Ficha de Reclamação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ficha de Reclamação

Mensagem  Varna di Harper em Dom Jul 27, 2014 4:54 pm

Ficha de reclamação de
Varna di Harper
NomeVarna di Harper
Idade13
ProgenitorApolo
MotivoUma vez eu fui para um acampamento de férias e lá pratiquei arco e frecha. Bem, eu ganhei. Na verdade eu ganhei todas as competições de arco e frecha.
Eu também adoro me banhar ao sol. Sou sorridente e meio mimada e manhosa, ta eu sou muito manhosa.

Progenitor mortalElizabeth di Harper era minha mãe, era não, é. Uma mulher linda, puxou a filha. Longos cabelos loiros, olhos azuis celestes, pele bronzeada e sorriso encantador.
Defeitos e qualidadesEsquecida, manhosa, excesso abusivo de alegria, olhar encantador, sorriso devastador. Isso me resume.
Cidade natal e atualNew York
Habilidade✓ Acrobacias
HistóriaEu estava em minha sala de aula, em mais um linda e cansativo dia de estudos monótonos, quando as coisas começaram a sair um pouco do normal, só um pouquinho fora do normal. As luzes do teto da sala tremeluziram, a chão tremeu e minha professora me chamou para fora da sala. A Srª Vantiperter não era exatamente o tipo de professora modelo de peixefritismo entre os alunos, na verdade muitos sonhavam em trancá-la entro do armário e jogar ovo podre em seu carro (Coisa que aconteceu, mas seu não sei quem foi). Eu já sai pensando o que eu tinha feito e não me lembrava, eu quase coloquei fogo na lanchonete mas já tinha sido castigada por isso. Ela me levou até uma sala vazia e trancou a porta, mas eu nem tinha reparado nisso. Ela se virou para mim quando eu lhe perguntei o que eu tinha feito e, do nada, o corpo dela tremeluziu e eu estava olhando para uma mulher que cintura para cima era mulher, mas cintura para baixo era outra coisa, ela tinha dois troncos de cobras. Eu, bem, se sua professora que você falava que era uma cobra resolvesse confirmar a história você também ficaria apavorada. Tentei correr mais a porta estava trancada, ela veio para cima de mim, tentei pedir desculpas por ter sujado o carro dela mas aparentemente não era por isso que ela queria me matar. Eu literalmente me joguei pela janela e cai no chão frio da rua, e aprendi que não se deve pular de dois metros de altura. Corri para minha casa que não ficava muito longe da escola. Minha mãe ficou surpresa por eu ter aparecido em casa tão cedo, mas essa surpresa nem se comparou a quando eu contei sobre minha prof cobra. Ela disse que tínhamos que sair imediatamente e nós entramos no carro dela e saímos. Achei que estávamos indo pra delegacia ou coisa do gênero, mas não. Foi aí que ela me contou uma coisa que me fez achar que eu bato a cabeça e ela fica louca. Falou que meu pai era um deus e por isso eu estava correndo perigo e tinha que ir para um lugar onde eu ficaria segura. Bem, eu fui e cheguei lá e tive vontade de voltar embora. O lugar era lindo, isso se tirar o fato da primeira pessoa que eu vi foi um cara metade cavalo. Minha mãe não pôde me seguir até aqui e eu tive que ficar sozinha, não exatamente sozinha já que o luga restava cheio, mas sozinha. E no fim do dia acabei descobrindo que meu pai é Apolo.
avatar
Varna di Harper
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo

Mensagens : 14
Pontos : 16
Data de inscrição : 27/07/2014
Idade : 17
Localização :

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum