Escolta - Héctor - Explosão de Fofura

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Escolta - Héctor - Explosão de Fofura

Mensagem  Hipnos em Sex Set 06, 2013 8:31 pm

HÉCTOR
Depois de lutar contra ciclopes e ser salvo por dois centauros, o garoto deus havia embarcado numa viagem perigosa até a America para viver um bom bocado de sua vida treinando num acampamento. O corcel castanho com moicano raso conversava com o garoto durante toda a viagem, tentando explica-lo sobre a tal instalação para semideuses como Héctor. O outro centauro, apenas observava o mar e cuidava para que perigo algum viesse atormentar o garoto filho de algum deus. O barco já estava no meio do caminho quando um bando de aves estranhas farfalhou no céu vespertino. Elas batiam as asas o o som que saía era alto, como se lâminas de metais estivessem batendo umas nas outras. Héctor saiu da cabine de onde estava, passando por baixo centauro velho. O híbrido mais novo também trotou até ali e abriu a boca perplexo - Aves de.... - comentou, mas não conseguiu terminar o que começara.  

regras:
- Mínimo de sete linhas por post;
- Pense bem antes de escrever qualquer coisa, já que seus atos e escolhas tem consequências;
- Siga o roteiro, por favor;
- Héctor, não é permitido o uso de poderes, apenas das armas iniciais que estão em sua posse, caso eu as dê a você;
- Máximo de 48 horas para postagem.


★ Call me Hypnos, the Sleeper and Dreams's Keeper ★
Sleep is always a dream, don't you think?

credits @
avatar
Hipnos
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 858
Pontos : 1103
Data de inscrição : 23/01/2012
Localização : Rio Lethe

Ficha do personagem
HP:
999999/999999  (999999/999999)
MP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://lrfl.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Escolta - Héctor - Explosão de Fofura

Mensagem  Héctor Hitman em Sab Out 12, 2013 11:19 pm

Estava dentro de minha cabine abordo do navio... Bem, não sabia seu nome correto. Outra coisa que não sabia o nome era das criaturas que me "escoltavam". Não falei muito sobre isso com eles, pois os centauros falavam muito para tentar me explicar a mitologia grega, mundo na qual acabei de descobrir que pertenço. Segundo eles, eu era um filho de um deus com uma mortal, ou seja, um semideus. Ou meio-sangue. Prefiro ser chamado pelo segundo termo, pois envolve sangue. O centauro jovem me explicava sobre o Acampamento Meio-Sangue com o auxílio de um livro. Apontando para uma imagem de uma fileira de chalés, o jovem híbrido dizia:

- Esses são os chalés do Acampamento. - dizia ele e em seguida passou de pagina, mostrando fotos com detalhes desde chalés - Aqui é onde os semideuses... meio-sangues, dormem. Tem um chalé para cada progenitor e seus filhos vem no que representa seu pai ou mãe.

Compreendia, mas estava entediado. O centauro demorou para perceber e quando notou, me convidou para sair da cabine:

- Hum, quer sair um pouco? - disse fechando o livro. - Olhar o mar, ou fazer algo?

Balancei a cabeça respondendo sim.

Nos juntamos ao centauro mais velho. Seu olhar estava fixo em algum ponto do céu. O jovem híbrido também percebeu e ficou boquiaberto:

- Aves de... - não terminou o que ia dizer

Estreitando um pouco os olhos, pude enxergar o que atormentava ambos. Desconfiei que era algum monstro mitológico.

- O que essa criatura faz? - perguntei


Hec is love
Hec is life

avatar
Héctor Hitman
Filhos de Ares
Filhos de Ares

Mensagens : 4
Pontos : 6
Data de inscrição : 20/08/2013
Idade : 20

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum