Ficha de Reclamação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ficha de Reclamação

Mensagem  Gaius Morgenstern em Dom Set 22, 2013 4:03 pm

Ficha de reclamação de
Gaius Morgenstern.


NomeGaius Morgenstern.
Idade19 anos.
ProgenitorHermes.
MotivoHermes é, não desmerecendo os outros, o deus mais legal de todos. Atua em tantas áreas e é muito interessante. Acredito que ser filho de Hermes ajudará a trama de Gaius se desenvolver em grandes proporções. Linguística, comunicação, tecnologia... Tudo se enquadra perfeitamente.
Progenitor mortalMãe desconhecida. Gaius foi criado em um orfanato por uma freira, terá isso na história.
Defeitos e qualidadesCaracterísticas físicas: Alto, magro, rosto comprido e fino, queixo grande, poucas sobrancelhas, olhos-claros, cabelo grande e castanho, porte atlético.
Características emocionais: Extravertido, atento, cavalheiro, autêntico, traços de autismo, sincero, verdadeiro, solidário.

Cidade natal e atualCidade Natal: Londres.
Cidade Atual: Manhattan.

HabilidadeConhecimento em Arquitetura.
HistóriaA história de Gaius é um mistério para todas as pessoas que o conhecem. Aliás, para as pessoas que fazem parte de seu enredo vital. Até mesmo para ele. Definitivamente, a história do garoto só começa quando ele é deixado em um Orfanato em Londres. As feiras contam uma história curta e cheia de espaços vagos, sempre faltando algo quando questionado.

Segundo elas, era época de inverno e o frio estava muito intenso. Uma jovem mulher, de aparência bela e sedutora, trajando um longo vestido vermelho, adentrou o Orfanato dizendo precisar deixar o garotinho de um ano que estava adormecido em seus braços. As feiras averiguaram a mulher e perguntaram qual era o parentesco dela com a criança. A jovem apenas disse que era tia do garoto e que a mãe dele havia falecido em um acidente de carro.

As feiras pediram mais detalhes, mas a mulher se recusou a contar a história completa e simplesmente saiu do Orfanato. O garoto tinha um relógio de bolso e em tal objeto seu nome estava escrito em grego antigo “Gaius Morgenstern”. Foi a Madre Superior que conseguiu ler o nome da criança e não hesitou quando decidiu que ela própria cuidaria do suposto órfão.

Os anos foram passando e Gaius, naturalmente, cresceu. Sempre que perguntava a história de como chegou ao orfanato, a Madre Superior dizia a mesma história. Ele sempre se questionava qual seria o nome da tia. O sobrenome “Morgan” em Londres é muito comum e ele não tinha recursos para visitar todas as mulheres portadoras de tal sobrenome.

A vida do rapaz era bastante interessante. O garoto desenvolveu um enorme interesse por Arqueologia e Leitura. Leu todos os livros do Orfanato e os da Biblioteca Pública que ficava perto do local em que residia. Sua vida escolar sempre foi brilhante. Gaius sempre foi o primeiro da turma e era o orgulho das feiras. Todos o conheciam, todos sabiam o seu nome, mas ninguém realmente sabia a sua história.

Apesar de crescer em um Orfanato, Gaius não se tornou um garoto ruim ou revoltado. Sempre ajudou as pessoas como pode e sempre buscou dar o melhor de si mesmo. Arquitetura, Arqueologia, Engenharia Civil e Leitura foram o que salvou a sua mente de pensar na rejeição ou culpar seus pais por deixarem ele sozinho com estranhos. Gaius encontrou para a universidade Oxford e lá começou a estudar sobre as ciências citadas anteriormente.

Gaius chamou a atenção dos professores da Universidade. Eles achavam o garoto muito inteligente e muito brilhante, então todos se colocaram à disposição de ajudar Gaius em qualquer coisa que ele precisasse. O garoto, já tendo esquecido que tinha vontade de descobrir sobre a tia, pediu ajuda apenas para conhecer o máximo da área que estudava.

O garoto totalmente dedicado ao estudo certo dia foi conversar com a Madre Superior sobre os êxitos que estava tendo na faculdade. E, sem querer, a madre deixou uma simples e significativa frase.

▬ Seu pai deve estar muito orgulhoso, Gaius .

Gaius arregalou os olhos e ficou boquiaberto, encarando a madre. Em todos os seus 19 anos, jamais lhe falaram de seu pai, nem ao menos citaram e então a madre diz algo como se ele estivesse presente e fosse conhecedor dos feitos dele. Essa simples frase desencadeou uma série de perguntas vindas de Gaius e direcionadas à madre. Dessa vez, ela não teve como fugir e então começou a explicar sobre a mitologia grega que, mesmo sendo totalmente conhecida por Gaius, não é apenas uma história.

Depois de horas e horas conversando, a madre arrumou as malas de Gaius e fez umas ligações. Ela marcara um vôo para Manhattan, nos Estados Unidos, para Gaius . Lá, o garoto encontraria um jovem de sua idade que o ajudaria até chegar ao Acampamento Meio-Sangue.

E foi o que aconteceu. Gaius viveu 19 anos até descobrir que era um semideus, e quando isso aconteceu, foi imediatamente para o refúgio para pessoas como ele. No bolso da roupa que Gaius trajava quando chegou ao orfanato estava uma carta escrita em grego antigo explicando sobre o garoto. A carta dizia que ele precisava de um local seguro até que fosse a hora de mandá-lo para o Acampamento. A madre, sendo uma semideusa infiltrada na instituição, acolheu-o e o protegeu dos ataques dos monstros durantes todos esses anos.

Gaius Morgenstern
Filhos de Hermes
Filhos de Hermes

Mensagens : 1
Pontos : 3
Data de inscrição : 21/09/2013

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum