MvP - Lexi contra o Cão

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

MvP - Lexi contra o Cão

Mensagem  Macária em Qua Jun 19, 2013 6:37 pm

A noite estava calmo. Semideuses proles de Ares realizavam suas rotinas matinais: Procurar briga pra ter algum motivo de sair na mão com alguém. Os filhos de Atena, alguns ficavam lendo, outros estavam treinando como os outros semideuses. Lexi, uma filha de Poseidon e uma aventureira nata, decidiu caminhar para fortalecer os pulmões e as pernas. A floresta, escura e úmida, refletia bem pouco a luz do luar, e se tinha um problema naquilo, era que quanto mais ela caminhava, sem perceber estava bastante distante. A floresta já se tornara escura e densa a ponto da luz da lua ser praticamente rarefeita, ainda mais a noite. Tudo silencioso, aflito... Os sons se tornavam mais agudos, assim como os batimentos da semideusa. Seu coração estava acelerado por estare naquele local, e uma sombra passou por trás delas. A semideusa se virou, e ouviu um rosnado. Das sombras, surgiu um cão infernal, do tamanho de um rinoceronte, babando e encarando a semideusa com raiva. Ela teria que agir rápido, ou ela poderá morrer.

Lexi: HP: 100/100 / MP: 100/100


Cão Infernal HP: 200/200

Regras:
Tem 48 horas pra postar, mas se tiverem no chat peço que não evitem de postar, por que se eu ver que não postaram mas estavam no chat, vão perder um membro.
Erros de português grotescos não serão perdoados, então caprichem.
Mínimo de 10 linhas, apresentem no final do post os equipamentos levados (uma arma e um item defensivo) e os poderes usados em spoiler.
Não é permitido o uso de mascotes, e vocês estão "sozinhos" a partir de agora.
Narrem o que fazia antes de decidir ir pra floresta e boa sorte.

Macária
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 12
Pontos : 20
Data de inscrição : 03/11/2012

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MvP - Lexi contra o Cão

Mensagem  Annia van Bartz em Qua Jun 19, 2013 8:11 pm



                     Enemy from the shadows!


Seus olhos estavam fehcados. Seu corpo repousava sobre uma pedra onde as ondas do mar se quebravam e cujas gotículas respingavam da jovem. Sua mente viajava para outros lugares. Seu coração relembrava outras pessoas que, infelizmente, não faziam mais parte da sua vida, do seu mundo e da sua nova casa, o Acampamento Meio-Sangue. O poder que a água exercia sobre ela a deixava bastante tranquila e feliz.

Abriu os olhos, respirou fundo e se sentou. A alegria estava explícita em seu rosto, estava sorrindo. A sua frente via o sol se pondo. Raras eram às vezes em que conseguia avistar uma paisagem tão linda, o céu em uma tonalidade alaranjada, a água cristalina brilhando e a imagem do sol se “escondendo” no horizonte.  O dia estava, sem dúvida, perfeito, pelo menos até aquele momento. A temperatura estava amena, nem muito frio, nem muito quente, uma leve brisa circulava o ambiente, deixando-o bastante refrescado, além de ser responsável por bagunçar levemente seus cabelos.

Por ali ficou por um bom tempo. Viu a praia se esvaziando aos poucos e o céu escurecendo, a lua e as estrelas tomarem seus devidos lugares e exibiam suas belezas. Não parava de pensar, em por um segundo em tudo que lhe vinha acontecendo, em todas as perdas que tivera; em todos os problemas e sofrimentos, porém as coisas boas, as alegrias, os momentos de quando ainda tinha uma família de verdade, também estavam voltando, mesmo que em um grau menor.

As águas se acalmaram, já não havia mais ondas. ”Já estava ficando tarde. Acho melhor ir andando.” E assim fez. Levantou-se, pegou seu escudo, que estava do seu lado, e o colocou no braço, sempre saia do chalé armada, afinal era uma semideusa e não sabia o que poderia encontrar durante o dia. Resolveu que iria dar mais uma volta pelo acampamento e iria voltar para o seu chalé. Caminha devagar, atenta a todos os movimentos que ocorriam à sua volta. Estava quase terminando o seu tour, quando se depara com a grandiosidade da floresta, bem a sua frente.

Sabia que era perigoso, porém contava com as suas duas principais armas, que carregava desde cedo, sua espada, que estava em formato de um colar com um pingente de gota d’água e seu escudo, que estava preso em seu braço. Tinha a consciência de que não adentrar na floresta, porém alguma coisa parecia que estava lhe empurrando para aquele lugar. Quando se deu por si, já estava por entre as árvores.  Sentia a diferença na temperatura e umidade, a floresta era bem mais úmida e fria, além de ser bem mais calma, escura e apavorante, isso não se tem como negar. Olhou para trás, já não via mais o local por onde havia entrado, deveria estar bem mais distante do que imaginava.

O silêncio era atormentador, todos os sons pareciam ser ampliados em mil vezes. Escutava-se sua respiração, o balançar dos galhos, os grunhidos dos animais eou monstros. Sua respiração estava ofegante, já seu coração, acelerado. Estava começando a ficar preocupada, segurou fortemente seu pingente. Não demorou muito para levar um leve susto, sentiu algo passando por trás dela. Sentiu um arrepio. Imediatamente se virou, seus olhos percorriam todo o ambiente, sabia que poderia estar encrencada, afinal, ela se encontrava no lugar mais perigoso do acampamento.

Ouviu um rosnado, entendeu então o quão encrencada estava. Não via nada no primeiro momento, porém não demorou a avistar um Cão Infernal saindo das sombras. Ele era grande, bem grande, babava como se estivesse com algum tipo de problema. Os seus olhos se encontraram com os da semideusa, ambos se encaravam por alguns segundos. Lexi puxou seu colar e o mesmo se transformou em uma espada, colocou o braço esquerdo, com o escudo, frente ao corpo, a espada  estava preparada para derramar gotas de sangue. Sabia que tinha que agir, porém não podia simplesmente avançar como uma louca, tinha um pingo de amor à vida,  não muito, mais tinha, então preferiu esperar, iria esperar o seu oponente tomar ação para poder agir em um contra-ataque.

Caso o cão viesse para cima da jovem, ela tentaria desviar para o lado direito e, com a lâmina da espada, desferir um golpe em formato de arco, de baixo para cima, com a intenção de acertar a parte do ombro e da lateral do pescoço da fera.  E em seguida voltaria para uma posição defensiva, sempre analisando bem seu oponente.

Armas Utilizadas:

- Espada Marinha: Espada feita com os mais diversos materiais encontrados nas profundezas do mar e envolta em algas marinhas especiais, é indestrutível. Devido as propriedades das algas, a cada golpe desferido torna a vitima mais lenta em seus movimentos, sendo que em demasia causa paralisia temporária. Torna-se um colar com pingente de gota d'água.

- Escudo Nethuns: Escudo inquebrável feito de safira totalmente liso e polido em formado circular, ao longo de sua circunferência há diversas fileiras regulares de pérolas. Quando necessário as pérolas adquirem o formato de dentes afiadíssimos de tubarão.
avatar
Annia van Bartz
Filhos de Poseidon
Filhos de Poseidon

Mensagens : 46
Pontos : 46
Data de inscrição : 09/01/2013
Idade : 21
Localização : Em busca do esquecimento da dor.

Ficha do personagem
HP:
95/120  (95/120)
MP:
110/120  (110/120)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MvP - Lexi contra o Cão

Mensagem  Macária em Sex Jun 21, 2013 12:32 pm

A semideusa Lexi criou uma boa estratégia. Seu golpe em forma de arco fez um perfeito corte, porém, no pescoço do cão [-60hp]. O cão ficou confuso e meio lento, mas não o suficiente para sumir nas sombras da floresta e atacar a garota no ombro, aonde estava o escudo [-40]. A garota estava em apuros, afinal não podia mais movimentar o braço com o escudo. Porém, tinha uma vantagem por o cão estar sob efeito da espada.



Lexi: HP: 60/100 / MP: 100/100


Cão Infernal HP: 140/200

Macária
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 12
Pontos : 20
Data de inscrição : 03/11/2012

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MvP - Lexi contra o Cão

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum