Treino com Arco/Lança

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

Treino com Arco/Lança

Mensagem  Hipnos em Sab Jun 16, 2012 6:50 pm


ARCO / LANÇA

Nessa área o campista poderá treinar suas habilidades com arcos e lanças. A arena é bastante ampla, no sentido de comprimento, já que o treino consiste em acertar o alvo em distancia, fora do combate corporal. Há cerca de 50 alvos fixos, distribuídos em distancias variadas. Há também um espaço reservado para alvos móveis, separados por velocidade. Numa estante estão organizados os arcos de acordo com a complexidade, junto com aljavas com 10 flechas comuns. Em contrapartida, as lanças estão enfileiradas por estilo da ponta.
Regras:
* O campista pode fazer até três treinos por dia em áreas diferentes, com ganho máximo de 100 EXP de recompensa.
* Posts com, no mínimo, 8 linhas.
* Os treinos de Arco tem um NPC instrutor, Anthony, para ser usado nos treinos, se desejarem. Sigam a ficha dele caso forem usá-lo.
* Os treinos com Lança tem um NPC instrutor, Enoche, para ser usado nos treinos, se desejarem. Sigam a ficha dele caso forem usá-lo.



Última edição por Hipnos em Sex Jan 31, 2014 1:37 pm, editado 3 vez(es)


★ Call me Hypnos, the Sleeper and Dreams's Keeper ★
Sleep is always a dream, don't you think?

credits @
avatar
Hipnos
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 858
Pontos : 1103
Data de inscrição : 23/01/2012
Localização : Rio Lethe

Ficha do personagem
HP:
999999/999999  (999999/999999)
MP:
999999/999999  (999999/999999)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://lrfl.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Seth O. Drowsiness em Sex Jun 22, 2012 1:51 pm

LANÇA OU ARCO?

Minha pontaria é péssima, mas não custa nada tentar dar um jeito de melhorar a minha situação calamitosa. Como já disse, quero ser forte igual meus irmãos. As vezes acho que nem somos trigêmeos. Talvez eu seja adotada e claro, filha de Afrodite, pois são muito, muito bonita, sem querer me gabar claro. Espera, vou bocejar!

Peguei um arco da estante, mas nem sabia como maneja-lo então, deixei-o de lado. Procurei outros modelos, e olha, fiquei atraída por uma balestra, é assim que fala? enfim, eu também não sabia usar, pois esse tipo de arco é muito complexo pra minha cabeça e eu sendo filha do sono, me entedio rapidamente com coisas complicadas de se fazer ou aprender. Lego (aqueles bloquinhos) são a coisa mais horrível pra mim. Nunca soube lidar. Então, procurado pelos artefatos, acho as lanças e olha, adorei. havia uma mais linda que a outra - hastes diferentes, coloridas, neutras,com adornos, sem adornos, simples e complexas, e as pontas? Puxa! uma variedade impressionante. Peguei uma simples, dourada (culpe meu pai por eu adorar dourado).

O treino seria basicamente jogar a lança nos alvos fixos a curta distancia, já que eu não tenho força suficiente no braço. A primeira vez que lancei, foi um horror, a arma nem chegou perto do alvo, caiu antes de acertar qualquer coisa.
- Ai droga! como sou péssima! o que Cain vai achar de mim? - ele é super forte e consegue cravar qualquer coisa em qualquer coisa. Minha meta é superar essa realidade. Peguei novamente a lança, dei uns passos para trás e respirei fundo. Corri para dar impulso e lancei o projétil com vigor. E olha, me surpreendi. Não acertei em cheio, mas o raspão que deu, foi maravilhoso. Arranquei um talo da borda do alvo circular. Tá, tudo bem, não sou melhor, mas já é algo.

Finalizando meu treino, tento usar a lança como nos filmes de artes marciais: golpes diretos num bonequinho de palha. Sou boa nisso. apesar de ter braços fracos, meus pulsos são bem resistentes e consigo segurar com firme a haste da lança. Cravei varias vezes a lança no alvo. Fiz isso por uma meia hora, mais ou menos. Guardei a lança e voltei para meu chalé. Quero dormir um pouco.


★Atualizado★
15XP


Seth O. Drowsiness
Rebel Queen • Sexy • The One Better Than You • Your Nightmare


thanks thay vengeance @ cupcake graphics
avatar
Seth O. Drowsiness
Filhos de Hipnos
Filhos de Hipnos

Mensagens : 139
Pontos : 138
Data de inscrição : 12/01/2012

Ficha do personagem
HP:
120/120  (120/120)
MP:
120/120  (120/120)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Seth O. Drowsiness em Qua Jun 27, 2012 6:13 pm

UM POUQUINHO DE FÍSICA

Mais um dia no acampamento meio-sangue e eu não tenho muita coisa o que fazer. Claro que há morangos para colher, limpar alguns cavalos, colocar o papo em dia com alguns campistas e irmãos, mas dentre essa lista de coisas super "legais" para fazer, prefiro ir até a arena, ver se eu consigo lidar com a frustração de ser péssima em combate. Como eu ainda estava de pijama, vesti qualquer coisa por cima e deslizei até o local onde fica o treinamento com Lanças e projéteis.

Ao entrar na Arena, fui direto escolher a lança que eu gostaria de usar. Havia várias, uma mais linda que a outra, porem as douradas e brilhantes, sempre me fascinam primeiro. Tá, tudo bem, tinha uma elétricas, algumas com pontas gigantescas e adornadas, uma vermelha linda, mas as cheias de glamour me chamam mais atenção. A lança era levinha, devia pesar no máximo uns dois quilos. Longa e fina, com uma ponta do tipo agulha, se é que isso existe. Em relação a minha força, dá certinho pra manejar com flexibilidade sem que eu pareça uma pata.

O alvo estava a uns bons três metros de distancia, quando lancei o projétil. Errei, isso é fato, mas o curioso é que estava ventando, então meu tiro não valeu. A não ser que eu lance mais para baixo no sentido nordeste. Acho que assim eu conseguiria acertar, ou pelo menos fincar em algum lugar perto do alvo. Por sorte eu não sou ruim em física, então, meu tiro deu certo e acabei prendendo a lança na borda do alvo circular. Fiz o mesmo, numa repetição de cinco vezes. Porem, eu queria mais resultados, então lembrei que se eu der impulso e jogar a lança numa angulosidade de pelo menos 45º, é possível que eu crave o projétil bem no meio do alvo.

Dei alguns passos para trás, respirei fundo afastando meus joelhos, coloquei a lança na posição e corri com tudo o que eu tinha até a marca que havia feito. Contei 1, 2, 3 e joguei a lança, como se eu fosse uma catapulta. A mesma cortou o ar tão rapidamente que deu para ouvir o zumbido da viagem. PLANC! foi o barulho que escutei. Pois eu tinha acertado bem no meio do alvo.
- Aiiiiiiiiiiiii Acerteiiiiiiiiiiii!!! - disse comemorando aos pulos! Recolhi a arma e a guardei no lugar. Tomei uma água no bebedouro e fui descansar. Já havia feito muita coisa hoje e a minha alegria era tanta que, para comemorar, só uma boa cochilada!


Atualizado
15 pontos de experiência.


Seth O. Drowsiness
Rebel Queen • Sexy • The One Better Than You • Your Nightmare


thanks thay vengeance @ cupcake graphics
avatar
Seth O. Drowsiness
Filhos de Hipnos
Filhos de Hipnos

Mensagens : 139
Pontos : 138
Data de inscrição : 12/01/2012

Ficha do personagem
HP:
120/120  (120/120)
MP:
120/120  (120/120)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Sebastian C. Lestrange em Seg Jul 09, 2012 9:46 pm

SEBASTIAN CRUSOÉ LESTRANGE
Nada é eterno. O café esfria, o cigarro apaga, as pessoas mudam.


Acordei com as mãos coladas em uma espécie de concha, apoiada em um membro pouco acima de minha bochecha esquerda. Não havia nenhum sinal de barulho, sinal que eu não havia sido interrompido quaisquer vezes em meu tempo de descanso. A meu lado, se encontravam grande parte de meu arsenal armazenado em uma mochila.
Não perdi tempo e me levantei da cama, me arrumando com uma velocidade imensa; poucos minutos depois, estava com meu uniforme completo do Acampamento e um All-Star preto, com uma figura de um herói indefinido. Peguei minha lança e a prendi nas costas com um improviso; em seguida, saí do chalé de Hades e segui para a região da arena.
Havia muita coisa nova desde a última vez que eu havia ido até a arena; agora ela tinha mais espaços reservados para o trabalho com armas, até mesmo as menos usadas. Também haviam novos campistas, que eu pouco me interessei em conhecê-los. No momento, haviam apenas dois espaços que estavam funcionando; um que só haviam garotos equipados que nem eu, com uma lança, que entendi que seria o espaço reservado as lanças. O outro, era um que haviam garotos com arcos atirando flechas, e entendi que era o espaço reservado a arco. Optei por adentrar no espaço para as lanças, para aperfeiçoar ainda mais minha perícia.
Um homem, que não parecia ser nenhuma espécie de monstro, conduzia semideuses ás suas devidas práticas de lança. Ele ensinava espécies de golpes para fazerem em simuladores de monstros; havia gostado da aula, e me concentrei em um dos simuladores. Os golpes que ele fazia me faziam inventar outros movimentos derivados aos golpes dele; havia girado a lança em 90 graus, batendo com a lâmina no pescoço e perfurando parte dali. Ainda com a lança perfurada, girei-a, fazendo com que arrancasse boa parte do pescoço do simulador; que agora não tinha sua cabeça em uma postura ereta. Ele parecia quaisquer boias que estariam murchas. Ninguém havia prestado atenção no que eu havia feito; havia ficado exatamente na extremidade do terreno. Constantemente, desviava o olhar para outros campistas novatos que tentavam golpear o simulador; tendo fracasso.
- Tenta acertar mais embaixo...- ditava, em um tom baixo. Não queria que alguém me notasse mesmo.
A aula parecia estar em seu turno final; suor escorria tanto no uniforme do instrutor quanto no meu e de outros campistas. Mesmo assim, continuava a golpear com partes intermediárias da lança; de maneira com que desequilibrasse o simulador. Porém, ele sempre voltava a sua postura ereta; era como um "João-Bobo".Isso me divertia, além de me peritar ainda mais em minha lança. Alguns minutos após ficar em um vai-e-vem em golpes com o simulador, um toque ecoou em meio a região que treinava lanças; e em seguida, o instrutor apontou a mão para a saída, como se pedisse:"Saiam, as Harpias do Acampamento vão fazer a limpeza; fiquem aqui, se quiserem ser alvo das garras delas."Havia sido um dos últimos a sair, realmente me divertia brincando com o simulador. Com toda certeza, voltaria ali muitas vezes.






Φ Atualizado Φ
15 EXP
avatar
Sebastian C. Lestrange

Mensagens : 31
Pontos : 27
Data de inscrição : 25/05/2012

Ficha do personagem
HP:
130/130  (130/130)
MP:
130/130  (130/130)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Seth O. Drowsiness em Qui Ago 02, 2012 8:24 pm

UM TIRO VALENDO 10 PONTOS

Eu ainda tinha um tempinho livre, então, por exemplo, quis treinar minha pontaria com essa bagaça de nome Lança. EU já havia treinado algumas vezes, mas nada muito oficial e que mereça total atenção e louvor de minha parte. Eu continuava uma pata do tipo de lança e do manejo da mesma. E, enfim, se eu quiser sair em missão, eu preciso ser uma guerreira completa. Talvez eu me torne uma amazona ou quem sabe uma seguidora de Ártemis. Afinal, o amor pra mim não significa muita coisa. Acho que Afrodite gosta de brincar com o meu coração ou quem sabe Eros esteja de mal comigo, ou meu pai esteja me testando. Em toda caso, vou treinar pois eu ganho mais.

Eu ainda estava na arena. Não olhei ao redor e fui direto escolher uma lança. Havia várias delas ali penduradas, mas nenhuma simples que me faça ter um bom manejo da arma. Porem olhando atentamente, encontro uma bem interessante. haste de madeira escura, uma seta de ferro ou quem sabe algum outro metal acinzentado, e um toque feminino e elegante: um pompom vermelho adornando a base da lâmina que se prendia à haste. Pequei a lança e balancei no ar. Não era pesada e me deixava confiante. Caminhei até a central de tiros e me preparei para o arremesso.

O primeiro alvo estava a uns três metros e qualquer coisa de distancia. Não me preocupei muito, respirei e lancei o projétil. Acertei na margem dos 7 pontos. Um tiro bom, não excelente, mas bom. O segundo alvo, estava a quase seis metros de distancia. Eu teria que aplicar uma força razoável para que eu acerte bem próximo dos 10 pontos. pensei no meu ex-namorado, respirei fundo e depositei minha raiva interior no tiro. Acertei na faixa dos 7 ou 8 pontos, a lança cravou bem na linha. O terceiro e ultimo alvo está a uns nove ou dez metros de distancia e o vento pode interferir um pouco, mas não me importo, posso acertar bem no centro se eu der uns passos para trás, correr e depositar meu braço como uma alavanca, somado ao balaço do meu corpo (quem vê pensa que eu sou uma atleta indo para os jogos olímpicos). Lancei...... ouvi a arma fincar no alvo, mas não olhei para ver.

Enquanto recolhia minhas coisas, ouvi aplausos, assovios e meu nome ecoando na arena. Saí do local, sabendo que tinha acertado minha meta, 10 pontos!


★Atualizado★
15XP


Seth O. Drowsiness
Rebel Queen • Sexy • The One Better Than You • Your Nightmare


thanks thay vengeance @ cupcake graphics
avatar
Seth O. Drowsiness
Filhos de Hipnos
Filhos de Hipnos

Mensagens : 139
Pontos : 138
Data de inscrição : 12/01/2012

Ficha do personagem
HP:
120/120  (120/120)
MP:
120/120  (120/120)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Hunter D. Wayne em Dom Set 16, 2012 7:59 pm



Jessie tinha acabado de chegar no Acampamento Meio-Sangue. Ainda não sabia qual deus era sua ligação do mundo dos imortais com o mundo humano, mas pretendia descobrir em breve. Enquanto isso, ia treinar seus dotes marciais, que logo mais seriam extremamente necessários para a nova vida da semideusa.

Ela conhecera um garoto que oferecera-se para ajudá-la em um treino de arco e flecha. No horário combinado, Jessie estava lá, e encontrou o garoto segurando dois arcos e duas aljavas. ― Oi, Jessica! ― acenou ele, passando um dos arcos pelo corpo, como uma bolsa de uma só alça. Eu me lembrava vagamente que o nome do garoto era Will e ele era filho de Apolo. ― Hey. ― eu não era de falar muito, mas o garoto era tão esfuziante que me sentia compelida a conversar com ele.

― Pronta para o primeiro treino? ― ele sorriu enquanto eu me aproximava e pegava um dos arcos da mão dele. ― Claro, vamos lá. ― eu falei, sem sorrir. Eu não sorria tão facilmente. ― Bem... é muito simples, de verdade. Você é destra, não? ― balancei a cabeça, afirmativamente, e Will continuou. ― Então você segurará o arco com a mão esquerda e lançará as flechas com a direita.

Will estendeu a aljava para mim, e eu peguei uma flecha e armei-a no arco. Visando um alvo relativamente distante, lancei a flecha depois de retesar meu braço. A flecha só percorreu a metade do caminho até o alvo. ― Ok. Primeiramente, segure a flecha entre o indicador e o anelar. ― eu estava segurando com o polegar e o indicador, e peguei outra flecha para treinar a nova posição. ― Inspire fundo. Encha bem o pulmão, enquanto estende a flecha. ― fiz o que ele falou, voltando a mirar no alvo redondo. ― Inspire fundo. Encha bem o pulmão, enquanto estende a flecha.

Inspirei fundo e estava pronta para lançar a flecha, mas o filho de Apolo interrompeu-me. ― Estenda até as omoplatas. Você sentira-se mais confortável. ― senti os músculos das minhas costas retesarem-se com o movimento, mas pelo menos, elas não doíam mais. Olhei para o rapaz, que assentiu com um movimento de cabeça. Soltei a flecha, que seguiu até o alvo, mas bateu nele e caiu no chão.

― Ótimo, Jess. Agora, é só questão de treino. ― ele depositou as duas aljavas perto do meu pé e deu dois passos para trás. Respirei fundo e voltei a olhar para frente. Na meia hora seguinte, ocupei-me de atirar no alvo, seguindo os preceitos ensinados por Will. Quando as flechas acabavam, o garoto me passava mais aljavas. Passei a acertar as flechas nas bordas do alvo, aproximando-me cada vez mais do centro.

― Jess? ― ouvi a voz dele como se viesse de muito longe. ― Hmm? ― eu estava concentrada em lançar outra flecha. ― Por que você não descansa um pouco? Acho que já treinou o suficiente. O sol está se pondo, é hora de jantar. ― olhei para ele, enxugando o suor da testa. Pensei em dizer "Você não é meu pai" ou algo do gênero, mas resolvi poupar o garoto de minha falta de humor. Entreguei o arco para ele, que guardou-o junto com as aljavas. Juntos, saímos da arena e fomos cada um para seu chalé, nos preparar para o jantar.

Atualizado
15 pontos de experiência.


avatar
Hunter D. Wayne

Mensagens : 1
Pontos : 1
Data de inscrição : 09/09/2012
Idade : 22

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Dylan N. Deadsoul em Qua Set 19, 2012 11:49 am

Caminhava pelo acampamento durante a tarde, minha vontade de treinar estava maior do que a de ficar deitado em uma cama olhando para o teto deixando minha mente vagar por todos os pensamentos possíveis. Olhei para o lado e enxerguei a entrada da arena, estava um pouco tumultuada e tudo e mesmo assim caminhei para dentro da mesma. Parecia estar ocorrendo um treino em grupo, me aproximei e escutei o que um dos campistas falava para os outros.

- Hoje eu serei o instrutor de vocês aqui. Cada um pegue um arco e uma aljava comum de couro e depois volte para cá. - todos os campistas correram até uma estante um pouco distante onde estavam os arcos e cada um pegou um além da aljava. Passei minhas mãos por alguns vendo algum que me agradasse e encontrei um arco médio de madeira e uma corda composta por uma fibra negra a aljava foi uma comum, de bronze e com dez flechas. Voltei para perto do instrutor e ouvi o resto das suas instruções em completo silencio. Pelo que que entendi deveríamos usar todas as dez flechas para tentar acertar os alvos móveis que estariam pela arena, quem acertasse mais alvos com todas as suas flechas seria o ganhador da pequena disputa.

Todos os campistas saíam da arena no momento em que outro iria atirar e então não saberiam quem era realmente o vencedor, apenas esperavam que tivessem sido melhores que os anteriores, sendo que todos iriam por ordem alfabética. Sentei com minhas costas apoiadas na parede e fiquei esperando até chegar a minha vez, e eu seria o ultimo, depois de dez campistas mais ou menos foi minha vez. Voltei para a arena e fiquei em um ponto que estava marcado no chão. Respirei profundamente e toquei a parte debaixo da flecha com as pontas dos dedos e puxei da aljava, coloquei-a em sua posição no arco e estiquei a corda, com um aceno positivo para o instrutor ele começou a simulação. Um urso pardo surgiu de trás de uma coluna e começou a passar pela arena calmamente, disparei minha primeira flecha em seu focinho e antes do animal de madeira desaparecer atirei outra na testa. Sorri e voltei a tocar minha aljava, posicionei a flecha na hora que um servo surgia no canto da arena e desaparecia com duas flechas em seu dorso. Um pequeno coelho desenhado em um pedaço de madeira correu atravessando a arena, ele era rápido mas consegui retirar a flecha e meu tiro foi um tanto mais veloz, apenas enxerguei a flecha fincando-se na testa do coelho. Voltei minha mão até a aljava e retirei outra flecha, mirei no próximo alvo que estava aparecendo na arena, um pequeno rato em outro pedaço de madeira que parecia ter menos de dez centímetros, disparei duas outras flecha, a segunda entrando na parte de trás da primeira. Abaixei o arco e olhei para o instrutor, ele sorriu para mim e saímos juntos da arena, sua mão tocou a minha e ele a levantou um tanto alto.


- Nosso vencedor com oito de oito. - sorri junto com ele enquanto os outros campistas encaravam o chão e viravam seu rosto por terem perdido, outros batiam palmas e batiam em minhas costas mas deviam ser somente três ou dois. Olhei para o instrutor e apenas falei com os olhos, ele compreendeu e me soltou entreguei o arco para o mesmo, junto com a aljava e comecei a sair da arena junto com os outros campistas.


★Atualizado★
15XP



Dylan Neal Deadsoul

Son of Phobos Deadsoul Don't Play Lonely Boy Scary and Wine I am an lonely soul, walking in a world where everybody living together
Thanks Thay Vengeance @ Cupcake Graphics
avatar
Dylan N. Deadsoul
Filhos de Fobos
Filhos de Fobos

Mensagens : 17
Pontos : 17
Data de inscrição : 14/09/2012
Idade : 20
Localização : aqui...

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Dakota L. Lumiére em Qua Set 19, 2012 7:08 pm

O dia começou da mesma maneira que os demais dias. Eu levantei ás sete da manhã e fui direto ao banheiro, pois precisava de um banho, ao ligar o chuveiro à água quente começou a descer pelo meu corpo, encharcando os meus cabelos cor de fogo.

Após a saída do banho, eu fui me vestir. Peguei uma calça preta, coloquei um tenis também da mesma cor e uma camiseta branca. Após me vestir arrumei meus cabelos em um coque. Olhei para o relógio era chegada a hora do treino. Cheguei a floresta e um barulho alguns metros de distância chamou a minha atenção, fiquei imóvel no lugar. Poucos segundos depois o lestrigião apareceu com a lança na mão. Correndo rapidamente em minha direção.

Eu estava destinada a não deixar o lestrigião vencer dessa vez, tentei fugir pulei do galho para o escuro. Agarrei num galho mais baixo da árvore do lado mas este quebrou com meu peso fui ao chão. Atordoada tentei me levantar mas o lestrigião já estava no meu encalço apontando a lança para mim e agora ia desferir seu golpe.

Com a lança a centímetros do meu peito o lestrigião não esperava o elemento surpresa, minha grande agilidade. Rolei rapidamente para a direita e consegui alcanaçar meu arco que havia caido ao chão. Pegando dessa vez meu arco e puxando sua corda eu mirava a flecha direto em seu coração. Meus dedos permaneciam o mais firmes possíveis, enquanto envergava o arco. Sorri de lado, eu estava muito apreensiva não adiantava mentir, essa era a hora soltei a flecha mas não consegui ver se a mesma o tinha acertado ele já havia arranhado meu rosto com sua pontuda lança.

Pulei novamente para o lado e pegando uma outra flecha, da mesma maneira que a primeira vez, apontei para seu coração e sem dó atirei. Olhei a cara de dor que o lestrigião havia feito quando caiu com um baque surdo ao chão, dessa vez eu tinha acertado a flecha. Me aproximei peguei sua lança e sai dali correndo como nunca.

★Atualizado★
10XP




Mayla Jean Chevalier

Tryin' to figure out what is and isn't true

Quintupla de Hipnos

avatar
Dakota L. Lumiére

Mensagens : 42
Pontos : 40
Data de inscrição : 11/09/2012
Idade : 20

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Dakota L. Lumiére em Qui Set 20, 2012 4:40 pm

O campo era bem aberto e tinha uma fileira com alvos, cada um a uma distância determinada. Eu andei até a marca que era onde um atirador deveria se posicionar, peguei meu arco que estava preso as minhas costas, o posicionei, fechei um dos olhos mirando bem a flecha a um dos alvos e puxei a corda. Respirei fundo e fiquei observando o alvo, a flecha acertou o quinto círculo depois do centro. Muito ruim, pensei alto.

Partindo para o alvo seguinte, eu me concentrei e mirei o centro do alvo. Soltei a corda e acertei em cheio o segundo círculo.

- Melhorando May. - Disse para mim mesma.

Peguei outra flecha e voltei a me posicionar, mas desta vez, mudei minha posição, afastei minhas pernas. Pensei na harpia que tentou matar a mim e minhas irmãs no dia anterior e me lembrei dos dias no orfanato.

Eu soltei a corda e a flecha acertou o alvo do meio. Você não pode deixar que as emoções te dominem, arqueira-ruim, pensei. Eu então passei para o próximo alvo, que estava bem mais longe do que o anterior. Posicionei-me e atirei, sem esperar muito. Acertei a linha do alvo do meio. Sorriu e dei me por satisfeita, caminhei até os alvos recolhi minhas flechas. Terminando, assim, meu treino do dia.

Atualizado
10 pontos de experiência.

Treino bom, ainda que curto. Explore sua criatividade, escreva mais.




Mayla Jean Chevalier

Tryin' to figure out what is and isn't true

Quintupla de Hipnos

avatar
Dakota L. Lumiére

Mensagens : 42
Pontos : 40
Data de inscrição : 11/09/2012
Idade : 20

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Savannah Romanova Carter em Sex Set 21, 2012 1:09 pm

Forever Alone
Simple And Sexy...


----------------------------------------------------------
-------------------------------------------------------------------


O dia nublado indicava o mal humor do Sr. D. e a possível chuva que se formava no continente uma pequena irritação de Zeus e por incrível que pareça aquilo parecia extremamente normal e entediante normal para a jovem que , sentada na escadaria da frente da casa grande, olhava para o céu enquanto escutava Dionísio, com a camisa havaiana mais extravagante que podia ter, perdendo para um centauro, Quíron.
—Droga! Porque decidiu fazer chover? Seu mesquinho u_u Agora o treino será arruinado!
O Deus da Coca-Cola apenas a olhou com uma extrema raiva.
—Porque eu mando aqui. Agora suma!
E foi com essas palavras praticamente gritadas que fez a menina até a direção de uma arena de chão de terra. Não gostava de lá, era muito barulho e as armas eram tribais. Cadê, por Deus, uma arma de calibre 38 igual a dos filmes de Caubóis? Porque arco e flechas? Deu um longo e enorme suspiro e começou a se enfiar entre os outros.
Era dia de treinamento pesado e os arqueiros de Apolo mais fortes e dominadores da arte que foram incumbidos pelo Deus do sol dariam suas dicas para que todos pudessem saber, ao menos , como segurar um arco corretamente.
Praticamente todo um lado da arena estava com alguns alvos redondos e pintados com listras que valiam pontos e que cada uma tinha sua definição própria.
Jogaram para ela um arco de madeira levemente verde que tinha uma envergadura terrível e uma corda que ela podia jurar que era feito de tripa de gato. Se fosse não teria problemas, é uma das mais resistentes.
Mordeu o lábio inferior, uma mania que demonstrava nervosismo. Por mais que parecesse – e seja – agressiva não se sentia confortável com um arco e flechas. Somente com facas.
Foi em direção ao montante de pessoas que se aglomeravam para conseguir uma dica e um montante de flechas de pontas curtas, ou seja, que não são capazes de ferir mortalmente ninguém.
Não demorou muito para chegar a sua vez de receber algum tipo de ajuda e foi um filho de Apolo que veio ao seu socorro.
-Olha que temos aqui, você deve de ser a Marie. Prazer Rick.
Disse o rapaz de cabelos claros e pele queimada enquanto ria, não devia passar dos vinte e cinco anos e com dedos ágeis arrumou o modo em que ela deveria segurar o arco e a mandou para frente de um alvo pintado de vermelho.
—Dez metros, é fácil.
Marie sorriu confiante, Dez metros não parecia tanta coisa e soltou a corda com brutalidade mas a flecha, que deveria ir de encontro ao alvo pintado grotescamente de vermelho à sua frente apenas caiu no chão sem nem ao menos andar um metro e a corda bateu em seu rosto fazendo ela soltar um palavrão alto e sonoro.
-Não, Não! Você está fazendo errado.
—Jura? Não percebi!
Disse com um ar de sarcasmo e Rick se abaixou colocando a mão quente nos tornozelos dela descobertos pelo short que usava e o puxando pra trás. Ela arfou quando sentiu seus pés sendo, contra a sua vontade, arrastados.
-Primeiro : A postura.
Disse ele enquanto se levantava lentamente grunhindo um pouco pelo esforço ou pela dor nas costas que talvez estivesse sentindo.
—Está ficando velho em!
Ela novamente utilizou o sarcasmo e ele apenas deu uma leve risada.
-Segundo : O arco.
Marie segurou o arco na posição que julgava correta e sentiu um leve arrepio vindo de sua coluna quando as mãos dele se colocaram sobre a sua para que pudesse segurar de modo efetivo. Ele começou a modificar sua posição por completo e sentiu que aquilo surgia efeito, sentia que o arco não pesava e que tinha mais firmeza no que fazia.
-Terceiro : A mira. Focalize seu alvo , deixe sua mente livre e...Atire!
Ele falava e quase sem pensar obedecia. Os olhos claros da campista encarava um pequeno ponto vermelho e sua mente parecia livre e após alguns segundos já quase não escutava mais o que ocorria ao seu redor. Foi quando soltou e viu a flecha indo em direção ao alvo e marcando, tão rápido que quase seus olhos não puderam ver o seu movimento ,a marca de três ponto, bem em cima da primeira listras vermelha.
—Acertei o Alvo. Já é um começo! Vamos lá, De novo!
Disse rindo um tanto animada, se abaixou e pegou mais uma flecha da aljava e o rapaz veio a ajudar.
—Nem vem, vou tentar aqui, se eu errar você me dá uma bronca.
Primeiro, a postura. Arrumou a posição de seus pés e sentiu aquela leveza. Segundo, o arco. Com seus dedos não-tão-ágeis segurou o arco com firmeza focalizando o alvo de modo que pudesse controlar a velocidade da flecha. E terceiro, a mira.
Soltou a corda com leveza porém o impacto foi grande e a violência disso criou um pequeno corte em sua mão de onde saiu uma ou duas gotas de sangue. Marie abafou um pequeno grito de susto e viu a marca de sua flecha. Havia conseguido três pontos a mais, totalizando 9. Ao menos conseguiu algo, uma marca boa e totalmente estranha para alguém que começou a tão pouco tempo.
Logo gotas de chuva começaram a cair. Eram grandes gotas de chuva que estavam ali para acabar com a diversão dos campistas e começar com o circo particular dos Deuses. Há sempre uma graça poética em ver campistas desesperados para tirar os alvos, guardar as coisas ou, no caso das filhas de Afrodite, fugir para que não estrague o cabelo.
Saiu dali de fininho, não queria que a percebesse e sobrasse para ela guardar o material e ajudar, foi andando em direção ao seu chalé assoviando uma canção.



Legenda

ActionsMeOthers

Thanks Thay Vengeance @ Cupcake Graphics

Atualizado
10 pontos de experiência.

Use mais vírgulas, torne seu treino mais emocionante. Quanto à forma de narração, cuidado ao usar primeira e terceira pessoa, pode confundir você e seus PNJ's. Parabéns pelo treino.



Annabelle
Why so serious?
Daugher of Athena ~ Rebel ~ Rocker ~ Shut up

avatar
Savannah Romanova Carter
Filhos de Atena
Filhos de Atena

Mensagens : 29
Pontos : 31
Data de inscrição : 09/01/2012
Idade : 24
Localização : Olha pro lado, olha pro outro, não achou? Que pena :3

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Treino com Arco e flecha

Mensagem  Joe McDean em Qui Nov 01, 2012 11:13 am




1º Treino com


Arco e Flecha




Acordo bem cedo, estava muito animado para treinar com meu arco e flecha, aliás tenho que melhorar no arco, fui andando até o campo de treinamento, passei pelo riacho e em frente de quase todos os chalés, parei falei com alguns amigos meus, me diverti um pouco, e fui para o campo de treinamento. Chegando lá com o arco no meu ombro, coloquei ele no chão, os alvos estavam lá, então deitei um pouco na grama, fiquei olhando um pouco para o céu e pensando que um dia eu ainda quero poder ver a minha mãe Afrodite. Então depois me levantei, olhei para os alvos, peguei meu arco e a flecha, mirei e acertei o primeiro alvo, então quando eu olha para trás alguns dos meu amigos estavam vindo. Quando eles chegarão perto de mim eu disse:



- Eaí pessoal , vamos treinar um pouco.

Então todos nós pegamos o arco e a flecha, miramos e atiramos juntos. Todos nós acertamos, então batemos as mãos. Fomos para o outro alvo, então miramos e disparamos as flechas, todos nós acertamos novamente. Decidimos para nossos chalés, então voltei andando e se divertindo com meus amigos, foi ficando um por um em seus chalés, depois eu fui andando sozinho para o meu. Chegando lá saí correndo e pulei direto na minha cama para descançar um pouco.

Atualizado
10 pontos de experiência.




Joe McDean

"I'm a love Zombie!"
♥️ MY LOVE IS ALBINHA TRIANTAPHYLOS ♥️
thanks princess kira from @ sugar!
avatar
Joe McDean
Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite

Mensagens : 251
Pontos : 261
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 19
Localização : Com o Albinha e o Ky <3

Ficha do personagem
HP:
290/290  (290/290)
MP:
290/290  (290/290)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Treino com Arco e Flecha

Mensagem  Joe McDean em Sex Nov 02, 2012 4:27 pm




2º Treino com


Arco e Flecha




Acordo bem animado, dormi ótimo a noite, então decido que vou treinar com meu arco e flecha, logo escovo meus dentes, tomo um café e vou correndo para o campo de treinamento.



Passo por todos os chalés, comprimento alguns amigos e até parei para conversar com um amigo meu, conversei tanto tempo que até tinha esquecido que eu iria treinar com meu arco, então digo para ele que iria treinar, até o chamo para treinar mais ele diz que não, logo vou correndo para lá.

chegando lá, já vejo os três alvos, então coloco meu arco e as flechas no chão , porque era bem pesado e eu fui correndo para lá; Descanso um pouco. Logo que estou um pouco descansado, pego meu arco que está no chão, uma flecha, e começo meu treino :

Eu miro para o primeiro alvo e atiro. Não acerto o alvo, então decido deixar aquele alvo pra lá e parto para o outro.

Pego outra flecha, tive bastante confiança no meu arco, então miro para o alvo, respiro e atiro. Acerto o alvo, mais foi na parte branca do alvo e eu tinha que ter acertado na parte vermelha. Então vou para o outro alvo.

Pego outra flecha, respiro bem fundo, fecho meus olhos por alguns minutos bem confiante no meu arco , e ...

Escuto uma voz :

-Hey Joe

Olho para trás , percebo que era meu irmão que estava me chamando. logo ele vem até mim e falo :

-Eaí irmão tudo bem ?

Ele responde :

-Tudo sim. Acordei e vi que você não estava lá, então logo imaginei que você veio treinar.

Eu falo :

-É vim sim, mais é que só me falta acertar esse alvo, aí vou voltar para o chalé.

Ele diz :

-Ah ... Que pena, pode ir , vou treinar aqui.

Então eu penso e digo para ele :

-Peraí , vamos fazeer uma aposta. Vamos ver quem acerta o alvo bem na bola vermelha só com uma flechada ?

Ele responde :

-Vamos sim pô.

Eu digo :

- Então vamos.

Logo agente pega uma flecha colocamos no arco, respiramos fundo, eu fecho meus olhos novamente , fico bem confiante em meu arco , e ... Disparamos ! Nós disparamos no mesmo segundo, só que com uma condição, eu acerto o alvo e ele não. Então eu digo :

- Parece que eu ganhei ! HAHAHHA'

Ele responde:

- É , percebi ! kk'

Então eu digo :

- Agora tenho que ir , vou voltar para o chalé.

Ele diz :

- Pode ir, vou treinar mais um pouco aqui, nos vemos lá, tchau.

Eu digo :

- Tchau , bom treino.

Então volto para o meu chalé.

Atualizado
10 pontos de experiência.




Joe McDean

"I'm a love Zombie!"
♥️ MY LOVE IS ALBINHA TRIANTAPHYLOS ♥️
thanks princess kira from @ sugar!
avatar
Joe McDean
Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite

Mensagens : 251
Pontos : 261
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 19
Localização : Com o Albinha e o Ky <3

Ficha do personagem
HP:
290/290  (290/290)
MP:
290/290  (290/290)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Audrey Blooder Stroyller em Qua Nov 14, 2012 10:41 pm




Treino


Eu era nova ali, assmi que soube que era possível treinar logo me animei. Eu estava um tanto pra baixo com a incrível suspeita de gravidez e como seria minha vida no Acampamento se eu estivesse mesmo grávida, e havia o fato de ter conhecido uma menina na floresta que não saída da minha cabeça,Marie o nome dela, de todas as formas eu estava indo treinar para tentar esquecer tudo aquilo, saio do meu chalé com meu arco-e-flecha em punho e as aljavas presas cuidadosamente em meu cinto, caminho lentamente até chegar a arena, com meus fones de ouvido evito de escutar alguns barulhos que deixaria qualquer pessoa atormentada.
Chego lá e como era minha primeira vez no treino não sabia que ali havia arco-e-flecha e aljavas, suspiro indo para meu canto,estalo meus dedos e alongo meu pescoço,eu estava um puco tensa por algum motivo, mais estava afim de esquecer,afinal não tinha sentido ficar irritada ou tensa ali.
Pego uma aljava encaixando no arco-e-flecha enquanto miro ajeito minha postura deixando meu braço mais reto, de alguma maneira eu sabia como manusear tudo ali, logo lanço a aljava acertando o centro vermelho do alvo penso um pouco enquanto me aproximo do alvo percebendo que estava na parte azul retiro minha aljava de lá voltando para a linha de marcação.
Logo escuto o grito de uma hárpia, sorrio maliciosamente abaixo a temperatura, corro para o canto deixando meu arco e minhas aljavas praticamente escondidas enquanto buco as que haviam na arena, percebo que está bem conservada volto para meu lugar, a hárpia estava se aproximando rapidamente, encaixo a aljava no arco lançando em direção a hárpia que desvia voando baixo com as garras afiadas para me atacar, me jogo para o lado de uma forma que havia aprendido na escola o famoso ''ela sabe cair no chão'', fico de joelho mirando no animal acertando apenas uma asa a fazendo se desgovernar um pouco, corro pegando impulso pulo puxando o animal pela perna contra o chão, atenta a qualquer movimento da hárpia ela acaba me arranhando nos braços enquanto a puxava para o chão, grito baixo abafadamente,olho atenta para os lados achando duas aljavas que estavam perto de mim, corro para pegar o arco. Um pouco ofegante lanço outra flecha na asa do monstro, desta vez a outra asa, com um sorriso malicioso miro em seu peito a lançando enquanto o animal tentava voar para me atacar. Logo a hárpia vira pó, um pouco anestesiada pela descarga de atrenalina que havia acontecido balanço a cabeça sem entender o que eu havia feito, foi tão rápido que só o que lembrava era do arranhão que aquele animal havia me dado de ''presente''.
Após recuperar meu fôlego com meus braços ardendo pego minhas coisas saindo da arena em direção a enfermaria para saber o que fazer para curar os arranhados.




Tags: #Sozinha #AllByMyself #AudreyBloor
Clothes: Calça legue preta,cinto feito por mim mesma para suportar 10 aljavas, uma blusa justa ao corpo com um al star e cabelo totalmente preso.
Music: -x-x-x-x-x-x-x-x-x-x
Notes: Meu primeiro treino.

Thanks Pabs @ Wonderland Editions



★Atualizado★
30XP

É preciso prestar um pouco de atenção. Falta muita pontuação, as virgulas estão ai pra deixar o texto marcado e pausado, use e abuse desse sinal gráfico. Seu texto fica corrido e confuso se você não usa pontuações. Fica uma coisa emendada na outra e, fica estranho. Entretanto, o conteúdo do teu treino, até que foi bom.





Audrey Blooder Stroyller
Filhos de Dionísio
Filhos de Dionísio

Mensagens : 24
Pontos : 26
Data de inscrição : 15/09/2012
Idade : 21
Localização : Mamis disse pra não colocar por que podem querer me roubar U_U

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Bobby Gray Bennet em Sab Nov 24, 2012 12:25 pm

Mais um dia de manhã, o tempo perfeito para algum tipo de treinamento. Me levanto da minha cama, e vou para a Arena do acampamento treinar. O meu último treino fora um pouco desastroso, meu corpo estava cheio de hematomas. Eu estava afim de um treino, que não tivesse pedras voando na minha direção, ou algo do tipo. Queria algo mais light, e há pouco tempo eu ganhei um arco mágico, da minha mãe. Seria uma boa treinar a minha mira.
Chegando na parte de treino de arco e flecha da arena, fui procurar o tutor. Dessa vez não era um tutor, e sim uma tutora. Era uma menina com cabelos loiros, acho que ela era uma filha de Apolo, ou algo do tipo. Nem se lembrava do que Apolo era deus, mas devia ter alguma coisa a ver com arcos, já que a garota acertou um boneco a cinquenta metros de distância... com os olhos fechados. Talvez eu conseguisse fazer um tiro daquele, quando Judas achasse as botas. Estufo o peito e vou à direção da garota:
-- Eu gostaria de treinar um pouco de mira, senhorita. Sou novato, se fosse possível queria treinar a mira com bonecos.
A garota me olha dos pés a cabeça:
-- Claro, parece que você é novo nessa coisa de arco, já que está segurando o seu errado.
Eu olho para o arco, e droga... Eu estava segurando ele pelo fio. Acho que foi a maior vergonha que já passei, os outros campistas olhavam e davam pequenos risos. Eu logo conserto o meu erro, e seguro o arco pela madeira.
A garota faz uma postura, como se fosse atirar:
[color:bbba=peru ]-- Agora, eu quero que você me imite!
Eu olho a posição dela, e tento copiar ela. A garota olha a minha posição e bate palmas.
-- Parabéns novato, você fez uma boa posição. Agora eu quero que pegue uma flecha, e atire naquele boneco.
Eu não tinha uma aljava de flechas, para pegar alguma flecha. Mas uma pequena voz na minha cabeça me disse, para segurar o fio do arco, como se fosse atirar. Quando fiz isso, uma flecha surgiu na corda do arco, a garota sorri e fala pra eu atirar a flecha.
Olho para o boneco, mirando, e atiro a flecha. A flecha passou longe e acabou atingindo um semideus, que por sorte estava com armadura. Eu fiquei aliviado, já que ele estava de armadura, mas começou a sair um estranho líquido da flecha e a armadura do semideus começou a derreter. Aquilo devia ser magma ou algo do tipo.
-- Foi mal!
Eu gritei, a filha de Apolo solta uma risada e me dá uma dica.
-- Olha mire na cabeça do boneco, a flecha vai fazer uma curva. Tente isto.
Eu miro na cabeça do boneco, não para cima dele como eu fiz antes, e atiro a flecha. A flecha acerta em cheio o peito do boneco, que logo começa a pegar fogo, por causa do magma. Começo a comemorar, finalmente consegui acertar o boneco. Ela ri e faz para eu fazer a mesma coisa com outro boneco, mas dessa vez ele tava mais longe.
Mirei no outro boneco e atirei uma flecha nele, a flecha passou longe. Tentei outra vez e acertei o braço do boneco. Eu fecho um dos meus olhos, e atiro mais uma flecha. Dessa vez, a flecha acertou em cheio a cabeça do boneco. A filha de Apolo aplaude, e fala que já posso ir descansar. Vou para o meu chalé, tomo um banho e vou comer algo.



Bobby Gray Bennet
-- Estrela da Mamãe *-* -- Filho de Eos -- Just Me
Thanks Thay Vengeance @ Cupcake Graphics
avatar
Bobby Gray Bennet
Filhos de Eos
Filhos de Eos

Mensagens : 20
Pontos : 22
Data de inscrição : 08/11/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Leo Klaus Cooperfield em Sab Dez 01, 2012 6:05 am










Death Note

Treino de Arqueria - Os primeiros disparos.



Estar em um acampamento cheio de adolescentes pode parecer fácil, ainda mais quando o acampamento é protegido por mais de um Deus. Um adolescente normal iria visitar seus avós em uma cidade chata e pacata, já eu que me considero um azarado mal conheço meu pai e ainda descobri a pior loucura da minha vida.

Por pior que seja ver que estou preso com vários adolescentes em um acampamento, é necessário ficar e manter a segurança da minha mãe, e a minha também. O acampamento pode parecer um meio de proteção, mas acima de tudo ensina adolescente como eu a enfrentar suas próprias batalhas. A garantia que algum dia eu veria minha mãe novamente era ser forte e conseguir sobreviver a cada dia que se passava, e para isto grande parte do meu tempo seria para me fortalecer e consegui ser forte algum dia.

O acampamento era bem grande, conseguia ver quase tudo apenas parado no cercado próximo à arena, conseguia ver adolescentes na mesma situação que eu, treinando para que um dia honrassem ou conseguissem ver seus familiares.
Não há opção de escolha quando você é o filho de algum Deus, é como se tivesse no sangue lutar fazer algumas cabeças rolarem. O arco e as flechas era o único meio ao qual eu tinha para lutar, ao ganhar eles como item de reclamação a primeira coisa que senti foi à vontade de sair daquele acampamento matando e ferindo todos que entrassem em meu caminho. Meus primeiro passos foram marcados por minha mãe quando nasci, mas naquele momento em diante que trilhava meu caminho era eu mesmo, com apenas meu arco e minhas flechas como amigas e proteção. O treino me levaria a um estagio maior, por isto no centro da arena fitei o alvo ao canto e peguei minha primeira flecha, com o arco em minha mão consegui ver tudo muito bem, era como se eu tivesse nascido para estar ali, com aquele arco pronto para atirar e fazer algum estrago.

Lançar minha primeira flecha foi como andar de pé pela primeira vez, a adrenalina era tudo que eu sentia naquele momento, a pressão lançada contra meus dedos não ajudava muito, mas ao soltar a flecha vi que estava pronto para meus próximos desafios. Ir ate o centro da arena para retirar a flecha lançada me fez ver que ainda não estava bom o bastante para enfrentar o mundo fora do acampamento. O alvo ao qual eu tinha mirado e tinha lançado minha flecha mal se encontrava perfurado, a flecha se por inteira estava em um ponto ruim dos desenhos que marcava a pontuação e qualificava a mira dos campistas arqueiros como eu. – Droga! Ver que eu não era bom bastante para sair daquele lugar me fazia sentir um pouco de raiva e de ódio, minha vontade era de sair xingando o grande Deus que meu pai dizia ser, graças a ele e sua atitudes eu estava prestes a enfrentar um guerra contra monstro e criaturas que eu nunca tinha visto na minha vida, apenas em livros e historias para crianças. Pensar em tudo que eu estava passando graças a Apolo, o Deus que eu chamava de pai me fez sacar mais uma flecha e lançar contra outro alvo, na verdade um boneco de madeira que os campistas de espadas usavam para treinar.

Desta vez a flecha passou de minha aljava para meu arco, e quando lançada cortou o vento como se toda a minha determinação estivesse posta naquela arma. O ponto ao qual a flecha acertou não foi um dos melhores, se caso eu estivesse em uma batalha o ombro do adversário nunca o faria morrer em um único golpe, podia parecer simples, mas minhas mãos tremiam pela reação de estar segurando uma arma que algum dia poderia matar alguém. – Por hoje você já pode para, isto não vai levar você a nada. ouvir alguém falando comigo, ainda mais diretamente a mim e posto de ataque me surpreendeu, mas ao olhar quem era tremi e senti que nunca poderia ataca-lo. – Quíron ? Eu perguntei surpreso ao ver que ele estava a me observar, o olhar dele não era de surpreso nem de agradar o próximo mas entendi o recado dado. Me retirar da arena e guardar minha flecha era tudo que eu podia fazer naquele segundo, não iria enfrentar Quíron e nem discuti, mas amanhã estaria de volta naquele lugar, treinando e arranjando meios para ficar forte e sair do acampamento.
Legenda
Narração • FalasPensamentos

Template by May_FS aka Sadie Bronwen
[/quote]
avatar
Leo Klaus Cooperfield
Filhos de Eos
Filhos de Eos

Mensagens : 5
Pontos : 5
Data de inscrição : 22/11/2012

Ficha do personagem
HP:
110/110  (110/110)
MP:
110/110  (110/110)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Ian McCready em Ter Dez 04, 2012 10:21 pm


Serious?
The Night
Mine...

Era uma manhã realmente desaconchegante. O Frio tomava conta do acampamento enquanto os campistas vagavam com cuidado de um lado para o outro, buscando talvez, algo que pudesse os ajudar a se aquecer. Contudo, em meio as florestas do acampamento um campista estava na posição de lótus, meditando, com um arco ao seu lado e uma bolsa de flechas as suas costas apoiada em um tronco de carvalho quase sem folhas pelo frio que as derrubava.

Os olhos escuros foram sendo contemplados pelo vazio da natureza quando o campista se pôs de pé e apanhou com cuidado o material que usaria no treinamento daquele dia. Como um bom estrategista deveria ter uma arma que completasse seu dom, sendo assim, Ian marcou a floresta com diversos alvos, para começar seu treinamento com arco e flechas. Já havia treinado com o objeto anteriormente então só precisava acertar os detalhes finais para que começasse a ficar próximo ao nível de um iniciante, e assim o fez.

Em meio a brisa leve e gélida que balançava os fios de cabelo e gelava a base da espinha, Ian começou a atiras as flechas do modo que sabia. Os alvos eram grandes, porém, não recebiam sequer uma flecha certa. A frustração não era de errar o alvo, era de saber que poderia acertar se sua postura estivesse certa. Começou a lembrar dos arqueiros antigos, os que treinavam exaustivamente para fazer o que ele fazia agora, assim, segurou a ponta traseira da flecha e puxou a corda do arco, alinhando flexionamento de braço e respiração atirando a flecha próximo ao centro. Tinha que repetir o processo. Puxou o ar novamente, repetiu a ação de flexionar a corda e prender a respiração, mirou e atirou, acertando fora do meio, mas cada vez mais próximo. Para um campista filho de outro Deus além de Apolo, chegar a esse nível já era difícil.
Ian passou isolado do restante dos campistas quase uma semana, treinando o dia inteiro a mira do arco e flecha e por mais cansativo que isso pudesse parecer, não parava. Buscava a perfeição e sabia que iria demorar para tal coisa, porém, com muito treino conseguiria cumprir seu objetivo e manipular a arma com maior precisão. Sua mãe era Athena, bastava apenas que o rapaz começasse a se concentrar que poderia fazer o que quisesse.

Após a primeira semana com treinos intensos que começavam de manhã e acabavam ao pôr-do-sol, Ian já acertava o meio do alvo parado, algo realmente bom, mas que precisava melhorar. Sua respiração já se adequava aos movimentos, agindo automaticamente para sua concentração no alvo, algo realmente inacreditável. O treinamento assim seguia para a segunda semana, onde os alvos passaram a ter movimento e o nível do treino foi ficando cada vez mais difícil.

Ao término da segunda semana Ian regressou, cansado, porém satisfeito com os avanços que tinha conseguido. Acertava um algo a onde queria quando estava parado e quando em movimento, acertava apenas em lugares aleatórios, eram detalhes que tinham que ser mudados e que seriam aprimorados em treinamentos futuros.





tags: Arena
Notas: -
Roupas: Calça Jeans, camisa branca social com a manga enrolada até os músculos do antebraço, com o colete marrom feito de pele de animal e que o protegia por cima.
musica: November Rain
Créditos : Elena Gilbert @ Mystical Falls


★Atualizado★
30XP

Vamos aos poréns: Seu texto está ótimo, e tal, mas falta um pouco de pontuação. Virgulas são muito importantes, muito importantes e deixam o texto muito mais divertido e, bom, movimentado, pausado e por ai vai. Se fosse um treino curto, só com a primeira estrofe, você ganharia muito mais experiencia. No entanto, você cometeu um errinho. Pelo o que eu entendi do teu texto, passou-se duas semanas, ou seja, você poderia ter explorado muito mais esse grande período. Descrever horrores seus sentimentos e frustrações, ter um treino bem mais elaborado e intenso, mas ele ficou rápido. Seu treinamento foi tipo, "fiz isso num dia e ai repeti isso de novo na semana seguinte, e numa outra" . Fora esses detalhes, você escreve bem!

Ian McCready
Filhos de Atena
Filhos de Atena

Mensagens : 67
Pontos : 67
Data de inscrição : 04/12/2012

Ficha do personagem
HP:
120/120  (120/120)
MP:
120/120  (120/120)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Ellen H. Dellatorre em Seg Dez 10, 2012 6:16 pm

A noite é o nosso domínio







Eu me sentia bem disposta depois de um café da manhã reforçado e resolvi gastar minha energia da forma mais prática: treinando. O sol estava meio recoberto, então a luminosidade não incomodava tanto os meus olhos. Rumei até a arena novamente. Dessa vez, os garotos e garotas de Apolo estavam lá.

Eles eram impressionantes com arco e flecha. Tão impressionantes que me deram vontade de treinar. Eu caminhei até a estante onde disponibilizavam as armas e peguei um arco e uma aljava. Coloquei a aljava no meu ombro e segui com o arco para um alvo simples disponível.

Eu simplesmente não sabia o que fazer com aquela coisa. Eu observei o arco devagar, procurando alguma lógica. Mas não tinha! Eu olhei o cara do meu lado. Ele era moreno, porte atlético, cabelos ruivos e olhos azuis. Estava ereto, de lado para o alvo, a corda do arco puxada até a boca.

O garoto simplesmente relaxou os dedos e a flecha zuniu e acertou o meio do alvo.

- Legal. - deixei escapar.

Ele olhou para mim, meio surpreso, então sorriu.

- Seu primeiro treino de arco e flecha? - perguntou simplesmente.

- É tão óbvio assim? - eu franzi a testa.

- É que eu nunca te vi por aqui. E eu teria notado. - ele piscou.

Eu fiquei vermelhíssima.

- Precisa de ajuda? - ele disse.

Mas não esperou minha resposta. O garoto deixou o arco e veio até mim então me segurou pelos ombros, me mudando de lugar. Ele me levou para mais perto e me virou para a esquerda do arco. Puxou meus braços, colocando a mão em cima da minha para me fazer segurar o arco direito.

- Fique ereta, loirinha. - disse ele.

Eu então consertei minha coluna. O olhei, esperando instruções, até que ele ergueu uma das sobrancelhas. Eu então me dei conta que não tinha pego uma flecha. Vermelha pela minha burrice, peguei a flecha pela ponta na minha aljava.

- Ai! - falei, soltando a flecha e levando o dedo até a frente do olho - Me cortei.

O garoto começou a rir.

- Garota, você é desastrada, ein? - perguntou ele, ainda rindo.

Eu o ignorei e coloquei a mão esquerda para trás. Consegui segurar a haste da flecha e então a puxei. Respirei fundo e tentei encaixar a flecha, mas não obtive sucesso.

- Observe. - disse o garoto, ainda sorrindo, porém sem rir.

Ele puxou o arco e encaixou a flecha sem nenhuma dificuldade. Observei o jeito de encaixar a flecha e o imitei. Encaixei a flecha por baixo de um anel na corda, usei os três dedos do meio da mão, pus o indicador por cima e o médio e o anular para baixo. Coloquei as pontas dos dedos entre a primeira e a segunda falange.

- Bom. - ele disse - Agora relaxe.

Eu relaxei, puxei a corda até minha bochecha esquerda e soltei a flecha. Ela voou, voou e... Passou direto. Bem para a esquerda do alvo.

- Não. - falei séria para o filho de Apolo.

- Okay. - ele disse e disfarçou uma risada com um péssimo ataque de tosses.

Então eu respirei fundo e puxei outra flecha com cuidado da aljava. Encaixei-a como antes e então arrumei minha postura. Puxei a corda até minha boca, tentando não tocar a flecha para que ela não saísse do lugar ou sei lá o quê.

Virei um pouco para a esquerda, inspirei devagar e soltei o ar numa lufada enquanto relaxava os dedos. A flecha zuniu e dessa vez acertou o alvo. Bem, a parte mais extrema do alvo, mas está valendo.

- Bem, pelo menos essa não saiu do alvo. - o meu companheiro de treino disse.

Eu busquei as flechas que estavam fora da aljava e as coloquei em seu lugar. Então voltei para o filho de Apolo e o encarei, séria. Estreitei meus olhos e então ergui a cabeça.

- Tome cuidado pela noite, garoto de Apolo. É o domínio de Nyx... É o nosso domínio. - falei ameaçadoramente deixando claro que o "nosso" não o incluia.

Ele deu um passo para trás, o pânico estampado em seu rosto. Então eu saí, deixando-o pasmo. Tentando me manter séria, coloquei as coisas que tinha pego emprestado no lugar. Quando estava quase no meu chalé, não me contive mais e comecei a rir. "A cara que ele fez... IM-PA-GÁ-VEL! Ai, como eu amo ser filha de Nyx..." pensei enquanto enxugava lágrimas de riso que rolavam pelo meu rosto.



CLOTHES: Aqui TAGGED: Filho de Apolo Sem Nome



Made By: Lollipop @ Sugaravatars


★Atualizado★
65XP

Divertido. Foi um treino "fofinho". Só tome cuidado para não se apaixonar pelos seus NPCs ^^


Ellen H. Dellatorre






tks, Cind @ sa

Ellen H. Dellatorre
Filhos de Nix
Filhos de Nix

Mensagens : 33
Pontos : 33
Data de inscrição : 28/11/2012
Idade : 20
Localização : Em qualquer lugar com boa comida e de preferência pouca luz.

Ficha do personagem
HP:
110/110  (110/110)
MP:
110/110  (110/110)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://amo-ser-imperfeita.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Ian McCready em Sab Dez 15, 2012 9:26 pm




A brisa soprou enquanto Ian vislumbrava o horizonte ainda pensativo, perdido, com a mente distante do que realmente tinha que fazer. Usava uma camisa regata branca, calças Jeans e um par de All-Stars para treinar com sua lança preferida. Não que a lança fosse verdadeiramente dele, mas, tinha seu nome já talhado no cabo para quando precisasse usa-la.

Um misto de tristeza e angústia transpassava a face gentil do jovem que esperava, até aquele momento, por qualquer resposta a suas declarações. Porém, a resposta não vinha e para controlar a raiva misturada com a ansiedade Ian apanhou a lança com seu nome e mais duas, seriam necessárias para o treino.

Se distanciou como sempre dos outros campistas e quando chegou ao alvo mais distante começo seu treinamento. Segurou firme a lança e com um movimento quase perfeito a fez flambar no ar antes de acertar o alvo na perna. Os pensamentos perturbavam sua cabeça e Ian atirava as lanças no alvo, buscando cada vez mais, acertar onde queria.

Uma a uma as lanças eram atiradas e recolhidas, atiradas e recolhidas.

" Sou um filho de Atena.. tenho que ter controle..."

Contudo, era mais fácil pensar que realmente manter o controle pessoal e assim, durante algum tempo, Ian continuou a atirar as lanças, mas dessa vez, sentindo o peso que o armamento tinha e calculando o vento para acertar no alvo... algo que fez com êxito até o fim da tarde.



(Feedback do Post, pontos de 0 à 20)
*Escrita correta: 20
*Criatividade do texto: 5
*Nível de Combate: 5
*Utilização de Armas: 5
Total de Exp: 35

Ian McCready
Filhos de Atena
Filhos de Atena

Mensagens : 67
Pontos : 67
Data de inscrição : 04/12/2012

Ficha do personagem
HP:
120/120  (120/120)
MP:
120/120  (120/120)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Lucy Donavan em Seg Dez 17, 2012 1:54 pm

TOUCH THE SKY
Open you heart to me



Mais um dia nascia no Acampamento Meio-Sangue. O sol brilhava intensa e majestosamente no céu daquela linda manhã. Lucy andava enquanto admirava a beleza do céu, poderia estar indo, simplesmente, aproveitar a praia ou algo do gênero, porém preferia ir treinar. Não havia gostado muito do resultado do último treino, então sabia que tinha que melhorar, mas como havia treinado suas habilidades com a espada no dia anterior, preferiu mudar de modalidade, estava disposta a treinar arco e flecha.

Em poucos minutos se encontrava na arena, o local estava cheio de campistas realizando todos os tipos de treinamento possíveis. Aproximou-se da área em que se treinava arquearia, havia várias aljavas e arcos de diversos tipos, longos, curtos, do seu tamanho, menor que sua mão... Enfim, eram de tamanhos extremamente variados. Depois de alguns segundos analisando as opções de escolha que tinha colou nas costas uma aljava pequena com algumas flechas simples, na mão direita, um esbelto e simples arco curto, tal seria utilizado para um tiro de pouco alcance e, de preferência, rápido. Mas isso só no futuro, pois a pessoa que empunhava a arma não sabia nem como encaixar a flecha no arco.


- Ahn... Como eu coloco essa coisa no arco? – De início, o instrutor achou que a jovem estava debochando de suas habilidades ou sendo sarcástica. Ela sorriu descontente e sem jeito pelo canto da boca, até que ele lhe ajudou a posicionar a flecha.

- Só pode ser brincadeira. – Proferiu uma voz masculina a poucos metros do local onde ela se encontrava, era Jared, um jovem filho de Apollo que praticamente vivia em treinamento – arco e flecha principalmente – cumprimentou Lucy e sorriu pela presença desta. A filha de Eos nunca havia treinado combate com arco e flechas antes, e apenas agora refletira que precisaria saber empunhar vários tipos de armas. Ela já tinha uma mínima habilidade com espadas, agora precisaria algo que pudesse atacar com certa distância.

Pode parecer bobagem, mas é simplesmente complicado encaixar a flecha no arco e conseguir puxar a corda sem que a ponta do projétil deslize para baixo – desconectando todo o processo anterior. Após vários minutos, mais de meia hora treinando apenas isto (errando e deixando a flecha deslizar na maioria das vezes), Lucy finalmente conseguiu estabilizar o item acima da empunhadura.

Agora era a hora de aprender a disparar. Com um pouco mais de habilidade e agora acostumada com o material em mãos, a filha de Eos postou a flecha em seu devido lugar, juntou sua base cercada de penas no centro da corda e puxou até onde seus dedos começariam a arder, segurando ali com todas suas forças. Neste momento o braço já estava se cansando, o trabalho e esforço anterior de tentar arrumar as setas em seu lugar era cansativo e então fez com que o cansaço quase vencesse a campista. Após alguns segundos de resistência dos dedos ela dispara sua primeira e flecha que, obviamente, falhou.

O projétil dançou junto ao vento e cravou-se na areia da arena nem meio metro a frente da semideusa. A garota puxou outra flecha da aljava, posicionou-a de forma precisa – tão precisa quanto fora lhe ensinado – e tentou outro disparo. Assim como anteriormente, ele mirou num alvo que estava a dez metros de distancia. Do mesmo modo que antes, a flecha não se aproximou nem da metade do percurso antes de desabar. Após observar tudo quieto, Jered, o instrutor, aproximou-se de Lucy e ensinou-a a forma correta de se atirar.


- Garota, sabe porque não consegue disparar direito uma misera flecha? – A filha de Eos arqueou as sobrancelhas e fitou o garoto como se aguardasse uma resposta. – Primeiro que sua postura está completamente incorreta. –Ele se aproximou dela e tocou seu tórax, posicionando-o ereto. – Abra essas pernas! Equilibre seu corpo. Seu busto deve estar na vertical! – Ele ordenava como um general para um soldado novato. Lucy se colocou como ele havia pedido, sentiu-se muito melhor até então. - Agora esse seu modo de empunhar! Pelo amor dos deuses, isso não é uma espada minha jovem! Não precisa pressionar desse jeito! – Ele soltou um pouco a pegada. – O modo que seu braço está posicionado também é errado! Tudo é errado!

Então, após quase quarenta minutos de explicação, Lucy recebeu um tapinha nas costas por ter conseguido acertar a flecha bem mais longe do que antes. Porém, ainda não acertara o alvo.
Ainda observando os modos dela, Jered corrigiu outro erro.


- Não, não! – Disse, agora não tom mais relaxada. – Use três dedos para puxar a corda, não dois! – Ela cumpriu a tarefa no modo informado, com toda certeza com mais facilidade e sorriu em seguida, quando a quarta flecha zuniu alegre por cima do alvo. – É, você pega o jeito com o tempo. –Murmurou o garoto.

O som de uma corneta de concha ressoou pelo acampamento, inclusive pela arena. Era hora do almoço, fim do treino. A semideusa agradeceu tantas vezes ao seu instrutor que ele ficou completamente sem jeito e prometeu-a ensiná-la mais se ela comparecesse ali noutro dia. Ela iria sem hesitar.

O dia continuou com uma Lucy mais alegre. A garota estava começando a perceber que arco e flecha seria mais trabalhoso do que aprender a manejar uma espada, mas era uma experiência maravilhosamente necessária.


Thanks, Lollipop @ Sugaravatars


(Feedback do Post, pontos de 0 à 20)
*Escrita correta: 18
*Criatividade do texto: 17
*Nível de Combate: 13
*Utilização de Armas: 20
Total de Exp: 68
avatar
Lucy Donavan
Filhos de Macária
Filhos de Macária

Mensagens : 30
Pontos : 30
Data de inscrição : 15/12/2012
Idade : 17
Localização : Não interessa.

Ficha do personagem
HP:
110/110  (110/110)
MP:
110/110  (110/110)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Fernanda Martinez em Qui Dez 20, 2012 3:45 pm

____________________________________________________________________________
Treino de Arco e Flecha!


O dia estava perfeito. O sol brilhava intensa e majestosamente no céu daquela tarde. No chalé de Hipnos a jovem Fernanda acabava de despertar, ainda estava sonolenta, mesmo depois de ter dormido algumas horas a mais que uma pessoa comum, o que não era novidade em sua vida. Ela se levantou enquanto esfregava os olhos e bocejava, foi até o banheiro, onde realizou sua higiene, em seguida seguiu rumo à arena, estava decidida a começar o seu treinamento.

Seus passos eram lentos, por isso demorou um pouco mais para chegar ao local desejado. Ao entrar, percebeu que não havia muitos semideuses treinando, os poucos que ocupavam o local eram quase todos filhos de Apolo. Não se incomodaram com chegada da jovem um pouco fora do horário, estavam eufóricos com o treinamento. Pegou um arco e uma aljava com poucas flechas e se dirigiu até o local certo.


— Concentração! — O arqueiro gritava adoidado para todos que faziam algo errado.

Estava no centro de um círculo que em sua base, separados por mais ou menos vinte metros, havia oito bonecos-alvos. Não sabia certamente de que material os mesmos eram compostos e sinceramente, não estava assim tão preocupado em saber. Estava a uma boa distância entre dos alvos, analisava cada detalhe possível.


— Estou a dezesseis metros distantes deles — Disse a si mesma, com um tom baixo na voz.

— Isso mesmo Fernanda, parabéns! — Um filho de Apollo se aproximou de uma forma sorrateira, pois ela não percebeu, deveria estar testa-la para saber se ela perderia a concentração rapidamente e felizmente, não perdeu.

Pôs a coluna ereta, segurou o arco com a mão esquerda. Como uma boa arqueira ela sabia que deveria me posicionar ligeiramente de lado para o alvo, e não de frente, nunca. Com o arco já preparado à sua frente, fez um movimento circular com a mão direita, colocou uma flecha e puxou o cordel do arco. Colocou o dedo indicador por cima da corda e o médio e o anular por baixo, no final, usou a ponta dos dedos entre a primeira e a segunda falange. Inclinou a cabeça para o ombro do braço esquerdo, de modo a alinhar o cordel pelo centro do nariz e do queixo, a fim de auxiliar a manter o arco na vertical. Após esses preparativos que duraram mais ou menos doze segundos, disparou a primeira flecha, confiante.

O projétil tiniu pelo ar e errou feio o boneco, caindo a poucos metros da jovem, que tentava entender em que parte havia errado. Refez o movimento, dessa vez puxando mais a corda, novamente errou, ficou repetindo e repetindo até que, por fim um¬¬ tinido e a flecha acertou o boneco. Havia conseguido.


— Isso! — Gritou excitada.

Continuou na arena por mais algum tempo com o mesmo comportamento, a cada tiro novo mais a flecha se aproximava do centro do boneco. Aos poucos seus braços começaram a doer, porém fez questão de continuar, pelo menos até conseguir realizar um tiro perfeito. Depois de alguns minutos conseguiu acertar o centro do boneco de palha, que acabou “explodindo”. Fez isso mais algumas vezes, nos oito bonecos que estavam ao seu redor, quando conseguiu fazer o que queria.

Depois disso, resolveu dificultar as coisas, posicionou mais alguns bonecos aleatoriamente e, em movimento, começou a atirar, a maioria das flechas ficaram no chão, percebeu isso quando ela parou para ver o seu desempenho. Ficou decepcionada com o resultado, porém não iria desistir e, novamente se afastou e, em velocidade, avançou e atirou esperando que dessa vez conseguiu se sair um pouco melhor. Repetiu a ação inúmeras vezes até conseguir acertar todos os alvos e a maioria das flechas.


— Finalmente! — Falou suavizado por ter destruído os oito alvos e voltei minha atenção ao filho de Apolo. — Você me observou do início ao fim, não enjoou? — Perguntou a jovem, incerta da resposta que receberia.

— Não, fico feliz em ver a sua melhora. — Respondeu o garoto.

— Agradeço a sua observação. — Terminou a conversa, envergonhada.

Recolheu as flechas, guardou o arco, a aljava e, por fim, saiu da arena, estava levemente orgulhosa com o resultado do treino. Com um sorriso no rosto, estava indo tomar um banho e, em seguida iria dormir mais algumas horas para descansar.


CODED BY: IG de SA

(Feedback do Post, pontos de 0 à 20)
*Escrita correta: 19
*Criatividade do texto: 17
*Nível de Combate: 13
*Utilização de Armas: 19
Total de Exp: 68
avatar
Fernanda Martinez
Filhos de Hipnos
Filhos de Hipnos

Mensagens : 10
Pontos : 10
Data de inscrição : 08/12/2012
Idade : 19
Localização : Nos seus sonhos.

Ficha do personagem
HP:
110/110  (110/110)
MP:
110/110  (110/110)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Dimitry Cordeiro em Seg Dez 24, 2012 9:31 am

Meu primeiro dia no acampamento, não sabia o que fazer, mas é claro que eu não começaria com um trabalho pesado assim de cara. Ao invés disso procurei por uma maneira de chegar até um lugar onde estivesse sozinho. Eu já tinha sido levado para conhecer as diversas atividades do acampamento, e a que mais chamara a minha atenção fora a arena. Pelo menos poderia fazer algo que eu costumava fazer sempre: Treinar com o meu arco e flecha.
Para mim tudo ainda era muito recente e confuso, eu já estava quase pirando de ver aqueles garotos que eram metade bodes. Pra começar, eu não entendia ainda como o meu pai poderia ser Hefesto, não entendia porque eu estava descobrindo tudo isso só agora, então eu precisava de um tempo a sós para pensar melhor.
Quando cheguei à arena, não parecia o tipo de lugar tranquilo para pensar, pois alguns campistas duelavam com espadas, lanças e outras armas. Cerca de uns dez outros campistas ocupavam a arena. Quase fui embora, mas algo me chamou a atenção, em uma parede da arena, em um lugar mais reservado, havia uma coleção de arcos de treino cobrindo a parede. Isso despertou a minha curiosidade instantaneamente, no momento seguinte estava imerso em pensamentos observando aquelas armas. Claro que não era nada excepcional, afinal já vira uma imensa variedade de arcos na minha vida, mas aquilo transbordava uma energia antiga, como se fossem armas feitas realmente na Grécia antiga. Os detalhes eram incríveis, me senti logo empolgado em pegar um arco, esperando que fossem de uso coletivo, assim ninguém se importaria se eu pegasse por algum tempo para praticar minhas habilidades como arqueiro.
Em uma área específica para treinos com arco e flechas, haviam dois campistas treinando tiro ao alvo. Me aproximei e eles não esboçaram nenhuma reação, o que me deixou muito mais à vontade, eles pareciam muito concentrados e não conversavam muito, o que deixava o local perfeito para eu treinar. Eles tinham muita habilidade com o arco e flecha e faziam sempre disparos perfeitos, acertando bem ao centro do alvo, mas de vez em quando reclamavam que ainda não era o suficiente. Isso me deixou meio constrangido, pois eu não era tão bom quanto eles, o máximo que eu conseguia era acertar o alvo, mesmo não sendo no centro, mas para mim o importante é que eu acertava, então não podia entender o porquê deles estarem reclamando.
Demorou um pouco para me adaptar àquele modelo de arco e flechas. Eu tinha pegado uma aljava de treino que continha dez flechas, e o meu primeiro disparo não tinha sido nada bom. Eu tinha agora nove flechas, então tentei me concentrar mais desta vez, o alvo não estava muito longe, aproximadamente seis metros, tentei relaxar mais o músculo do braço e ao mesmo tempo manter o arco firme na direção que eu queria, calculei mentalmente a trajetória possível da flecha até o alvo e disparei. Das três faixas do alvo, acertei a que ficava mais próxima da borda. Seria um bom disparo, mas não sei se atingiria um alvo em movimento, a menos que o alvo fosse um elefante. Tentei inúmeras vezes, progredindo a cada tentativa, mas quando me restavam apenas duas flechas, peguei a penúltima flecha e a posicionei no arco, mirando com mais cautela, me concentrei bem no alvo e na flecha, e disparei. Desta vez eu acertei no círculo do meio. De alguma forma eu senti que eu tinha manipulado o metal da ponta da flecha para acertar o alvo com êxito. Então, tentei fazer da mesma forma novamente, me foquei em guiar a ponta da flecha para o centro do alvo, mas desta vez não deu tão certo, acho que da primeira vez tinha sido sorte de principiante. Mas de alguma forma eu sabia que se eu treinasse poderia aperfeiçoar aquela técnica.
Resolvi que já tinha treinado com o arco e flechas o suficiente por aquele dia, então decidi que já era hora de sair da arena e buscar outra forma de me distrair.

(Feedback do Post, pontos de 0 à 20)
*Escrita correta: 17
*Criatividade do texto: 13
*Nível de Combate: 10
*Utilização de Armas: 12
Total de Exp: 52
avatar
Dimitry Cordeiro
Filhos de Hefesto
Filhos de Hefesto

Mensagens : 4
Pontos : 4
Data de inscrição : 22/12/2012

Ficha do personagem
HP:
110/110  (110/110)
MP:
110/110  (110/110)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Dimitry Cordeiro em Qui Jan 03, 2013 1:15 pm

Resolvi me preparar para o meu treino com arco e flechas. Entrei na arena e peguei um arco e dez flechas, sempre observando as que seriam mais compatíveis com o meu estilo de treinamento. Naquele dia eu tinha decidido que treinaria com alvos móveis. Não sabia se estava pronto, mas nunca estaria se não tentasse.
Me posicionei em um lugar da arena que fora moldado especialmente para caça de alvos móveis com arco e flechas. Os meus irmãos haviam trabalhado nisso, eles criaram uma espécie de alvos surpresas que surgiam de repente. Era um teste de reflexos no momento do disparo. Eu deveria me concentrar em acertar as plaquinhas que tinham imagens de monstros e evitar acertar coelhinhos e menininhas inocentes.
Era meio difícil no começo, as plaquinhas levantavam aleatoriamente, enquanto eu disparava uma flecha, mas eu nunca acertava, mesmo quando eu disparava na direção certa, meu tempo não era muito sincronizado. Minhas flechas da primeira aljava acabaram, e eu não consegui acertar nenhuma vez. Recolhi as flechas que poderiam ser utilizadas ainda (viva a reciclagem), peguei outras dez e religuei a máquina, desta vez me certificando de que estava em um ritmo mais lento. Ergui meu arco com uma flecha já colocada na corda e esperei, enquanto apontava para a frente disparei assim que a plaquinha subiu. Quase. Passou bem perto do alvo. Tentei de novo, agora com um pouco mais de concentração. Bingo. Acertei, bem na carinha do coelho, esperava que ninguém estivesse por perto para ver que eu seria um assassino de coelhos perfeito. Continuei com o treino até soarem as trompas do almoço, e o resultado do meu treino foram três ciclopes com flechas pelo corpo, um coelhinho despedaçado e um garotinha sem a fitinha do cabelo (as plaquinhas).


★Atualizado★
40XP

Seu treino foi bom, igual o outro que avaliei, porem esse não teve erros gritantes iguais o outro. Foi bem certinho e também me cativou. Porem, entretanto, eu gostaria que você descrevesse mais as coisas, por exemplo: Como é que você manejou o arco, o que sentiu quando disparou a seta, como foi a experiencia de atirar nos alvos. Esse tipo de coisa.
avatar
Dimitry Cordeiro
Filhos de Hefesto
Filhos de Hefesto

Mensagens : 4
Pontos : 4
Data de inscrição : 22/12/2012

Ficha do personagem
HP:
110/110  (110/110)
MP:
110/110  (110/110)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Lyra Benson em Sab Jan 05, 2013 8:41 am

Adentrei a arena e ela estava vazia, me senti um pouco mais calma, por ser novata aqui eu ainda estou um pouco tímida e assustada com tantos acontecimentos recentes.
Fui até o local onde estavam os bonecos e os alvos para treinamento.
Posicionei-me com certa distância dos alvos, colocando uma flecha no arco, e mirando em um dos bonecos que estava a minha direita. Atirei, a flecha ficou cravada em seu ombro esquerdo,não fiquei feliz com o resultado mas eu ainda estava aprendendo.Resolvi que os bonecos não eram um alvo bom pra min, por enquanto, então, mirei nos alvos coloridos que estavam na parede.
A primeira flecha que atirei ficou na parte azul do alvo, quase no centro, algumas outras flechas foram atiradas e a maioria não passou da parte vermelha dos alvos. Respirei fundo e me concentrei um pouco mais, consegui acertar o alvo, duas vezes seguidas.
Eu não estava satisfeita com meu treino, mas sabia que aquilo era o melhor que conseguiria fazer por enquanto, então recolhi meu equipamento e sai da Arena antes que os outros campistas resolvessem treinar também.

★Atualizado★
15XP

Então, vamos aos poréns do teu texto. Apesar de curtinho, ele é bem sucinto no quesito começo, meio e fim. Porem, há complicações durante esses processos. Um exemplo disso é o uso incorreto de algumas pontuações, falta um pouco de emoção, clímax e algumas partes estão corridas demais no texto. Tudo isso colabora para destruir a coerência do mesmo. Vou reescrever um aparte de seu parágrafo para você ter uma ideia de como melhorá-lo.

"Atirei. A flecha cruzou o espaço entre mim e o alvo e, ficou cravada em seu ombro esquerdo. Não fiquei feliz com o resultado, mas eu ainda estava aprendendo esse lance de ser boa em alguma coisa, no meu caso presente, esse arco. Por causa da minha prévia frustração, decidi que os bonecos não eram um bom alvo para mim, pelo menos para esse primeiro treinamento. Então, mirei nos alvos coloridos que estavam na parede."

Espero ter ajudado
avatar
Lyra Benson
Filhos de Atena
Filhos de Atena

Mensagens : 95
Pontos : 97
Data de inscrição : 04/01/2013
Idade : 23
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha do personagem
HP:
120/120  (120/120)
MP:
120/120  (120/120)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://bloodolympus.forumeiros.com/u480

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Evelyn O. Bartz em Dom Fev 03, 2013 2:41 pm



Treino Número Um: Arco e Flecha!




O dia havia passado em um piscar de olhos. Estava no Acampamento Meio-Sangue a pouquíssimos dias e já me sentia em casa, talvez pelo fato de saber desde cedo o que eu era e que um dia seria levada para ali. Estava um pouco entediada, não estavam mais me deixando dormir, também já estava tarde demais para isso, resolvi que seria a hora ideal para realizar o meu primeiro treino.

Em poucos minutos eu já havia chegado à arena, caminhei até uma mesa posicionada um pouco atrás dos alvos e peguei um arco e um aljava emprestada, em seguida caminhei até a linha de 5 metros, onde alguns filhos de Apolo novatos treinavam calmamente. Peguei um arco e coloquei uma aljava nas costas, pronta para treinar. Caminhei até a alguns metros do primeiro boneco. Minhas mãos haviam começado há tremer um pouco, mas o tremor havia cessado. Meus olhos vagavam rapidamente da ponta de bronze da flecha até o alvo dez de metros à frente. Com uma última expiração, soltei a flecha da mão direita e ela voou. O vento trouxe a flecha um pouco mais para a direita. A gravidade puxou-a um pouco para baixo. A flecha rumou, imprecisa, para longe do alvo.

Peguei uma flecha e coloquei no arco, segurei a flecha com força e endireitei meus ombros, puxei lentamente a flecha e depois de pronto a soltei, a flecha voou e atingiu o canto do alvo, o que era um resultado muito bom para um iniciante como eu, mas não tive tempo de comemorar mais, peguei outra flecha e repeti o mesmo movimento, só que desta vez a flecha passou ao lado do alvo e consegui ouvir umas risadas dos filhos de Apolo, mas nem liguei, não ligava muito para o arco e flecha, então peguei outra flecha, repeti os movimentos com o ombro e puxei a flecha lentamente, só que agora com mais força, mirei com mais cuidado e enfim atirei. A flecha fez um bom movimento e se cravou em cima do centro do alvo, me senti mais confiante a partir daí. Peguei outra flecha e repeti o mesmo movimento que fizera anteriormente e mirei cuidadosamente, quando atirei a flecha foi com força e se cravou no centro do alvo, instintivamente dei um grito de alegria e me lembrei que não estava sozinho ali, então decidi mudar de posição para não ouvir mais piadas a meu respeito.

Caminhei até a linha de 20 metros, minha confiança toda já havia me abandonado, agora ao meu lado haviam vários filhos de Apolo, mas dessa vez mais experientes, tentei não ligar para o fato de que eles ririam de minha ''grande habilidade'' com o arco e flecha, segurei meu arco com força e o endireitei em minha mão, em seguida peguei mais uma flecha e fui a puxando lentamente, quando achei que estava bom parei, em seguida mirei seriamente o alvo a minha frente, fiz grande força com o braço e então soltei a flecha, que se cravou bem na lateral do alvo, quase caindo para o chão, comemorei silenciosamente e depois peguei outra flecha, puxei a flecha agora com força e rapidez e então a soltei com a mesma força, a flecha foi com grande velocidade e passou pelo alvo de 10 metros e se cravou no chão um pouco adiante, eu sabia que eu era um pouco forte, mas não pensei que chegaria a isso. Peguei outra flecha, estava ligeiramente esgotado, então decidi que essa seria minha última tentativa, puxei a flecha lentamente no arco, com os olhos fixos no alvo, soltei a flecha com um pouco de força e a mesma voou com grande rapidez e se cravou um pouco ao lado do centro do alvo, novamente comemorei em silencio, caminhei lentamente até a mesa onde pegara as flechas e o arco e coloquei os mesmo sobre ela, em seguida andei calmamente em direção ao meu chalé, para um merecido descanso.

(Analise do treino, pontos de 0 à 20)
*Escrita correta: 15
*Criatividade do texto: 13
*Nível de Combate: 10
*Utilização de Armas: 16
Total de Exp: 54

★Atualizado★
avatar
Evelyn O. Bartz
Filhos de Hipnos
Filhos de Hipnos

Mensagens : 8
Pontos : 8
Data de inscrição : 31/01/2013

Ficha do personagem
HP:
110/110  (110/110)
MP:
110/110  (110/110)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Katter Schwarz Miller em Sab Fev 09, 2013 1:05 pm

Not Everyone Has This Gift of God.


Os primeiros meses foram decididamente os mais difíceis.
Toda noite Katter tinha pesadelos.
Ele acordava nadando na cama, aos gritos, afogando-se no mar de lençóis. Do outro lado do quarto, a cama que fora destinada a seu irmão flutuava nas trevas feito um barco. Essa visão não ajudava em nada, em geral, passava-se um bom tempo antes de os gritos pararem.
Possivelmente a única coisa boa advinda desses pesadelos era que eles traziam aos dias mais força ao garoto, cada gota de suor parecia uma forma de fortalecimento na escuridão do dormitório, mas acima de tudo batendo todo tipo de tortura, aquela era a pior de todas.
Katter sentava-se na cama e cantarolava bem baixo, dando a entender que estava de volta a sua consciência, os dedos gelados pressionados mostrando estar buscando forçar para se reanimar e voltar a si próprio deixava o ambiente em seu estado gentil e confortável, como um dormitório deveria ser.
Pela manhã, de modo humilhante Katter foi jogado com os novatos que mal sabiam segurar um arco, o garoto se sentia gigantesco entre os campistas que batiam em seu ombro, muitas vezes desejava empalidecer ate sumir por completo, mas nada podia se fazer naquele momento. Mesmo se sentindo em casa, não havia grande margem de orientação. Sem se virar, Katter perguntou a calmamente consigo mesmo em voz baixo o que fazia ali, com um olhar cauteloso pegou seu arco e se dirigiu ate o centro da arena onde com certeza Quíron os esperavam.
- Preparem seus equipamentos e se alojem no centro da arena. Quiron gritava enquanto parte dos campistas seguiam o que ele dizia.
Todos estavam em seus devidos lugares com armas e equipamentos alojados em suas mãos preparados para um combate, estar em uma guerra naquele momento era o mais próximo a aquele treino. O rosto de Quíron sumiu em meio a tantos campistas a frente do garoto, seu olhar furioso e ao mesmo tempo brincalhão se expandia pelas cercas da arena e procurava um alvo qualquer. – Sejam rápidos agora, daqui para frente suas técnicas serão vistas e revistas por mim, então tratem de se esforçarem. O grupo de campista se separou pela arena, dando novos horizontes a visão de Katter, todos pareciam inimigos naquele momento, ate alguns bonecos de madeira saírem em plena a arena. Dezenas de flechas cobriram o céu vindo em direção aos bonecos no centro do lugar, os bonecos com intuito de serem acertados foram correspondidos com flechadas no peito e por toda madeira existente no corpo dos alvos. Muitos campistas foram desclassificados e retirados da arena logo depois da revisão de Quíron, mesmo assim Katter e mais dois campistas ficaram em seus postos e com seus equipamentos em mãos. Por sorte os três campistas pegaram seus equipamentos e pularam no cercado mostrando grande velocidade e habilidade ao esperar novamente pelos ataques dos bonecos de madeira, tudo se dizia que aquele treino era movido a magia graças aos movimentos dos bonecos de madeira, que não deveriam ter vida própria. O cercado pareceu ser o meio mais seguro para os campistas para se proteger, quando os bonecos atacaram de novo flechas e mais flechas foram lançadas contra o vento e acertaram em cheio os bonecos, que eram chamados de alvos naquele momento.
Certo tempo passou e o calor estava exaltante, dois dos campistas junto de Katter soavam graças ao sol que pegava fogo naquele momento, o cansaço parecia reinar entre os adolescentes, mas mesmo assim eles continuavam em pé prontos para mais um Round de bonecos mágicos e sem feições alguma. A ultima flechas foi lançada por cada adolescente dando a entender que o cansaço tinha vencido, com isto Quíron que mostrava esta completamente sem rumo parou o treino e prestigiou cada um dos campistas parados na arena. O olhar de cada um naquele momento foi de orgulho, mas estar cansado e ter Quiron para acabar com o treino mostrava que não eram capazes nem mesmo de sobreviver em grupo, por si próprio.
- Vocês fizeram tudo errado, trabalha em grupo aqui é a melhor maneira, com certeza vocês se dariam melhor se tivessem ajudados uns aos outros. E assim estas foi as ultimas palavras de Quiron ao virar as costas e sumir ao meio dos campistas integrados ao lado de fora da arena.


Poucos erros ortográficos e com alguns erros de pontuação. Mas fora isso, o texto é rico em detalhes e é bem coerente.


(Analise do treino, pontos de 0 à 20)
*Escrita correta: 15
*Criatividade do texto: 16
*Nível de Combate: 10
*Utilização de Armas: 12
Total de Exp: 53


★Atualizado★



Katter Schwarz Miller
Desordeiro do acampamento. / Futuro Stripper/ Garoto de todos..


Narração; Falas; Fala de outros; Pensamentos
avatar
Katter Schwarz Miller
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo

Mensagens : 2
Pontos : 2
Data de inscrição : 12/01/2013
Idade : 21
Localização : Camp Half Blood

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino com Arco/Lança

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum