Ficha de Reclamação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ficha de Reclamação

Mensagem  Marshall Alexander Harvey em Qui Jul 25, 2013 12:20 am

Ficha de reclamação de
Marshall Alexander Harvey


NomeMarshall Alexander Harvey
Idade16 Anos, com aparência de 14.
ProgenitorQuione
MotivoA personalidade geral dos filhos de Quione, é a que mais se encaixa na minha personalidade. O gosto e resistência pelo frio também, sem dizer que o inverno é a minha estação favorita por causa do frio. O modo frio de agir, a capacidade de esconder os seus sentimentos, tudo bate, sem dizer que é a minha DEUSA favorita.
Progenitor mortalJulian Harvey, fora um assassino frio que serviu à Ordem dos Assassinos enquanto vivo. Cabelos negros e pele clara, que preferia agir em regiões onde o frio fosse predominante. Era um dos melhores assassinos, já que não importava a vítima, ele não ligaria para ela, por sua frieza. Foi assim que conheceu Quione, em um contrato.
Defeitos e qualidadesMarshall (Ou Marsh), é bem frio, como sua mãe. Consegue esconder seus sentimentos, mas não significa que os tenha. QUando ama alguém, é de verdade, e nunca se separa dessa pessoa, a não ser que essa não queira mais. É super protetor com quem ama, mas tem fobia de aranhas e insetos voadores.
Cidade natal e atualBoston - E.U.A, foi esse o local de seu nascimento. Não tem casa a não ser o acampamento.
HabilidadeSabe se orientar onde quer que esteja, e também coisas para sobreviver em locais afastado da civilização.
HistóriaO pai de Marshall era um assassino, um dos melhores da Ordem. Era extremamente frio, não se importava com suas vítimas nem mesmo em seu último suspiro, não tinha costume de ter amigos, isso era um empecilho em sua vida. Tudo o que importava, eram os seus contratos, e a guerra contra os Cavaleiros Templários. Em nenhum de seus contratos falhava, e foi em um deles que conheceu Quione. Foi numa taverna, na cidade de Boston, em 1925. Julian, tinha ido até lá para um contrato. Tinha dispensado o mensageiro da Ordem, e foi pessoalmente pegar o contrato. A mulher era linda. Jovem, de cabelos escuros e pele clara, atraente, que havia pedido à ele para assassinar um político importante da cidade de Alamut, no Irão, que não é útil citá-lo aqui. Após assinar o contrato, a mulher seduziu Julian. Talvez por diversão, ou sei lá. Ambos tiveram uma única noite juntos, e depois do contrato, a mulher desapareceu. Os contratos feitos com Julian eram certos de que seriam realizados, então não houve problemas em pagá-lo antes. Ele viajou para Alamut, em um navio, que demoraria um tempo até chegar no outro lado do mundo.

No navio, a mulher (Quione) estava lá. O observava de perto, mas disfarçada como uma das cozinheiras do navio. Sua comida não era das melhores, mas era tudo o que os marinheiros tinham. Ela estava grávida, sim, de Marshall. Julian nunca soube disso, mas enfim. Ambos chegaram em Alamut, e demorou cerca de 8 meses para que ele conseguisse finalizar o contrato. Sim, um tempo maior que o de costume, mas era um alvo bem difícil. Ele fazia parte de um trio com Ezio, Altäir e os três conseguiram executar o golpe e fugir. Voltando para Boston, no mesmo navio, uma tempestade horrível ocorreu.

O navio não conseguiu aguentar, e nem a tripulação ali, inclusive Julian, que morreu. Por mais que todo o esforço que os marinheiros fizeram tinha sido grande, não conseguiram sobreviver. A tempestade era realmente muito forte. Os trovões extremamente altos ali, os relâmpagos, tudo. Houve um momento, em que uma chuva de granizo começou, o que era estranho, já que aquela parte do Oceano não era fria. Todos morreram, no final das contas. Quione que também estava no navio, já com Marshall recém-nascido, não fez nada, e nem podia. Ela deixou o recém-nascido no mar, e isso fez com que a correnteza o levasse para o Alasca. Naquela época, não tinha tanta civilização ali. O bebê foi congelado, no exato meio de duas geleiras, por Quione. Era difícil para ela, ter que fazer isso com o filho, mas era o único jeito. Além da deusa ter deixado o seu filho ali, ela não queria que ele morresse. Era muito jovem para isso, nos seus pensamentos. Queria um jeito de preservá-lo, até uma época em que as coisas melhorassem. Foi assim que ela fez. A deusa da neve criou uma fina camada de gelo sob o corpo de Marshall, mas não era um gelo comum. Esse gelo não poderia ser derretido pelo mais poderoso fogo, quebrado pela marreta mais forte, e apenas poderia ser desfeito por Quione. Era um gelo mágico, no qual preservaria a aparência do bebê e também sua vida. Ele iria ficar congelado no tempo.

Décadas depois, a deusa retornou. Civilizações já tinham se formado, o avanço tecnológico de todo o mundo já era bem avançado, e com isso, trouxe a poluição. A poluição já tinha feito várias geleiras derreterem, e essa era a hora. A deusa voltou até o mesmo local onde havia deixado a criança, apesar de quase todo o gelo ali já ter sido derretido. Com um toque, Quione descongelou seu filho, o tirou da "prisão temporal" e o deixou ser levado pelo mar, isso era tudo o que ela podia fazer. Um casal de camponeses canadenses e pescadores o achou, e cuidaram do garoto como se fosse realmente seu filho. Ele cresceu ali, acompanhando todo o crescimento e desenvolvimento da cidade e do seu país. Ele não entendia muito bem o que ocorria ali. Na escola, não ia muito bem. Tinha brigas constantes, apesar de ficar quieto e ter uma serenidade acima do normal. Não conseguia ler direito, tinha dislexia e na sua mente, as coisas pareciam não ter sentido.

Depois de um dia de brigas na escola e em sua casa, fugiu sem saber para onde ia. Roubou uma canoa de seus "pais", com um pouco de comida e deixou ser levado pela correnteza. Parou na costa de Boston, uma cidade americana. Ele não queria mais brigar com ninguém, queria viver sozinho agora, e foi isso que fez. Ele se afastou da cidade grande, e foi morar em locais isolados, sozinho. Fazia do seu próprio modo para sobreviver. Caçava animais, bebia água limpa de rios, até que numa noite fria e de neve, Quione apareceu. Ela era linda, seus cabelos negros caíam por seus ombros, e conforme ela andava, o chão congelava por alguns segundos. A deusa usava um vestido branco, não de noiva, mas era branco. Em volta dele, vários flocos de neve caíam, mas também iam sumindo ao ter contato com o chão.

O jovem se assustou, é claro. Ambos conversaram, uma conversa de mãe para filho um tanto quanto assustadora, mas era assim que tinha que ser. Ela explicou tudo para ele: Seu pai, o que ele fazia, seu envolvimento com a Ordem dos Assassinos, sua descendência, tudo, até mesmo sobre ele ser filho da deusa da neve, do gelo, do frio, do vento do norte. Ele não aceitou de primeira, é claro que não. Tinha que ter alguma prova disso, o que foi dada ao Quione congelar a água de um rio próximo e depois, moldá-lo. Explicou também sobre o acampamento, e o guiou para lá. Deu todas as informações possíveis, e sumiu novamente.
O garoto caiu no chão, implorando para que ela aparecesse novamente e ficasse ali com ele por mais um tempo. Nunca tinha conhecido seus pais verdadeiros, e agora que havia conhecido a sua mãe, que era uma deusa, ela havia sumido. Sim, era isso, não tinha nada que ele pudesse fazer. Seu coração? Estava como gelo. O gelo que cai no chão, e se parte em milhares de pedacinhos minúsculos. A única coisa que ele podia fazer... Seria seguir para o tal do acampamento. Mas como? Não podia explicar isso pra ninguém, o chamariam de louco. Ele dormiu, preocupado, e acordou no dia seguinte com neve caindo de um galho de uma árvore. Ele ouviu vozes, não familiares. Se alarmou e pegou um galho grande que tinha caído da árvore, e ficou preparado para o que fosse. Inexplicavelmente, era um homem. Um homem meio bode, que dizia se chamar Grover, e estar lá pra ajudar.

Marshall Alexander Harvey
Filhos de Quione
Filhos de Quione

Mensagens : 4
Pontos : 6
Data de inscrição : 21/07/2013

Ficha do personagem
HP:
110/110  (110/110)
MP:
110/110  (110/110)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum