MUSICA by ARTISTA ✖ tks, clumsy!


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Frida Forestiere em Sex Jun 21, 2013 11:39 am

Assim que joguei as palavras ao vento, me arrependi um pouco. Logo meu senti meu corpo eletrizado e meus pelos eriçados. Fechei os olhos e respirei fundo, suportando a dor que percorria meu corpo. Precisava ser mais clara, mas o quão mais claro? Tinha certo medo de falar com muita clareza e depois sofrer consequências piores. Quando decidi entrar nessa missão, sabia que não seria fácil e que corria o risco de até mesmo não voltar, como a campista Sophie, que agora virou pó e o outro que não conheço que passou antes por aqui.


Engoli seco e organizei minhas ideias. Voltei o olhar para as servas dele e sorri. Balancei a cabeça e olhei para Corona.-Majestade Corona é filho de Hera, fruto do ciúmes, por isso é Deus da inveja. Hera por ser a deusa do matrimonio, com medo de uma possível separação de Zeus, já que ela o teve sozinha, o confinou aqui no labirinto e protege esse lugar. - Respirei e continuei. -Todos sabem que Hera é extremamente ciumenta e como dito anteriormente, uma notícia dessa derrubaria o Olimpo, causando um grande impacto no casamento do grande poderoso Zeus com Hera e consequentemente poderia ocorrer brigas e discórdias.



Frida Forestiere
Desejo a todas inimigas vida longa

thank you, thay.
avatar
Frida Forestiere
Filhos de Deméter
Filhos de Deméter

Mensagens : 414
Pontos : 413
Data de inscrição : 13/01/2012
Idade : 25

Ficha do personagem
HP:
140/140  (140/140)
MP:
140/140  (140/140)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Hipnos em Dom Jun 23, 2013 9:24 pm

Labirinto de Perguntas
parte II

FRIDA e OLIVER
Corona olhou surpreso para a menina de Deméter. Seus olhos se encheram de um azul elétrico e faiscante, como se alguém ligasse algo na tomada. Ele estalou os dedos e fogos de artifício estouraram do lado de fora do palacete de leão. As servas do deus fizeram uma reverencia educada e estouraram duas garrafas de champanhe. A musica aumentou repentinamente de volume, ficando tão alto quanto a primeira vez que entraram ali. Uma musica animada, forte e alegre com um ritmo viciante. O deus deu uma piscadinha para a caçadora - Impressionado com a sua desenvoltura garota - comentou a divindade. Ele pegou dois copos de champanhe e ofereceu aos garotos. 

Uma chuva fina de confetes também os assolou por completo. O homem de coroa foi até seu baú de riquezas e trouxe algo embrulhado num pano de seda branco. Caminhou com cuidado até Frida e lhe deu o que trazia. A garota abriu o pano e viu um pedaço de espelho. Enquanto ela admirava, Corona trovejou e um relâmpago azul claro, da cor de seus olhos e deu um choque no garoto de nome Oliver. Entretanto o choque não era ofensivo apesar de deixar o menino de Éris com palpitações. O menino sentiu-se restaurado e forte - Vão precisar estar com saúde para o restante desse labirinto e - começou a dizer - tenho um mapa reserva aqui comigo. O garoto que acabei matando deixou aqui - Completou dando o mapa para Oliver.Corona também deu um choque na caçadora.

As portas foram destravadas, liberando assim, duas saídas. A questão era saber se os semideuses iriam seguir juntos ou separados no desbravamento do labirinto - Não tenham pressa ao sair. A vida é uma festa, fiquem mais um pouco se quiserem - exclamou o deus caindo no trono bebendo uma garrafa de vodka pura - Mais uma coisa Frida - chamou atenção - Como você foi a melhor no jogo que propus, quero que fique com isso - Corona lampejou os dedos e ao redor dos pulsos da menina uma pulseira de vidro, contendo uma eletricidade fulminante  dentro de si, alojou-se - Se precisar de ajuda em sua missão, basta pensar em mim - Comentou e voltou a farrear com suas concubinas. 

CECILIA
A menina voltara de seu inconsciente, pronta para tentar revidar. Cordialmente ela chamou atenção do rei Arthur para um novo embate. Ele sacou a espada e, dessa vez, apenas a segurou de lado, esperando que a menina fizesse algo. Cecilia muito esperta, avança velozmente e investe um soco no abdômen do rei. Ele nem se mexe, deixando que o soco seja eficaz. Porem, para a surpresa da feiticeira, o homem parece nem ter sentido o efeito do golpe - Antigamente as bruxas eram mais fortes - comenta e ergue Excalibur. 

No mesmo instante a garota coloca seu plano B em ação. Um golpe firme e poderoso no queixo de Arthur. o rei lendário tem sua coroa arrancada de sua cabeça. Seus cabelos negros voam em seu rosto e um jato de sangue mancha a parede de tijolos. os olhos dourados do homem estão arregalados e um fio vermelho escorre pelo canto de sua boca. A menina se afasta com um sorriso vencedor, mas sabe que a batalha ainda não chegou ao fim - Parabéns... - indagou Arthur limpando o rosto. Ele arrumou os cabelos e ergueu a espada no alto da cabeça. Cecilia tinha que se preparar pro terceiro round. 

CAIN - Resumo dos fatos
O campista se encontrava caído diante do grande portal de Aries. Este é protegido por um servo de Atena chamado Teiresias. O homem ruivo vislumbrava as flores chovendo pela floresta que circundava o labirinto. Seus cabelos vermelhos flutuavam numa brisa suave e seus olhos perdidos, buscavam respostas nas pétalas que dançavam no ar. Seu corpo estava sendo sustentado por um cajado seco, porem com flores brotando em seu topo. 

------------------------------ MAPA ATUALIZADO ------------------------------
Mapa: http://img19.imageshack.us/img19/6778/d75r.jpg
Siga pelas lacunas até chegar num dos espaços propostos, ou pelo meio do caminho se assim desejar. A aventura é sua e delegue suas tarefas de acordo com sua criatividade. O importante é: Indicar na sua postagem, onde você se encontra, mostrando por onde percorreu. Use algum programa para indicar o caminho. Se não houver indicação alguma, sua próxima postagem estará anulada.  ^^

------------------------------ JOGO ------------------------------
PARA TODOS: Recolher os pedaços de espelho
Frida - 1
------------------------------ DANOS ------------------------------
FRIDA   140/140 HP  140/140 MP 

OLIVER   110/110 HP  110/110 MP - Desmaiado até que poste

CECILIA   90/110 HP 81/110 MP 

CAIN   30/100 HP   50/100 MP - Desmaiado até que poste

------------------------------ OPONENTE ------------------------------
TEIRESIAS 100/100 HP 800/1000 MP Para Cain
ARTHUR  290/320 HP 400/500 MP Para Cecilia

------------------------------ RECOMPENSA ------------------------------
FRIDA {Ambrosia que restaura HP/MP por completo + Mapa + Pulseira de Vidro}
OLIVER {Mapa}




^^:

Ps1: qualquer dúvida, me mande uma MP
Ps2: Faça uma boa narração. sem erros abruptos, se teu texto for mal escrito e cheio de heroísmo, será penalizado. Não me dê motivo para MATA-LO


★ Call me Hypnos, the Sleeper and Dreams's Keeper ★
Sleep is always a dream, don't you think?

credits @
avatar
Hipnos
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 858
Pontos : 1103
Data de inscrição : 23/01/2012
Localização : Rio Lethe

Ficha do personagem
HP:
999999/999999  (999999/999999)
MP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://lrfl.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Frida Forestiere em Ter Jun 25, 2013 7:27 pm

Era possível ouvir fogos estourando do lado de fora. Não sabia se sorria ou se ficava com cara de abobada quando uma música muito alta começou a tocar e deu uma agitada por dentro.  Corona veio com duas taças de espumante em minha direção e de Oliver. Como uma boa “convidada” aceitei a bebida e fiz sinal de brinde e beberiquei. A casa de leão estava em festa e o deus muito animado com o desfecho. Corona voltou de seu precioso baú com algo em suas mãos, algo embrulhado e me entregou. Curiosa abri e observei que era um pedaço de espelho. Curiosa continuei a observar o que tinha em mãos e logo senti uma energia eletrizante tomando contado do meu corpo. Poderia sair pulando ali, estava totalmente  recarregada. Sorri para o garoto que estava ótimo e intacto ao meu lado e segurando um mapa igual ao meu.

O filho de Hera nos convidou para a festa, mas eu sabia que não deveria perder muito tempo com isso e que algumas coisas dependiam de mim e dos outros campistas, que particularmente eu não sabia o que estava acontecendo com eles. Lembrei-me de Cain, será que ainda estava desmaiado na entrada do labirinto. Voltei dos meus pensamentos quando Corona disse que tinha algo para mim e que quando precisasse era só pensar nele. Sorri e agradeci o presente. - Obrigada Corona! - Sorri e passei os dedos na pulseira. Voltei meu olhar para a majestade. - Foi um prazer conhece-lo, mas preciso desbravar esse labirinto e quem sabe encontrar os outros campistas!- Olhei para Oliver que admirava as duas mulheres ao lado de Corona.-Obrigada pelo presente!- Tomei o último gole da bebida e coloquei a taça na mesa. Caminhei até a porta que finalmente estava aberta.  Oliver estava próximo. Não sabia se o garoto iria querer continuar o caminho comigo ou não. Se ele quisesse, seria bem vindo, caso contrário não iria fazer falta. Olhei para ele e falei. - Oliver se quiser continuar o labirinto comigo, pode vir, caso contrário, boa sorte!- Arqueei as sobrancelhas e ainda antes de sair completamente. Voltei meus olhos para Corona e falei um tanto quanto alto, devido à música muito alta. - Foi uma honra jogar com você!- Pisquei e sai.

Guardei o vidro embrulhado em um bolso de minha calça e abri o mapa para me localizar. Ainda não acreditava que havia saído com vida da casa de leão. Foi um jogo eletrizante. Sorri e fitei meus olhos para as casas existentes ainda. Resolvi caminhar pelo labirinto, talvez a casa mais, não sabia ainda quantos pedaços de espelho era necessário. Melhor caminhar aos poucos.  Enquanto caminhava pelo labirinto, como uma prole de Deméter, deixei meu cheiro pelo caminho que fiz, assim quando o garoto se decidir, poderá me encontrar facilmente e assim também ajuda na minha própria localização. Foi um caminho longo e árduo, tive que voltar até o inicio, pois não havia outra saída, depois de muito andar, finalmente encontrei um portal.


Mapa:


->Poderes Passivos:

Perfumado - Consegue atrair pessoas e monstros, até seu encontro. Assim você pode fazer uma emboscada. Ou até mesmo, marcar território, como uma maneira de entrar num lugar, e se orientar para sair do mesmo.



Frida Forestiere
Desejo a todas inimigas vida longa

thank you, thay.
avatar
Frida Forestiere
Filhos de Deméter
Filhos de Deméter

Mensagens : 414
Pontos : 413
Data de inscrição : 13/01/2012
Idade : 25

Ficha do personagem
HP:
140/140  (140/140)
MP:
140/140  (140/140)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Convidado em Sex Jun 28, 2013 10:25 pm






First

ROUND


Tapei os ouvidos rapidamente tentando anular o som alto que se misturava com alguns fogos de artifícios, não conseguia vê-los mas o som os revelava.
Me reergui e voltei a mesa com o cérebro um pouco lento, mas então senti mais uma carga elétrica percorrer meu corpo, só que dessa vez o efeito que me fazia era bom e quando dei por mim senti meu corpo todo revigorado, e pronto para qualquer luta.
Tinha perdido algumas partes, mas claramente Frida havia resolvido todo o problema praticamente sozinha e se é que ser filho da Discórdia me permitia alguma honra, eu a devia um grande favor agora.

Corona parecia realmente feliz de estar ali, o rei festejava conosco e suas servas, enquanto entregava algumas coisas a Frida, isso me deu tempo para colocar meus pensamentos em ordem, então sacudi a cabeça e olhei o mapa que tinha recebido, claro, só tinha recebido o mapa... Corona não devia presentear quem desmaia o jogo todo, a não ser com uma carga elétrica tão forte que mate alguém.

A garota de Démeter nos deixou ali por um tempo então comecei a olhar o mapa a fio, apesar que tinha recebido o convite de Frida para seguir com ela.
Me levantei da cadeira e acenei para Corona em sinal positivo enquanto disfarcei um sorriso.
-De qualquer jeito, foi um prazer...
E então deixei a casa de leão enquanto perseguia o aroma que Frida havia deixado para meu auxilio.
Mais uma vez eu devia a garota por ter me ajudado a traçar um perfeito caminho, já que o aroma deixava tudo inconfundível e quando dei por mim estava prestes a entrar em outra casa, respirei fundo e olhei o mapa, era a casa de touro!


tagged: SUAS TAGS ✖ listening: MUSICA by ARTISTA ✖ tks, clumsy!



Spoiler:



Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Hipnos em Sab Jun 29, 2013 6:31 am

Labirinto de Perguntas
parte II

FRIDA e OLIVER
Frida foi a primeira a tomar iniciativa e sair da casa de leão. O menino de Éris, percebendo que estava ficando para trás, sai as pressas da festa e segue a trilha perfumada deixada pela caçadora de Ártemis. Um cheiro tão bom e fácil de trilhar que nem precisava de mapa para rastrear. seus pés corriam e viravam curvas e muros como se fosse um GPS ambulante. O garoto chegou até a entrada do templo, local onde ele nem havia estado antes e virou a direito num súbito impulso. Depois de umas quebradas, Oliver encontra Frida encarando uma porta sólida de aço. Porem, poderia ser de titânio ou qualquer outro material bem resistente. Era tipo aquelas portas que guardavam o dinheiro dos bancos. Parecia ser super maciça e grossa. Diferente do portão de Leão, esta porta estava lacrada e ao lado tinha uma espécie de sistema de segurança. Um teclado com números, como se fosse um celular ou telefone e, uma trava de cartão. Logo concluirão que: Se não tivessem um cartão de membro, teriam que digitar uma espécie de senha. Mas qual senha?
Voltando as atenções para a trava de segurança, ou seja, a porta de entrada, puderam notar em alto relevo pequenas estrelas circulando e formando desenhos ao redor do simbolo de Touro. Um circulo com chifres. Em alguns momentos as estrelas brilhavam aleatoriamente, transforando a porta numa espécie de céu noturno. 

CECILIA
A menina voltara de seu inconsciente, pronta para tentar revidar. Cordialmente ela chamou atenção do rei Arthur para um novo embate. Ele sacou a espada e, dessa vez, apenas a segurou de lado, esperando que a menina fizesse algo. Cecilia muito esperta, avança velozmente e investe um soco no abdômen do rei. Ele nem se mexe, deixando que o soco seja eficaz. Porem, para a surpresa da feiticeira, o homem parece nem ter sentido o efeito do golpe - Antigamente as bruxas eram mais fortes - comenta e ergue Excalibur. 

No mesmo instante a garota coloca seu plano B em ação. Um golpe firme e poderoso no queixo de Arthur. o rei lendário tem sua coroa arrancada de sua cabeça. Seus cabelos negros voam em seu rosto e um jato de sangue mancha a parede de tijolos. os olhos dourados do homem estão arregalados e um fio vermelho escorre pelo canto de sua boca. A menina se afasta com um sorriso vencedor, mas sabe que a batalha ainda não chegou ao fim - Parabéns... - indagou Arthur limpando o rosto. Ele arrumou os cabelos e ergueu a espada no alto da cabeça. Cecilia tinha que se preparar pro terceiro round. 

CAIN - Resumo dos fatos
O campista se encontrava caído diante do grande portal de Aries. Este é protegido por um servo de Atena chamado Teiresias. O homem ruivo vislumbrava as flores chovendo pela floresta que circundava o labirinto. Seus cabelos vermelhos flutuavam numa brisa suave e seus olhos perdidos, buscavam respostas nas pétalas que dançavam no ar. Seu corpo estava sendo sustentado por um cajado seco, porem com flores brotando em seu topo. 

------------------------------ MAPA ATUALIZADO ------------------------------
Mapa: http://img19.imageshack.us/img19/6778/d75r.jpg
Siga pelas lacunas até chegar num dos espaços propostos, ou pelo meio do caminho se assim desejar. A aventura é sua e delegue suas tarefas de acordo com sua criatividade. O importante é: Indicar na sua postagem, onde você se encontra, mostrando por onde percorreu. Use algum programa para indicar o caminho. Se não houver indicação alguma, sua próxima postagem estará anulada.  ^^

------------------------------ JOGO ------------------------------
PARA TODOS: Recolher os pedaços de espelho
Frida - 1
PARA FRIDA E OLIVER: Descobrir a senha de 9 dígitos. 
------------------------------ DANOS ------------------------------
FRIDA   140/140 HP  140/140 MP 

OLIVER   110/110 HP  110/110 MP 

CECILIA   90/110 HP 81/110 MP - Desmaiada até que poste

CAIN   30/100 HP   50/100 MP - Desmaiado até que poste

------------------------------ OPONENTE ------------------------------
TEIRESIAS 100/100 HP 800/1000 MP Para Cain
ARTHUR  290/320 HP 400/500 MP Para Cecilia

------------------------------ RECOMPENSA ------------------------------
FRIDA {Ambrosia que restaura HP/MP por completo + Mapa + Pulseira de Vidro}
OLIVER {Mapa}




^^:

Ps1: qualquer dúvida, me mande uma MP
Ps2: Faça uma boa narração. sem erros abruptos, se teu texto for mal escrito e cheio de heroísmo, será penalizado. Não me dê motivo para MATA-LO


★ Call me Hypnos, the Sleeper and Dreams's Keeper ★
Sleep is always a dream, don't you think?

credits @
avatar
Hipnos
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 858
Pontos : 1103
Data de inscrição : 23/01/2012
Localização : Rio Lethe

Ficha do personagem
HP:
999999/999999  (999999/999999)
MP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://lrfl.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Frida Forestiere em Sab Jun 29, 2013 12:46 pm

Depois de muito andar, finalmente me deparava com a porta de touro. Aquele lugar me arrepiava me lembrava de lugares mafiosos, não sei ao certo. O ambiente era extremamente diferente da onde eu acabara de sair. Uma porta com sistema de segurança impedia que eu entrasse no lugar. Era muito moderno e até parecia com aquelas portas de banco. Observei de canto que era necessário um cartão e alguns dígitos. Cocei minha nuca e me afastei um pouco da porta, sem querer trombando em alguém. Virei-me armada, pronta para atacar, mas percebi que era Oliver. Suspirei um tanto quanto aliviada. - A... É você! Quase perdeu a cabeça agora. - Sorri e olhei para a porta. Levei minha mão até o queixo e fiquei observando, havia estrelas em alto relevo.

Por um momento vi o desenho de um circulo com chifres. Olhei empolgada para o garoto. - É um jogo de senha utilizando luz! - Apontei para a porta. - Observe, forma um chifre em volta do desenho de touro, e aquilo no meio pode ser a fechadura. - Prendi meu cabelo e respirei fundo. O que eu havia dito não fazia sentido nenhum mais. Cocei minha cabeça e fitei por um tempo o garoto que observava a porta. Não era tão fácil como havia pensado, mas também não era impossível de fazer. Talvez tentar fosse à solução. - Temos que digitar a senha correta, que é de 9 dígitos. Pensa comigo, um circulo com chifres. Circulo representa o zero. Um animal tem apenas dois chifres, ou seja, número dois. Quando as estrelas piscaram aleatoriamente, apenas uma brilhou mais forte, que representa o número 1.- Parei e respirei.- Cada coisa que aparece representa um número! Não sei se consegui explicar corretamente como pensei tudo isso.

Às vezes tenho meu momento e começo a falar do nada e consigo descobrir coisas do nada. Não sei se tinha deixado claro para ele como havia chegado naqueles números, não era difícil, mas também necessitava de muita atenção. Espero que ele tenha ideia de alguma coisa e espero ter pelo menos chegado perto de algo. Estava um pouco confusa.



Frida Forestiere
Desejo a todas inimigas vida longa

thank you, thay.
avatar
Frida Forestiere
Filhos de Deméter
Filhos de Deméter

Mensagens : 414
Pontos : 413
Data de inscrição : 13/01/2012
Idade : 25

Ficha do personagem
HP:
140/140  (140/140)
MP:
140/140  (140/140)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LABIRINTO DE PERGUNTAS II

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 11 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 9, 10, 11  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum